20.6 C
Uberlândia
sábado, maio 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosPolímero com bioestimulante é inovação

Polímero com bioestimulante é inovação

Com as constantes expectativas de aumento exponencial da população até o ano de 2050, um dos principais desafios dos produtores rurais é aumentar a produtividade.

Thiago Alberto Ortiz
thiago.ortiz@prof.unipar.br

Silvia Graciele Hulse de Souza
silviahulse@prof.unipar.br

Franciely S. Ponce
francielyponce@gmail.com
Engenheiros agrônomos, doutores em Agronomia e professores – UNIPAR/Umuarama – PR

No cenário, atual tem-se observado constantes mudanças no panorama econômico mundial. Isso vem ocorrendo rapidamente, desafiando as instituições a adequar os seus produtos e tecnologias, por meio do aprimoramento de processos à nova realidade do mercado, que se encontra em constante competitividade.

O enraizamento da soja é favorecido pelos bioestimulantes
Crédito: JAssy

Desta forma, buscam-se por métodos ambientalmente corretos, socialmente justos e economicamente viáveis.

As sementes

O tratamento industrial de sementes tem sido adotado por grande parte das empresas produtoras de sementes, devido às vantagens em relação ao tratamento convencional. Esse tipo de tratamento associa o uso de equipamentos e técnicas inovadoras, além de possibilitar a utilização de novas formulações, contendo fungicidas, inseticidas, nematicidas, polímeros, micronutrientes, bioestimulantes e/ou inoculantes no mesmo tratamento.

O polímero é um produto inerte, com o objetivo de aumentar a aderência dos produtos utilizados no tratamento de sementes com a superfície das mesmas, atuando como um revestimento “adesivo” uniforme entre a calda aplicada e as sementes.

A fim de serem funcionais, os polímeros devem permitir trocas gasosas entre a semente e o ambiente, além de não prejudicar a qualidade fisiológica do material propagativo. Desta forma, a utilização dos polímeros no tratamento de sementes tem se mostrado vantajosa, já que durante o processo, parte dos produtos aplicados podem facilmente se desprender.

Sendo assim, o uso desses acaba otimizando a eficiência do processo de tratamento.

O que são os polímeros

Atualmente, há no mercado uma grande variedade de polímeros, sendo que alguns apresentam bioestimulantes em sua composição. Estes podem ser substâncias naturais ou sintéticas, oriundas da mistura de dois ou mais biorreguladores vegetais ou outras substâncias, como nutrientes, aminoácidos e vitaminas.

Os bioestimulantes são aplicados diretamente sob as plantas ou associados ao tratamento de sementes, podendo ser microbianos ou não microbianos, de acordo com as suas fontes de origem.

Uma variedade de bioestimulantes agrícolas está sendo utilizada globalmente e diferentes pesquisas têm mostrado a importância dessas substâncias no aumento da produção, auxiliando na germinação, vigor e enraizamento das plantas.

Ferramentas de manejo

O tratamento de sementes é uma das principais ferramentas de manejo utilizadas para garantir proteção inicial à lavoura, reduzindo os danos causados à cultura por pragas e doenças nos estádios iniciais do ciclo fenológico.

Dada a variedade de produtos disponíveis no mercado que integram o tratamento de sementes, é de extrema importância investir em ferramentas que contribuam para a melhoria da prática.

Além da adequação da dosagem de produtos, é fundamental que o tratamento de sementes possibilite boa adesão dos produtos às sementes, bem como a concentração residual de produto próximo às sementes após a semeadura.

Quais as vantagens da técnica?

O tratamento de sementes tem relação direta com a sanidade dos lotes de sementes, a qual, por sua vez, está ligada à qualidade, definida por quatro pilares: qualidade fisiológica, física, genética e sanitária.

Assim sendo, para que os defensivos utilizados no tratamento de sementes possam cumprir seu papel na proteção das sementes e/ou plântulas, é importante que os produtos utilizados fiquem retidos próximos às sementes.

Desta forma, o uso de polímeros durante o processo é recomendado, contribuindo para a maior aderência dos defensivos às sementes.

Combinação de polímeros e bioestimulantes

Aliado aos polímeros, os bioestimulantes podem desempenhar importantes funções na fisiologia das plântulas, visto sua capacidade de propiciar aumento dos teores de óleo e proteínas, com maior efetividade em condições climáticas adversas.

A combinação de polímeros com bioestimulantes no tratamento de sementes tem como enfoque a redução do número de produtos aplicados em pré-semeadura, visando a redução dos custos e diminuição da aplicação de produtos químicos.

Mercado agrícola

A procura por novas alternativas que permitam a utilização mais racional dos recursos, reduzindo os custos de produção sem afetar a qualidade e o rendimento das culturas, tem levado à utilização de bioestimulantes para uso agrícola.

Os bioestimulantes naturais têm sido considerados uma alternativa segura, pelos seus resultados significativos, principalmente diante do aumento do custo da produção agrícola e dos desafios da sustentabilidade, garantindo altos rendimentos, sem afetar sua qualidade.

O mercado já oferece vasta opção de polímeros com bioestimulantes que proporcionam vários benefícios às sementes e/ou plântulas, como:

– Melhora da fixação de ingredientes ativos sobre as sementes, especialmente nos tratamentos com pós molháveis;

– Homogeneidade e redução de tempo do processo germinativo;

– Aumento do vigor, do enraizamento e do desenvolvimento inicial;

– Proteção das sementes às variações de temperatura e umidade, melhorando a conservação e a durabilidade;

– Contribuição à redução da lixiviação dos defensivos aplicados às sementes;

– Melhora da distribuição das sementes durante o processo de semeadura, dada a otimização da fluidez.

Tendência

O uso de polímeros tende a crescer nos próximos anos, porém, vale ressaltar que o auxílio aos produtores rurais por profissionais habilitados, como engenheiros agrônomos, é de grande valia, tendo em vista a necessidade de avaliar o risco de incompatibilidade dos polímeros com outros produtos, além da cultura alvo.

Os bioestimulantes são aplicados diretamente sob as plantas ou em tratamento de sementes
Crédito: Miriam Lins

Diversos testes e avaliações com polímeros e outros produtos devem ser conduzidos, na busca por atender às necessidades dos produtores rurais, unindo princípios ativos novos e ingredientes conhecidos para enfrentar desafios ambientais, além de pragas e doenças, nas mais diversas condições ambientais.

Questão de produtividade

O uso de sementes de qualidade representa um manejo essencial para o estabelecimento e o desempenho das culturas, por ser um insumo fundamental para o desenvolvimento da agricultura.

Por sua vez, o tratamento de sementes tem sido considerado uma prática muito importante à agricultura, dada a comprovada relação custo/benefício e por proporcionar inegáveis vantagens ao produtor rural.

Por essa razão, a tendência é que o TS utilizando polímeros que auxiliem na fixação e ação dos produtos passe a ser uma técnica cada vez mais utilizada.

Desta forma, os bioestimulantes tendem a ocupar um papel fundamental na agricultura moderna, oferecendo alternativas mais seguras e eficazes do que os agroquímicos, dada a crescente preocupação com a sustentabilidade ambiental, a segurança alimentar e a conscientização sobre os impactos negativos que produtos químicos causam à saúde humana e ao ambiente.

ARTIGOS RELACIONADOS

Resultados dos fertilizantes de liberação lenta em melancia

Johnny Rodrigues Soares Pesquisador de Pós-Doutorado - Feagri/Unicamp johnny_soares@ymail.com Renan de Campos Vieira Engenheiro agrônomo da Prefeitura Municipal de Guareí (SP) renanvieira.agro@gmail.com A recomendação de adubação nitrogenada para a...

Corteva Agriscience – inovações para mais produtividade e rentabilidade

A Corteva Agriscience estará presente, de 12 a 14 de janeiro, em Canarana (Mato Grosso), na Dinetec, evento que faz parte do calendário das feiras do agronegócio brasileiro em 2022.

Bioestimulantes promovem o fortalecimento da cana-de-açúcar?

Autores   Bruno Nicchio Pós-doutorado em Agronomia - Universidade Federal de Uberlândia (UFU) bruno_nicchio@hotmail.com Marlon Anderson Marcondes Vieira Mestrando em Agronomia - UFU Gustavo...

Algas proporcionam maior enraizamento em melancia

  O uso de substâncias bioestimulantes é amplamente difundido entre os agricultores para favorecer o crescimento inicial do sistema radicular das plantas. No mercado brasileiro...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!