26.6 C
Uberlândia
sexta-feira, junho 14, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosImportância dos fertilizantes fosfatados e sua eficiência agronômica

Importância dos fertilizantes fosfatados e sua eficiência agronômica

Créditos Wirstchat
Créditos Wirstchat

O fósforo (P) é um elemento vital para o crescimento e desenvolvimento vegetal, desempenhando papel importante em vários processos metabólicos das plantas, bem como participando de estruturas sem as quais elas não existiriam (código genético, membrana celular, etc.).

Na sua falta, nenhum outro elemento químico (como nitrogênio ou potássio) pode substituí-lo. Infelizmente, a maioria de nossos solos, especialmente no Cerrado brasileiro, são pobres em fósforo, fazendo com que seja necessário o fornecimento deste nutriente via fertilizantes.

Outro problema que a adubação fosfatada enfrenta é a alta capacidade de retenção (processos de adsorção e fixação) de fósforo que os solos intemperizados, como é a maioria brasileira, apresenta. Isto diminui o aproveitamento do adubo fosfatado pelas plantas.

Solos argilosos e ácidos favorecem a fixação de fósforo e, consequentemente, o baixo aproveitamento da adubação fosfatada. A concentração de P na solução do solo e, consequentemente, a disponibilidade deste nutriente para as plantas, geralmente é baixa, porque ele é rapidamente adsorvido nas superfícies dos coloides do solo (especialmente óxidos de ferro e de alumínio) ou é precipitado como fosfatos de cálcio (em solos alcalinos), de ferro e de alumínio (em solos ácidos).

Por onde começar

Como a alteração do teor de argila do solo é praticamente impossível, a correção de acidez do solo (pela calagem) é um dos primeiros passos para aumentar a eficiência da adubação fosfatada. Todo manejo de adubação que favoreça o contato do adubo fosfatado com o solo promove o baixo aproveitamento da adubação fosfatada.

Isto explica porque no Sistema Plantio Direto existe maior aproveitamento da adubação fosfatada, pois a incorporação do adubo fosfatado (com revolvimento de solo) promove o baixo aproveitamento da adubação fosfatada.

Outro manejo que favorece o maior tempo de contato do adubo fosfatado com o solo é a aplicação antecipada da adubação fosfatada. Desta forma, a aplicação antecipada do adubo fosfatado, pensando na sua eficiência, não é uma boa estratégia.

Soja mostrando deficiência de fósforo - Créditos Wirstchat
Soja mostrando deficiência de fósforo – Créditos Wirstchat

Pesquisas

Vários pesquisadores têm realizado trabalhos avaliando o aproveitamento da adubação fosfatada, encontrando eficiências na ordem de 30 a 50%. Devido à importância da adubação fosfatada, ao seu baixo aproveitamento e à sua alta participação nos custos de produção agrícola, estratégias para aumentar sua eficiência são necessárias.

Em um mundo onde se estima que a população irá aumentar em 33% até 2050, passando dos atuais 7,2 bilhões para 9,6 bilhões de pessoas, o aumento da eficiência do uso do fertilizante fosfatado é importante para aumentar a oferta de alimentos.

Dentre as estratégias para aumentar o aproveitamento da adubação fosfatada, destaca-se o uso de fertilizantes de eficiência aumentada. Tratam-se de fertilizantes que contêm tecnologias agregadas que permitem um maior aproveitamento da adubação fosfatada.

O conceito de fertilizante de eficiência aumentada está bem utilizado em relação aos fertilizantes nitrogenados, sendo usado há menos tempo em relação aos fertilizantes fosfatados. Devido à importância do P na adubação das culturas e sua baixa eficiência agronômica, pesquisas que busquem maximizar a disponibilidade de P para a planta devem ser realizadas.

Solução

Uma estratégia passível de utilização para obtenção de fertilizante fosfatado de eficiência aumentada é o uso de aditivos como o PolicotePhós, com a capacidade de sequestrar Fe/Al do solo, reduzindo a ação destes cátions sobre o adubo fosfatado e aumentando a disponibilidade e a eficiência da adubação fosfatada.

O adubo fosfatado revestido com PolicotePhós é um fertilizante fosfatado de eficiência aumentada com resultados científicos comprovados e utilizado em lavouras há várias safras.

Empresas do grupo Fertipar (Fertigran, Fertipar Bandeirantes e Fertipar) utilizam este aditivo há algumas safras, com resultados satisfatórios em relação ao aumento do aproveitamento da adubação fosfatada.

Essa matéria você encontra na edição de abril 2018 da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

VI Seminário Nacional de Tomate de Mesa reúne representantes do segmento

  Em sua sexta edição, o Seminário Nacional de Tomate de Mesa (6º SNTM) será realizado no Teatro UNIMEP em Piracicaba (SP) entre os dias...

Mudas de café com pseudomonas exigem medidas drásticas de controle

José Braz Matiello jb.matiello@gmail.com Saulo R. Almeida Engenheiros agrônomos da Fundação Procafé José Renato Dias Lucas Franco Engenheiros agrônomos da Fazenda Sertãozinho A doença mancha aureolada, causada pela bactéria Pseudomonasseryngaepv. garcae,...

Desempenho da soja em área de pousio, sucessão e rotação de culturas

A Fundação MT desenvolve, há nove safras consecutivas, um estudo sobre o desempenho da soja em área de pousio, sucessão e em rotação de...

Investimento em tecnologia impulsiona produção de café em Rondônia

  A colheita do café conilon em Rondônia neste ano deve ser 25% superior quando comparada à de 2014, segundo dados da Companhia Nacional de...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!