23.3 C
São Paulo
segunda-feira, julho 4, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Hora do plantio de cebola de verão

Hora do plantio de cebola de verão

Autores

Tiago Henrique Costa Silva
Engenheiro agrônomo e mestrando em Proteção de Plantas – Instituto Federal Goiano (IFG) – Urutaí (GO)
tiago@agronomo.eng.br Bruno Novaes Menezes Martins
Engenheiro agrônomo, doutor em Agronomia/Horticultura – UNESP
brunonovaes17@hotmail.com
Veridiana Zocoler de Mendonça
Engenheira agrônoma, doutora em Agronomia/Energia na Agricultura
Letícia Galhardo Jorge
Bióloga e mestranda em Botânica – IBB/UNESP

De acordo com o cultivo de cebola em todo o Brasil, observa-se que as diferentes regiões de produção dessa cebola apresentam diferença quanto ao plantio e colheita, que devem levar em conta as exigências fisiológicas da cultivar ou híbrido a ser plantado com as condições ambientais locais e do mercado consumidor.

Quando se trata de cebola de verão, entende-se que é o plantio que se inicia no primeiro trimestre do ano, entre janeiro a março. Nesta época são poucos os produtores que ariscam o plantio devido à grande precipitação de chuvas que ainda estão acontecendo no período.

O excesso de chuvas traz grandes dificuldades ao produtor para realizar uma semeadura homogênea e, principalmente, o controle de doenças como a mancha-púrpura (Alternaria porri), o míldio (Peronospora destructor), mal-de-sete voltas ou antracnose da folha (Colletotrichum gloeosporioides f. sp. cepae), raiz rosada (Pyrenochaeta terrestris) e queima-das-pontas (Botrytis spp).

Vantagens de produzir cebola nesse período

A maior vantagem em iniciar o plantio de cebola na época das chuvas de verão é que o agricultor tem pouca concorrência de plantio, o que significa maior demanda e menor oferta de cebolas no mercado nacional. Por consequência, o agricultor tem melhores ofertas de preços para seu produto.

Cuidados

Deve-se seguir à risca a recomendação da população final de plantas/ha de cada variedade ou híbrido que for semeado, pois cada empresa, antes de colocar determinado material no mercado, tem um amplo trabalho de pesquisa para apurar a melhor população de plantas e tratos culturais. Portanto, ao adquirir essas sementes é preciso levantar essas informações com seu consultor.

Além dos cuidados populacionais, deve-se atentar a uma boa recomendação de adubação de base, de acordo com a análise de solo. É preciso realizar um preparo de canteiros bem feito e sem torrões para não atrapalhar a semeadura e, claro, fazer o controle de ervas daninhas e pragas que aparecerem antes da semeadura.

Regiões

Atualmente, devido às tecnologias de melhoramento genético estarem avançadas, é possível realizar o plantio de verão em praticamente todo o território nacional. Nosso clima basicamente é exigente em cultivares classificadas com aptidão de dias curtos.

Portanto, o maior cuidado que o agricultor deve ter é com a escolha do material a ser plantado, que precisa ser adaptado à região de mesma latitude, resistente a doenças, etc. Existe uma gama de materiais de cebolas que conseguimos cultivar no verão – basta o agricultor identificar a que melhor lhe atende. Para isso, faz-se necessário a assistência agronômica/técnica que lhe traga todos cuidados para tal.

Utilizar materiais não adaptados à região pode ter consequências na qualidade e produção da lavoura, como o pendoamento, desuniformidade de bulbo, com reflexos no maior descarte da produção.

Recomendações

Como dito, existem vários materiais que podem ser plantados na época do verão, porém recomendo ao agricultor que ao tomar essa importante decisão, procure um responsável técnico para auxiliá-lo nas escolha e mitigar os riscos.

Neste mercado de tecnologia de sementes, temos muitas empresas sérias e com bons materiais no mercado. Tenho certeza que todo agricultor, independente de onde estiver, conseguirá uma recomendação dentro da sua realidade.

O que o agricultor deve estar atento é que haverá um maior ataque de doenças no início dos primeiros meses de chuvas, o que refletirá em baixa na produção. Porém, devido à reduzida oferta, haverá sucesso no preço de venda, que compensará essa queda de produção, comparado aos plantios de inverno.

Como em qualquer outro negócio, devemos tomar decisões de produzir sabendo para onde escoaremos nossa produção. Portanto, o híbrido a ser plantado deve ir de encontro à região, com as exigências do mercado consumidor, inclusive quanto à coloração, podendo ser branca, amarela ou roxa.

As produções de verão ficam na média de 60 t/ha, ou seja, 25% a menos em relação ao período de inverno, quando temos poucas chuvas e conseguimos manipular a lavoura apenas com a irrigação.

BOX

Custo

Infelizmente, passamos por um momento em que nossa economia não está muito favorável. A moeda americana faz com que nossos insumos sofram aumento, subindo o custo de produção para R$ 80.000,00/ha, em média. Tal situação fez com que os amadores saíssem do mercado de cebola, deixando apenas os profissionais que se planejam e sabem o que estão fazendo.

De forma geral, a cebola é uma cultura muito rentável, desde que o agricultor tenha em mãos todas as informações para tomar sua decisão, como plantar e colher na época certa, e vender para o mercado no momento adequado. De forma geral, o lucro é certo em determinada época do ano.

Inicio Revistas Hortifrúti Hora do plantio de cebola de verão