21.6 C
Uberlândia
sábado, maio 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesPlataforma disponibiliza cursos sobre sustentabilidade

Plataforma disponibiliza cursos sobre sustentabilidade

Programa Produtor Informado do Cecafé firma parcerias com a Plataforma Global do Café, para oferecer capacitação em sustentabilidade no campo, e com a Microsoft, para inclusão digital de cafeicultores em tecnologia e informática.

Já está disponível a produtores e profissionais do café de todo o país os cursos on-line do Programa Produtor Informado, criado pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) em 2006 e que, agora, conta com a parceria da Plataforma Global do Café Brasil (GCP), através da Iniciativa de Ação Coletiva “Uso Responsável de Agroquímicos”, para oferecer capacitações em sustentabilidade no campo, e da Microsoft, para fomentar a inclusão digital de produtores e comunidades cafeeiras em tecnologia e informática.

O programa de ensino à distância (EAD) é totalmente gratuito e engloba um curso de boas práticas e sustentabilidade na cafeicultura, baseado no Currículo de Sustentabilidade do Café – documento elaborado de forma coletiva pela cadeia do café e coordenado pela Plataforma (GCP) –, bem como três módulos de tecnologia, compostos por sete cursos disponibilizados pela Microsoft, do nível básico ao avançado.
 
A ferramenta e-learning do Produtor Informado disponibiliza conteúdos a produtores de café, trabalhadores rurais, agrônomos, técnicos de campo, profissionais de sustentabilidade, consultores, estudantes e público em geral.
 
Em 14 aulas, o curso de sustentabilidade possui conteúdo atualizado e de qualidade, que aborda temas como manejo do solo, uso de água, irrigação, fertilidade, aplicação de agroquímicos e limites de resíduos, gestão ambiental (Código Florestal, destinação correta de resíduos, biodiversidade, uso racional de recursos, agricultura regenerativa), gestão da produção (colheita, pós-colheita, secagem, beneficiamento, comercialização), legislação trabalhista, segurança, saúde e bem-estar de produtores e trabalhadores, critérios ESG, certificações e padrões de sustentabilidade. O curso tem duração de duas horas e pode ser realizado no ritmo desejado pelo aluno.
 
Os cursos de tecnologia, que são independentes do curso de sustentabilidade, estão divididos em módulos básico, intermediário e avançado e foram disponibilizados pela Microsoft, no âmbito de seu Programa “Habilidades para o Emprego” (Skills for Jobs, no original em inglês). O usuário pode fazer um ou todos os cursos, que são complementares e capacitam os produtores a melhorar suas habilidades relacionadas a ferramentas digitais, uso da Internet e recursos de apoio, como elaboração de planilhas e outros documentos.
 
O módulo básico é focado em Letramento Digital e tem três cursos (5h35 de duração); o intermediário, composto por dois cursos (2h44), aprofunda-se nos aplicativos de produtividade da Microsoft, como Excel, Word e PowerPoint; e o avançado trabalha, em outros dois cursos (2h30), habilidades específicas para gerenciamento de dados e de projetos.
 
A tecnologia é uma grande aliada para a melhor gestão dos produtores em sua atividade e a capacitação de cafeicultores e comunidades cafeeiras vem ao encontro das ações do Pilar de Responsabilidade Social e Sustentabilidade do Cecafé, segundo a gestora da área na entidade, Silvia Pizzol.
 
“A inserção do Programa Produtor Informado no universo digital facilita a disseminação de diversos materiais educativos, que, quando aplicados no dia a dia dos cafeicultores e trabalhadores, fortalecem a melhoria contínua da sustentabilidade das propriedades rurais, viabilizando o acesso dos cafés cultivados por esses produtores aos mercados mais exigentes em relação aos critérios ESG”, destaca.
 
“A nova plataforma do Produtor Informado resgata os conteúdos do Currículo de Sustentabilidade do Café, que, desde 2015, é uma ferramenta muito utilizada pelos produtores no processo de melhoria contínua em sustentabilidade. Agora, na versão on-line, este conhecimento está ao alcance de todos, de uma forma dinâmica; ele também foi atualizado para que os produtores estejam alinhados com as novas demandas de mercado, especialmente em relação aos critérios ESG”, completa Maria Fernanda Brando, coordenadora de comunicação da GCP.
 
COMO ACESSAR
Os cursos da Plataforma EAD do Produtor Informado podem ser acessados diretamente pelo produtor(a) de forma individual, em celulares, tablets e computadores, assim como por técnicos de empresas exportadoras, cooperativas e outras instituições do setor, que podem organizar turmas de produtores para a realização dos cursos. A plataforma oferece ferramentas de acompanhamento e performance dos grupos como suporte para esses técnicos. As duas modalidades visam ampliar o acesso a conteúdo especializado sobre sustentabilidade na cadeia produtiva do café de todo o Brasil.
 
Quem acessa a Plataforma também encontra vários conteúdos extras à disposição, como cartilhas e planilhas básicas. Quando completados, todos os cursos dão direito a certificado. Para acessar, o interessado deve ser vinculado a uma instituição parceira do Programa Produtor Informado e preencher um cadastro, fornecendo informações como nome, CPF, e-mail e região da propriedade.
 
NOVA FASE DO PRODUTOR INFORMADO
Criado em 2006 pelo Cecafé, com foco na inclusão digital de produtores, o Produtor Informado era amparado em aulas presenciais, ministradas aos cafeicultores em laboratórios de informática construídos nas zonas rurais. Em 2015, a partir de parceria com a Plataforma Global do Café, houve a inserção de novos conteúdos no curso, com destaque para práticas agrícolas sustentáveis, gestão social e ambiental. Com esse modelo mais recente, o Produtor informado capacitou cerca de 7 mil profissionais, de mais de 130 cidades, em seis estados.
 
Agora, em 2024, o programa ganha novo formato. A transformação em plataforma EAD é uma maneira de manter o legado do Produtor Informado, ampliar a disseminação de conhecimentos na cadeia produtiva do café e expandir o acesso à informação para milhares de produtores e profissionais do setor.
 
SERVIÇO
Plataforma EAD Produtor informado
Cursos: sustentabilidade e informática
Acesso: gratuito e on-line
Inscriçõeshttps://produtorinformado-ead.com.br/login
Formação: módulos de sustentabilidade, manejo e tecnologia aplicados à produção de café; Informática (níveis básico ao avançado)

ARTIGOS RELACIONADOS

Uso de transgênicos reduz demanda por terra

  Relatório global mostra que ao longo dos últimos 20 anos, em média, os OGM reduziram o uso de defensivos químicos em 37%, ao mesmo...

Castanhal Conquista Selo “Fair Trade“

Empresa é a primeira fabricante de sacos de juta no mundo a ser certificada pela Aliança de Sustentabilidade para o Comércio Justo - FairTSA   A...

Panorama do cultivo de mamão no Brasil

O mamoeiro é cultivado na Ásia, nas Américas e na África, que, juntas, produziram em 2016 cerca de 13,05 milhões de toneladas de frutos. O Brasil é responsável por 10,9% da produção mundial, o que equivale a 1,4 milhão de toneladas da fruta. Nos últimos anos, o Brasil exportou a quantidade de frutos que corresponde a US$ 42 milhões, mas a maior parte de sua produção é consumida no mercado interno.

Kimberlit Agrociências marca presença na Feacoop 2018

Entre as soluções que a empresa levará a Feira de Agronegócios Coopercitrus destaque para a linha especial CROPPER e a tecnologia Kimcoat 10 anos Entre...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!