26.6 C
Uberlândia
sexta-feira, junho 14, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosOrganominerais e suas vantagens para folhosas

Organominerais e suas vantagens para folhosas

Os organominerais são aliados poderosos para o cultivo de folhosas, fornecendo nutrientes essenciais e melhorando a saúde do solo.

José Augusto Pereira Neto
Graduando em Agronomia – Ifsuldeminas, campus Machado

Luis Lessi dos Reis
Doutor e professor – Ifsuldeminas
luis.reis@ifsuldeminas.edu.br  

 Além da compostagem, o uso de fertilizantes organominerais oferece uma forma limpa e renovável de lidar com os dejetos animais. Isso cria uma alternativa viável aos métodos tradicionais.

Foto: Shutterstock

 Comparados aos fertilizantes minerais inorgânicos, os fertilizantes minerais orgânicos têm menor potencial para produtos químicos reativos. No entanto, a solubilização de um fertilizante orgânico leva tempo, à medida que as culturas se desenvolvem. Isso permite maior eficiência agrícola, quando comparado aos fertilizantes inorgânicos solúveis.

 Os fertilizantes organominerais utilizam materiais húmicos em suas transformações. Esses materiais aumentam a disponibilidade de cargas negativas na área de liberação de fosfato, tornando esses nutrientes mais acessíveis às raízes das plantas.

Além da maior sustentabilidade na produção, os organominerais geram diversos benefícios para as plantas, tais como:

● Incremento radicular;

● Recuperação da flora microbiana;

● Baixo risco de erosão;

● Redução da acidificação do solo;

● Manutenção do pH;

● Maior CTC;

● Aumento da absorção e retenção de água no solo.

Experimento

Em um experimento realizado pela Terra de Cultivo, podemos observar as diferenças dos dois adubos, o mineral e o organomineral nas dosagens recomendadas.

A seguir, temos a comparação dos tratamentos com 27 dias após o plantio.

Crédito: Terra de Cultivo

E, a seguir, estão os resultados do experimento comparando os dois adubos em 300 plantas, a fim de expor qual seria mais vantajoso em produtividade e custo-benefício ao produtor.

Resultados

É possível observar na tabela anterior que o tratamento com organomineral obteve médias superiores ao convencional. Na variável massa fresca, o tratamento organomineral obteve maior massa, alcançando uma produtividade de 42,8 g por cabeça superior ao convencional.

Pode-se pensar que esta quantidade é pequena, mas em um hectare é possível cultivar por volta de 100 mil plantas, sendo possível obter um incremento de 4.280 kg de alface com a utilização de organomineral.

Podemos observar, também, que se utiliza uma dosagem 40% inferior à do adubo convencional. O resultado é um custo menor ao produtor, fazendo com que o lucro aumente, mostrando-se muito viável ao produtor, pois a matéria orgânica permanece no solo por diversos anos, e com o decorrer dos cultivos vai mineralizando. Por conseguinte, disponibiliza nutrientes e, ainda, enriquece a fauna do solo, reprimindo a ocorrência de doenças de solo.

Dosagem recomendada

As informações referentes às dosagens mais atuais para o cultivo de alface são da empresa Terra de Cultivo, que desenvolve diversos trabalhos a fim de expor a melhor dosagem de organomineral.

Em um experimento realizado pela empresa, foi constatado que a dose ideal é de 8,0 g por planta do adubo 04-20-04. Extrapolando este valor, para produzir 1,0 ha, onde podemos ter cerca de 100 mil plantas, será necessário utilizar cerca de 800 kg do adubo 04-20-04.

Custo envolvido

Normalmente, a adubação com organomineral possui um valor elevado, comparado aos adubos convencionais, justamente pelo organomineral possuir residual, onde os nutrientes são disponibilizados lentamente, com a mineralização da matéria orgânica.

Como exemplo, no cultivo de alface, nos primeiros cultivos será necessária uma quantidade maior de adubo, mas no decorrer do cultivo poderá diminuir, justamente porque irá aumentar a caixa do solo de nutrientes com a MO.

Em uma cotação realizada na região de MG, obtivemos um custo médio de R$ 2.500 a tonelada do adubo convencional 02-16-06, supondo que iremos utilizar cerca de 1.300 kg/ha, teremos um custo de R$ 3.250 para realizar a adubação das 100 mil plantas, presentes no hectare.

Já para o organomineral, obtivemos uma cotação de R$ 3.600 a tonelada do adubo 04-20-04. Com a necessidade de cerca de 800 kg/ha, teremos um custo de R$ 2.880 para adubar as 100 mil plantas.

No mesmo experimento da Terra de Cultivo, foi testado o fertilizante convencional 02-16-06, equivalente ao organomineral 04-20-04, utilizando uma dose de 1.300 kg/ha de fertilizante convencional e 800 kg/ha de organomineral.

Os custos surpreenderam, pois geralmente o organomineral possui um valor agregado maior, mas, com a necessidade de utilizar uma menor quantidade, obtivemos um custo também menor.

A adubação com organomineral na dosagem de 800 kg/ha possibilitou obter uma economia de cerca de R$ 370, fora a mão de obra, que foi reduzida, já que esta foi utilizada em menor quantidade.

Concluímos que o organomineral é mais rentável ao produtor e proporciona características positivas ao produto final, como quantidade de folhas, tamanho da cabeça e maior palatabilidade.

ARTIGOS RELACIONADOS

Cresce mercado de fertilizantes especiais no Brasil

Os fertilizantes especiais são adubos com formulações diferenciadas, desenvolvidas para atender às necessidades específicas da produção de uma determinada cultura.

BioAtlantis apresenta sua linha de produtos

Tecnologia da BioAtlantis está disponível ao mercado com comprovada eficácia na redução dos danos induzidos pelo estresse climático em lavouras.

Fertilizantes organominerais: o seguro na produção de alface

Descubra as vantagens dos fertilizantes organominerais na produção de alface e como eles ajudam a otimizar a absorção de nutrientes e água pela planta.

Cultivares mais adaptadas ao mercado brasileiro

A Topseed Premium, linha de sementes profissionais de alta tecnologia da Agristar do Brasil, possui um amplo portfólio de materiais com capacidade de adaptação em todas as regiões brasileiras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!