23.3 C
São Paulo
terça-feira, julho 5, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti O que você deve saber sobre a cicatrização e o sucesso da...

O que você deve saber sobre a cicatrização e o sucesso da enxertia

Camila Queiroz da Silva Sanfim de Sant’Anna

Doutoranda em Produção Vegetal – Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

agro.camilaqs@gmail.com

Crédito Antônio Ismael Cardoso

Para que haja uma boa cicatrização do ponto de enxertia, levam-se em consideração ótimas condições de temperatura não demasiadamente altas ou baixas (inferiores a 15°C ou superiores a 32°C), umidade mantida elevada para evitar desidratação dos tecidos e favorecer a atividade das camadas de células recém-expostas.

Outros fatores são a presença de oxigênio no ponto da enxertia (que favorece o tecido caloso); diâmetro do hipocótilo do enxerto e porta-enxerto similares, ausência de problemas fitossanitários e as condições ambientais pós-enxertia adequadas.

Pesquisas verificaram, também, que a presença ou ausência de cotilédones no porta-enxerto pode afetar a sobrevivência dos enxertos, sendo menor a taxa de sobrevivência dos enxertos sem cotilédones.

O ângulo formado entre cotilédones do porta-enxerto e enxerto também afeta o sucesso da enxertia, sendo observado que para enxertos com 90° de ângulo a sobrevivência foi de 100%, comparada com 50% para 0° de ângulo.

 

Cuidados pós-enxertia

Enxertia por encostiano pepino – Crédito Rerison Catarino

Alguns cuidados pós-enxertia com a muda preparada para o transplante definitivo são: ao transplantar a muda não deixar o solo encostar na parte aérea ou “ponto da enxertia“, para que a cultivar enxertada não enraíze e comprometa toda a sobrevivência da planta.

O espaçamento para mudas enxertadas de pepino deve ser o dobro do espaçamento de plantio das mudas de pepino pé franco, em geral, sendo 0,60 m x 0,60 m. Isso porque o pepino enxertado tem maior brotação lateral e maior vigor de planta, sendo prejudicial para seu desenvolvimento o adensamento.

 

Custo-benefício de mudas enxertadas

 

O procedimento de enxertia tem algumas exigências que resultam em custos mais altos inicialmente e maior gasto de sementes, pois são necessárias duas sementes (uma para o porta-enxerto e outra para o enxerto), mão de obra treinada para a aplicação de uma das técnicas disponíveis, além de ambiente adequado para receber as mudas enxertadas com condições controladas de temperatura e umidade, principalmente.

No entanto, as mudas enxertadas vão possibilitar maior produtividade e cultivo em locais onde sem a enxertia não seria possível ou haveria restrições por causa de doenças de solo, implicando, ainda, na redução da aplicação de produtos químicos (agrotóxico) na cultura.

Essa matéria completa você encontra na edição de dezembro  de 2018 da Revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira o seu exemplar para leitura completa.

Inicio Revistas Hortifrúti O que você deve saber sobre a cicatrização e o sucesso da...