21.6 C
Uberlândia
quarta-feira, fevereiro 21, 2024
- Publicidade -
InícioLançamentosLactalis inaugura Fábrica

Lactalis inaugura Fábrica

A relação da empresa com os produtores de Minas Gerais também será ampliada com o novo projeto e apoio da CCPR.

Foto Divulgação

Com um investimento de R$ 100 milhões, a Lactalis do Brasil inaugurou sua nova queijaria em Uberlândia (MG) nesta quinta-feira (9/11) com a presença do Vice-Presidente, Geraldo Alckmin, políticos e autoridades. O projeto fortalece a política de investimento do grupo no Brasil. Desde que chegou ao país, em 2014, a Lactalis já investiu R$ 7 bilhões em aquisições e ampliações de unidades fabris em oito estados. A ação da empresa francesa foi destacada pelo Vice-Presidente ao lembrar do potencial de saúde que os lácteos representam para a população brasileira. “A empresa está agregando valor, promovendo desenvolvimento na região e confiança no Brasil”, disse Alckmin.

A relação da empresa com os produtores de Minas Gerais também será ampliada com o novo projeto e apoio da CCPR. A unidade de Uberlândia deve consolidar capacidade para produção de 5,5 mil toneladas de produtos/mês e, para isso, vai captar 1,6 milhão de litros/dia. A planta vai gerar mais de 500 empregos diretos e 2.500 empregos indiretos. Com o investimento, a unidade em Uberlândia também teve reformulada sua fábrica de manteigas, que dobrou a capacidade de processamento de 500 toneladas/mês para 1 mil toneladas/mês. “A Lactalis acredita muito no Brasil. Quando se faz uma projeção da necessidade de leite para o mundo, se verifica que, até 2030, faltarão mais ou menos 20 bilhões de litros de leite. Onde se pode produzir esse leite? Na nossa visão, o Brasil é esse país, mas precisamos arrumar a cadeia do leite. Isso vai ser um grande desafio”, assinalou o presidente da Lactalis para Brasil e Cone Sul, Patrick Sauvageot. Em sua manifestação durante a solenidade em Uberlândia, o executivo informou que a Lactalis injeta R$ 6,5 bilhões ao ano no Interior do Brasil por meio da compra de 2,7 bilhões de litros de leite, pulverizando renda e emprego nas mais diversas e longínquas regiões.

Maior empresa de produtos lácteos do mundo, a Lactalis completou 90 anos de atuação em outubro e lançou seu propósito global de “Nutrir o Futuro”. Entre as metas apontadas, está o cuidado com as pessoas e o planeta. Para isso, a empresa está disposta a transformar o seu negócio, métodos e ferramentas de forma a buscar sistemas mais eficientes e com menor impacto ambiental. A meta é que a produção se torne carbono neutro até 2050. Nos planos do grupo francês também estão investimentos em geração de empregos, desenvolvimento de produção local e qualificação dos talentos alinhados com os valores do grupo: ambição, determinação e simplicidade.

Sobre a Lactalis

A Lactalis é uma empresa familiar francesa criada em 1933 por André Besnier. O Grupo Lactalis é líder no mercado de lácteos, com presença industrial em 52 países, mais de 270 fábricas e 85.500 funcionários. Iniciou suas atividades no Brasil em 2014 com a aquisição da indústria de queijos da Balkis. Ampliou sua atuação em 2015, com a incorporação de ativos selecionados da LBR e Elebat e marcas como Elegê, Parmalat e Batavo. A Lactalis adquiriu, em 2019, a Itambé e, em 2021, a Confepar. Recentemente, fechou aquisição também da DPA. A Lactalis do Brasil oferece aos consumidores produtos lácteos saborosos e de alta qualidade em uma seleção de marcas consagradas, incluindo Batavo, Président, Elegê, Cotochés, Poços de Caldas, Itambé e Parmalat. Atualmente, a Lactalis do Brasil é líder em captação de leite no Brasil. Em constante expansão, a Lactalis mantém 23 unidades fabris espalhadas por oito estados (RS, SC, PR, MG, SP, PE, GO, RJ).

ARTIGOS RELACIONADOS

KWS Sementes

Seguindo sua missão de levar soluções ao agricultor, a KWS Sementes lançou o INITIO

Vittia inaugura novo Centro de Distribuição na Bahia

Estrutura dobra capacidade de armazenamento da empresa na região e reforça oferta de tecnologia biológica "just in time”.

Embrapa lança cultivar de cenoura para sistema orgânico

A primeira cultivar de cenoura do mercado nacional desenvolvida e recomendada para o sistema orgânico de produção, a cenoura BRS Paranoá, foi lançada na edição desse ano da AgroBrasília, que aconteceu de 06 a 10 de julho, em uma plataforma digital.

Bionat investe R$ 30 milhões em nova fábrica

A unidade está preparada para ser duplicada dentro de dois anos, com investimento em torno de R$ 5 milhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!