28.6 C
Uberlândia
quarta-feira, abril 24, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasJohn Deere apresenta uma revolução na Expoforest

John Deere apresenta uma revolução na Expoforest

Tecnologia de plantio John Deere presente na nova plantadora florestal permite plantar até 1.200 mudas por hora

Com o objetivo de consolidar sua posição de liderança no setor de silvicultura, a John Deere, empresa global de tecnologia que fornece software e equipamentos para os setores agrícola, de construção e florestal, marca presença na 5ª edição da Expoforest. A maior feira florestal dinâmica da América Latina apresenta tecnologias voltadas à produção de madeira proveniente de florestas plantadas e ocorre entre os dias 9 e 11 de agosto, no município de Guatapará, em São Paulo.

Créditos: Divulgação

O principal lançamento é a tecnologia IBC 3.0, uma nova versão do controle inteligente de lança. Com o IBC para Harvester, o operador controla apenas o cabeçote enquanto o sistema cuida do movimento da lança. O IBC 3.0 oferece ainda mais recursos que ajudam evitar a alimentação em direção à cabine e o operador a encontrar maneiras seguras de trabalhar, mantendo a máquina intacta. Já com o IBC para Forwarder, a lança é muito precisa e fácil de operar, o operador controla a ponta da lança em vez de controlar os movimentos independentes da sua articulação. O sistema IBC possui amortecimento elétrico na extremidade para todas as direções de movimento da lança principal.
 

Outro destaque é a plantadora florestal, que representa uma verdadeira revolução para o mercado, capaz de armazenar 2.392 mudas e otimizar até 90% o tempo de trabalho manual. Por meio de um plantio georreferenciado com uso da antena Starfire 7000 da John Deere e do piloto automático Autotrac, a nova máquina conta com os sistemas TimberMatic Maps & TimberManager, o que contribui para a redução de mão de obra, alta precisão e uso eficiente da água, tudo isso feito com planejamento remoto das operações. Além disso, a sua plataforma é o forwarder 1510G, equipamento robusto e econômico que garante versatilidade de movimento em múltiplos terrenos, mais ergonomia e segurança.
 

“A mecanização da silvicultura é um aspecto-chave para tecnologias como geolocalização de mudas, pulverização com piloto automático dentro da floresta e mapa de plantio integrado à colheitadeira, com acesso a mapas de dados que mostram a localização de cada árvore. Todos esses itens integrados colaboram para que operadores e gestores atinjam um grande potencial produtivo, abrindo espaço para que dediquem seu tempo a novas técnicas e manejos, inovações e tendências, com base no histórico e nos dados gerados ao longo de todo o processo produtivo”, afirma Stanley Gepp, diretor da Divisão de Florestal da John Deere Brasil e América Latina.

O consagrado portfólio para operações CTL e Full Tree também estará representado na feira, com a máquina florestal 2144G, produzida no Brasil. Trata-se de uma solução para operações de harvester, processador e garra traçadora. O equipamento conta com o novo motor John Deere Power Tech Plus de 6.8L, opção de esteira heavy-duty com sapata de garra dupla, câmera traseira e tanque de combustível de 585 litros.
 

Também serão apresentados o Feller Buncher de Esteira 803M, que oferece um motor de 9L e produz 25% mais energia que a versão anterior, proporcionando um nível de produtividade completamente novo; e o 903M, com motor potente e ótima eficiência de combustível, hidráulica rápida, profunda faixa de corte e melhor acúmulo de árvore da classe para máxima produtividade. Ambos já com a versão IBC 3.0. O Feller Buncher de pneus 643L é uma opção atrativa para colheita em áreas planas, tem sistema elétrico simplificado, resfriamento turbo para aumentar o tempo ocioso, pinos, buchas e cilindros hidráulicos mais resistentes para uma vida útil mais longa.
 

Com potência e força de tração aprimoradas, o equipamento 1510G traz todos os atributos esperados de um forwarder líder de mercado. Uma máquina potente e eficiente da John Deere que oferece alta força de tração, lança suave e potente e, naturalmente, uma nova cabine com um ambiente revolucionário. O forwarder mais potente criado pela empresa, o 1910E, define um novo padrão de transporte de cargas pesadas em terrenos difíceis. Com quase 250 hp e força de tração de 220 kN, o 1910E é a escolha natural para os que enfrentam declives íngremes e madeiras grandes, o que é tratado com facilidade pelo carregador CF8. Além disso, o conforto está garantido pelas novas estações de operadores revolucionárias que nivelam e giram automaticamente garantindo ciclos de carregamento mais rápidos. Esse equipamento está em demonstração no campeonato de operadores.
 

O Harvester florestal 1270G tem um motor de 9L e uma lança CH7, o que permite desempenho normalmente reservado para harvesters de classes maiores. É bastante potente para lidar com as operações de derrubada limpa mais exigentes e é manobrável o bastante para operar em aplicações de desbaste definitivo. O Skidder 768L-II oferece potência bruta de 210 kW, torque bruto de 1.276 Nm e capacidade máxima da garra de 2,07 m². Além disso, estão expostos os cabeçotes H219 e 622B.

ARTIGOS RELACIONADOS

Confira como foi o primeiro dia da Expoforest

https://youtu.be/-XLQb6fzBsk

Espécies alternativas potenciais para produção florestal

Descubra as espécies alternativas promissoras para a produção florestal e explore novas oportunidades no setor.

John Deere revoluciona Agrishow 2022 com ativações tecnológicas

Com foco na experiência do cliente, companhia integra tecnologia por todo o estande

Pioneer® e John Deere Brasil se unem na produção do programa jornalístico Agro Em Foco

As duas grandes marcas, sempre próximas do campo, seguem unidas agora na missão de transmitir conhecimento e inovação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!