Manejo de nematoides em batata

0
24

Warley Peres da Silveira Biólogo e mestrando em Olericultura – IF Goiano – Campus Morrinhoswarleyperes@hotmail.com

Jefferson do Carmo Peixoto Engenheiro agrônomo – IF Goiano – Campus Morrinhosjeffersonrgt12@gmail.com

Rodrigo Vieira da Silva Engenheiro agrônomo, doutor em Fitopatologia e professor – Instituto Federal Goiano – Campus Morrinhos rodrigo.silva@ifgoino.edu.br

Batata – Crédito: Shutterstock

A batata é uma espécie da família Solanaceae, considerada a hortaliça mais importante cultivada no Brasil. A área plantada anualmente é de cerca de 120 mil hectares, com uma produção de quase 4,0 milhões de toneladas (t), numa cadeia produtiva que conta com mais de 5.000 produtores em todo o País (IBGE, 2021). A produtividade média da batata é da ordem de 3,1 t ha-1, mas poderia ser ainda maior se não fossem os prejuízos causados pelos fitonematoides.

O tubérculo in natura é a principal forma de consumo da batata pelos brasileiros, portanto, o aspecto do produto comercializado torna-se importante, principalmente por questões de sanidade, pois deformações e alterações provocadas pelos nematoides irão depreciar seu valor de mercado.

Assim, os nematoides merecem atenção especial, pois representam sérios problemas para o cultivo de batata em praticamente todas as regiões do País.

Prejuízos dos nematoides

Os danos causados pelos nematoides na batata irão depender da suscetibilidade da cultivar, da espécie de nematoide presente na área e da densidade populacional, além das condições do ambiente.

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.