20.6 C
Uberlândia
sábado, abril 20, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosO melhor sistema de cultivo para agrião

O melhor sistema de cultivo para agrião

O sistema de cultivo ideal para agrião é aquele que promove condições ideais de crescimento, resultando em folhas verdes e saborosas.

Catherine Amorim
Engenheira agrônoma e doutoranda – ESALQ-USP
catherine.amorim@usp.br

Hidroponia trata-se de uma palavra de origem grega, onde “hidro” se refere à água e “ponos” a trabalho. Portanto, quando falamos em hidroponia, nos referimos a uma série de técnicas utilizadas para o cultivo de plantas, em grande parte hortaliças, onde não há presença de solo.

Foto: Adriano Mendes

Características da hidroponia

Plantas cultivadas sob sistema hidropônico recebem os nutrientes necessários ao seu desenvolvimento por meio de uma solução nutritiva aquosa. A solução é balanceada de acordo com as necessidades de cada planta.

Majoritariamente, o cultivo hidropônico é realizado em casas de vegetação, túneis altos ou baixos, ou ainda em salas fechadas sob iluminação artificial.

A hidroponia confere às hortaliças melhor aporte nutricional e menor estresse causado pela ocorrência de ventos, chuvas, pragas ou doenças e danos por insolação. Hortaliças cultivadas sob esse sistema tendem a ser mais atrativas, vigorosas e a crescerem mais rapidamente do que aquelas em solo.

O rendimento por área das plantas também tende a ser superior ao do cultivo tradicional, uma vez que o não uso do solo proporciona a verticalização do sistema. Além disso, sobretudo em hortaliças com sabor picante, como no caso do agrião, tanto o sabor quanto o cheiro tendem a ser menos acentuados, conferindo um sabor mais suave à hortaliça.

Cultivo a céu aberto x hidroponia

Um ponto desfavorável da hidroponia em relação ao cultivo convencional é que, pela menor ocorrência de estresse, essas podem apresentar menores teores de vitaminas. Um exemplo é a vitamina C, produzida pela planta como um composto de defesa. Entretanto, os teores de sais minerais nessas plantas tendem ser superiores.

Particularidades do agrião

O agrião, devido ao sabor forte e picante, foi, durante muito tempo, uma hortaliça pouco popular. Entretanto, tem ganhado espaço no prato do consumidor novamente nos últimos anos.

A pontuação ANDI – “Índice de Densidade de Nutrientes por Caloria” (Aggregate Nutrient Density Index) se refere ao conteúdo nutricional da planta em uma escala de 0 a 1.000.

O agrião está classificado no topo dessa lista, com uma pontuação de 1.000, mostrando-se uma hortaliça altamente nutricional, o que o tem feito ganhar nova popularidade. Essa cultura é rica em nutrientes como potássio, cálcio, ferro e fósforo, vitaminas do complexo A, B, C e K, além de ser um poderoso antioxidante natural.

Dentre os tipos de agrião, em particular o agrião da água (Nasturtium officinale), tem necessidade de solos semi-encharcados para o melhor desenvolvimento em cultivo convencional.

Esses solos, devido ao alto teor de água, tendem a apresentar frequentemente contaminantes de origem animal, o que torna o produto mais suscetível à deterioração e à ocorrência de pragas e doenças.

Pelo seu porte (planta rasteira de até 50 cm de comprimento), alta necessidade dessa cultura por água e susceptibilidade a pragas e doenças, o cultivo de agrião em hidroponia torna-se uma boa opção, além de proporcionar um alimento que atende melhor às exigências do mercado de alimentos saudáveis que tem crescido.

Sistema ideal

Para o agrião hidropônico, é recomendado o cultivo em um sistema chamado NFT – “técnica do fluxo laminar de nutrientes” (Nutrient Film Tencinque). Nele, o sistema radicular das plantas de desenvolve dentro de canaletas inclinadas, onde a solução nutritiva circula.

A solução nutritiva é armazenada em um tanque, de onde é bombeada para a parte superior das canaletas, formando uma lâmina junto às raízes, e por gravidade esta circula até a parte inferior, de onde retorna ao reservatório. Dessa maneira, o fluxo da solução nutritiva é constante.

 Figura 1 – Sistema hidropônico NFT recomendado para cultivo de agrião

Quanto custa?

Para se ter uma ideia de retorno financeiro, segundo a classificação da Ceagesp, o índice de valoração do agrião comum é de 1,00, à medida que para o agrião hidropônico é de 2,24.

Em 31/05/2023, segundo a cotação diária da Ceagesp, o preço por quilo de agrião foi de R$ 5,75, ao passo que o do agrião hidropônico estava em R$ 9,58.

Apesar de o sistema hidropônico, em relação ao convencional, exigir um custo mais elevado de implantação, devido à necessidade de montagem de todo o sistema de circulação da solução nutritiva e do ambiente protegido, esse proporciona um melhor desenvolvimento às plantas.

Além do mais, o retorno do investimento inicial acaba sendo rápido, e a longo prazo se torna mais rentável. Vantagens, como um maior número de ciclos de produção anual, maior produtividade e adensamento das plantas, melhor estado fitossanitário, sabor mais agradável e melhores condições de colheita, uma vez que o trabalhador pode permanecer de pé ao invés de curvado no solo, tornam o agrião hidropônico vantajoso.

ARTIGOS RELACIONADOS

Sistema de rastreabilidade ganha conexão global

O Sibraar, desenvolvido com tecnologia blockchain para rastrear produtos agroindustriais, está adaptado à comunicação junto ao mercado internacional

Versatilidade e lucro no cultivo da seringueira

Há certa dificuldade no Brasil em se obter dados mais precisos de algumas culturas, e a seringueira não foge à regra.

Convivium apresenta linha Plenan

Plenan é uma linha de soluções nutritivas líquidas para fertirrigação, além de fertilizantes foliares, fosfitos e especialidades. Henrique Barbosa, diretor comercial da Convivium Sistemas...

Cultivo orgânico do shimeji e hiratake

O mercado mundial de cogumelos movimenta US$ 35 bilhões anualmente. ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!