23.6 C
Uberlândia
quarta-feira, abril 17, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesPainel do Agro debate ‘Futuro do Agronegócio do Brasil’

Painel do Agro debate ‘Futuro do Agronegócio do Brasil’

Evento com entrada franca reúne ex-ministros da Agricultura, deputado federal, presidentes da CSEAG, da Cargill Brasil e da Cooperativa Castrolanda

‘O Futuro do Agronegócio no Brasil’ é o tema do debate do Painel do Agro 2023 durante o Agroleite. Um dos eventos mais disputados da feira, o Painel acontece no dia 10 de agosto, às 9h30, no Pavilhão de Palestras (Pavilhão One) da Cidade do Leite e tem entrada gratuita.

Neste ano, seis convidados, com grande experiência em gestão pública e privada no agronegócio, compõem o palco de debates: ex-ministros da Agricultura e presidentes de multinacional, de cooperativa e de entidade representativa do setor de Armazenagem de Grãos.

“Esse painel é sobre o rumo da agricultura brasileira e a visão de cada um dos convidados sobre os desafios que temos e como superá-los”, diz Paulo Bertolini, diretor do Grupo Calpar, que organiza o debate.

Bertolini ressalta também que, neste ano, o Painel do Agro terá ainda mais destaque dentro da programação do Agroleite porque integrará a sétima edição do Programa Mais Milho, da Abramilho (Associação Brasileira dos Produtores de Milho) em parceria com o Canal Rural, com transmissão ao vivo pela TV.

Antonio Cabrera

Os debatedores

Antônio Cabrera tornou-se aos 29 anos o ministro mais jovem da história política do Brasil, à frente do Ministério da Agricultura e Reforma Agrária, no primeiro governo da redemocratização, ao lado do então presidente Fernando Collor de Melo, entre 1990 e 1992. Também já ocupou a cadeira de secretário da Agricultura do Estado de São Paulo. É produtor rural e médico veterinário pós-graduado em Produção Animal. Foi consultor da ONU para a Alimentação e a Agricultura e membro da Academia Brasileira de Agricultura.

Neri Geller foi ministro da Agricultura e Pecuária em 2014, no governo Dilma Rousseff e atuou como secretário de Política Agrícola na mesma pasta em 2013 e entre 2016 e 2018. Em Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, viveu em um assentamento da reforma agrária, trabalhou como professor da rede municipal e foi frentista e gerente de posto. Depois, destacou-se na produção de grãos e foi vereador entre 1997 e 2004. Elegeu-se deputado federal em três mandatos: 2007, 2011 e 2019 por aquele estado. Como ministro, participou da inauguração da fábrica da Cargill, em Castro.

Paulo Bertolini

Paulo Bertolini é presidente da Câmara Setorial de Equipamentos para Armazenagem de Grãos (CSEAG) da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq); sócio-Fundador e diretor financeiro da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho) e membro fundador, ex-presidente e atual diretor da Aliança Internacional do Milho – Brasil, Argentina e Estados Unidos (Maizall). Paulo também é diretor Comercial do Grupo Calpar e da Granfinale Sistemas Agrícolas, empresas com sede em Castro (PR).

Paulo Sousa é presidente da Cargill Brasil. Zootecnista e especialista em Administração de Empresas, iniciou sua trajetória como trainee na Companhia em 1990. Atuou em diversas áreas e negócios da empresa e, a partir de 2016, liderou a divisão de commodities agrícolas da Cargill na América do Sul. Durante cinco anos foi o Trader Global de Soja da Cargill, em Genebra, Suíça.

Pedro Lupion

Pedro Lupion é deputado federal pelo Paraná e presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, a bancada ruralista no Congresso Nacional. É agropecuarista, empresário, publicitário e mestre em Ciências Políticas nas universidades Francisco de Vittoria e Rey Juan Carlos, na Espanha. Especialista em Comunicação Política e Campanhas Eleitorais, com pós-graduação pela Georgetown University, onde se especializou em Administração Pública e Governança. Começou sua carreira política em 2010, como deputado estadual, reeleito em 2014. Em 2018 tornou-se deputado federal e foi reeleito no ano passado.

Mediação

A mediação do debate será feita pelo diretor executivo da Abramilho Glauber Silveira e pelo jornalista e diretor de Conteúdo do Canal Rural Giovani Ferreira. “Faremos perguntas sobre a visão dos ex-ministros e convidados referentes à evolução da política agrícola. Serão abordados temas como plano safra, seguro agrícola, mercado internacional, sustentabilidade, acordos internacionais, reforma tributária e gargalos ao crescimento da produção e sua armazenagem”, explica Silveira.

ARTIGOS RELACIONADOS

Mulheres passam a dirigir veículos mais pesados

Entre dezembro de 2021 e dezembro de 2022, cresceu o número de motoristas do sexo feminino habilitadas a dirigir carretas

Sucessão familiar: Empresas agro e produtores rurais

Ainda que, a princípio, possam parecer a mesma coisa, herança e espólio se diferem um pouco. Enquanto a herança é definida pelo conjunto de bens, direitos e deveres que um falecido deixa, o espólio é a reunião dos bens que serão parte da sucessão e, assim, passados aos herdeiros.

Condições das lavouras no Brasil

A agricultura brasileira não parou. Em tempo de quarentena na escalada do Coronavírus ...

BASF premia 17 sojicultores do Brasil por alta produtividade

Na safra 2020/21, o Brasil deve manter o título de maior produtor de soja do mundo, com a estimativa de 135 milhões de toneladas. Na safra passada, foram mais de 133 milhões de toneladas de soja produzidas no país de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!