28.7 C
Uberlândia
sábado, fevereiro 24, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesOs benefícios da energia solar para o agronegócio

Os benefícios da energia solar para o agronegócio

Créditos Pixabay

É possível imaginar que muitas atividades do agronegócio precisem de uso intensivo de eletricidade, como, por exemplo, a secagem de grãos, estufas, bombeamento de água e irrigação, resfriamento de tanques de leite, eletrificação de cercas e manutenção de tanques de peixes.

Mauricio Crivelin, CEO e fundador da Kinsol, empresa que oferece diversas soluções para o agronegócio, visando atender com qualidade e suprindo a alta demanda, diz que toda a energia representa um gasto que pressiona o orçamento do produtor. “A autoprodução por meio da geração solar fotovoltaica reduz esses gastos e garante maior competitividade ao agronegócio”, explica.

A utilização de máquinas modernas, como tratores e colheitadeiras, junto com a automatização e monitoramento por meio da digitalização dos processos produtivos, é uma das frentes essenciais para a melhoria da eficiência do agronegócio. Porém, isso só é possível com acesso à energia e internet de qualidade. Mais uma vez, a energia solar pode ser a solução. Além de garantir o abastecimento elétrico, a instalação fotovoltaica viabiliza o funcionamento da infraestrutura de telecomunicações em locais mais afastados de centros urbanos.

O bombeamento solar é uma técnica que permite a extração de água. O objetivo é garantir o acesso à água tanto nas zonas distantes da infraestrutura elétrica como nas áreas agrícolas e remotas. O ponto de partida do funcionamento são os raios solares que incidem sobre os módulos. Ao converter a luz solar em eletricidade, o sistema aciona a motobomba que puxa água dos poços, cursos de água ou lagoas.

Além disso, a energia solar no agronegócio é um ótimo case de sucesso para atrair novos clientes e investidores para a sua empresa rural.

O meio ambiente é uma questão cada vez mais importante no mundo de hoje. Portanto, é fundamental que os empreendedores sejam capazes de se comunicar com esses públicos e desenvolver estratégias para conquistá-los.

“Fica claro que os sistemas fotovoltaicos são uma boa escolha para os agricultores que desejam expandir suas marcas. Com a tecnologia, você pode modernizar seu negócio e se comunicar com os mais diversos clientes”, finaliza Maurício.

ARTIGOS RELACIONADOS

Projeções do agronegócio: O que esperar da cafeicultura?

As projeções mostram que a produção em 2028/29 deve situar-se em 64,0 milhões de sacas. Essa produção deve ficar cerca de 25,3% maior do que a observada em 2019. As exportações estão projetadas para 41,0 milhões de sacas.

Dia de Campo destaca evolução do beneficiamento de café

Durante o evento foi exposto o projeto de secagem estática de café com capacidade de processar 10.000 sacas sem o uso de terreiro Vocês conseguem...

Mercado de Irrigação já aguarda a FIIB 2018

O maior evento especializado em Irrigação do país já é aguardado pelos profissionais do setor. A segunda edição da Feira Internacional da Irrigação Brasil, a FIIB 2018, acontecerá de 19 a 21 de setembro, das 9h às 17h, no Centro de Convenções Expo Dom Pedro (Shopping Parque Dom Pedro), em Campinas (SP).

Soja Plus chega ao Triângulo Mineiro

De 9 a 11 de dezembro uma equipe da Abiove (Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais) e SISTEMA FAEMG visitaram as cidades de...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!