28.6 C
Uberlândia
quarta-feira, abril 24, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosInoculante é promotor de crescimento da soja

Inoculante é promotor de crescimento da soja

Inoculante é uma tecnologia agrícola que, além de promover a fixação biológica de nitrogênio, também atua como promotor de crescimento nas plantas.

Elisamara Caldeira do Nascimento
Coordenadora de Geração de Demanda Agro Amazônia
elisamara.nascimento@agroamazonia.com

Solos saudáveis e produtivos são essenciais para alcançar o desenvolvimento de uma agricultura sustentável, sustentar sistemas alimentares, filtrar e regular o fluxo de água doce, armazenar grandes quantidades de carbono e sustentar milhões de organismos.
Atualmente, os biofertilizantes são identificados como alternativa biotecnológica para aumentar a fertilidade do solo e a produção agrícola sustentável.
Microrganismos usados como biofertilizantes há muitas décadas são os chamados rizóbios, conhecidos como diazotróficos, por sua capacidade de fixar o nitrogênio atmosférico. Esse grupo de bactérias é capaz de colonizar a rizosfera e estabelecer nódulos nas raízes das plantas hospedeiras, principalmente espécies da família Fabaceae. Para algumas espécies, esta simbiose é tão eficiente que chega a suprir até 100% da demanda de N.

O Azospirillum

Outro grupo de bactérias diazotróficas amplamente utilizadas como princípio ativo dos biofertilizantes são aqueles pertencentes ao gênero Azospirillum, que estabelecem relações menos diretas com a planta hospedeira. Estas bactérias não formam nódulos, colonizam diversas partes da planta e podem substituir até 50% da adubação nitrogenada em algumas culturas.
Exemplo disto são os resultados de pesquisas conduzidas pela Embrapa Soja (PR) nos últimos dez anos que mostram que a inoculação de sementes de milho com a bactéria Azospirillum brasilense (estirpes Ab-V5 e Ab-V6) permite a redução de 25% da adubação nitrogenada de cobertura, considerando a dose de 90 quilos (kg) por hectare (ha) de N-fertilizante.
Atualmente, vem se popularizando o desenvolvimento de biofertilizantes com cepas diferentes ou inoculantes mistos. Seu foco baseia-se na promoção do crescimento das plantas por meio da combinação de diferentes mecanismos de diferentes microrganismos.
Os biofertilizantes com mais de uma linhagem têm mostrado excelentes resultados e têm potencial para serem cada vez mais utilizados pelos agricultores.
Os microrganismos mencionados acima, entre outras bactérias diazotróficas e não diazotróficas, são chamados de bactérias promotoras de crescimento ou rizobactérias promotoras crescimento vegetal devido à sua capacidade de exercer efeitos benéficos sobre o desenvolvimento de diferentes espécies vegetais, seja por mecanismos direto ou indireto.
Esses microrganismos podem otimizar a ciclagem de nutrientes no solo, o que aumenta a sua disponibilidade e melhora a nutrição das plantas.
Dependendo do estado fisiológico da cultura, estes microrganismos podem induzir o crescimento da planta por meio de mecanismos como a produção de fitormônios (auxinas, ácido abscísico, citocininas, etileno e giberelinas), a solubilização de fosfatos, a produção de sideróforos e indução de resistência, efeitos sistêmicos intrínsecos da planta ao estresse biótico, entre outros.

Coinoculação da soja

Nos últimos anos vem se popularizando a coinoculação da soja. A prática soma-se à já conhecida inoculação das sementes de soja com bactérias fixadoras de nitrogênio (N), conhecidas como rizóbios, com o uso do Azospirillum, uma bactéria até então conhecida por sua ação promotora de crescimento em gramíneas.
O uso desta segunda bactéria proporciona benefícios relacionados ao aumento radicular, que favorecem a planta em situações adversas, como estresse hídrico. Além disto, maior área radicular significa raízes atingindo uma proporção maior do solo e maior área para nodulação, o que tende a contribuir com a FBN e acesso à nutrientes.

ARTIGOS RELACIONADOS

Fertilizantes: a coisa está russa

Dentre alguns dos assuntos que unem Rússia e Brasil, o agronegócio está no centro da pauta e, mais ...

Produtores devem se preparar para crescente demanda do mercado

Equipar lavouras com novas máquinas, aeronaves, investir em drones e segurança devem estar no radar dos agricultores.

Planejamento agrícola para redução de custos

O planejamento agrícola é essencial para a gestão eficiente de propriedades rurais, visando aumentar a produtividade e reduzir custos

Inovação que gera valor!

O Brasil é o maior produtor mundial de soja e, o grão é a principal cultura cultivada em território nacional. Por isso, a importância dessa oleaginosa é indiscutível e promover tecnologias que permitam uma produção crescente e sustentável se tornou indispensável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!