29.4 C
Uberlândia
quarta-feira, fevereiro 28, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosPotencial na produção de amendoim

Potencial na produção de amendoim

O cultivo do amendoim pode ser altamente lucrativo se planejado e executado adequadamente, oferecendo oportunidades valiosas no setor agrícola brasileiro.

Bianca Prisco Soares
Engenheira agrônoma e estudante de pós-graduação em fertilidade de solo e nutrição de plantas na BookPlay Educação Digital
bianca.soares@unionagro.com.br

Bianca Soares mostra que o amendoim é uma boa opção de cultivo
Foto: Bianca Soares

O amendoim, membro da família Fabaceae, é uma planta herbácea que se destaca por sua importância econômica e sua presença em todas as regiões do Brasil. Com caule pequeno e folhas compostas e pinadas, apresenta quatro folíolos de formato elíptico e enraizamento que pode atingir profundidades de 30 a 50 cm. A origem do termo “amendoim” remonta ao tupi “mandu’wi,” que significa enterrado, fazendo referência à sua característica de crescimento subterrâneo.

Importância econômica

A cultura do Arachis hypogaea, nome científico do amendoim, possui grande relevância na indústria alimentar, especialmente devido à alta concentração de lipídios em algumas de suas variedades, que varia de 45 a 50%. Isso o torna uma excelente opção para a produção de óleo de cozinha.

No Brasil, o amendoim é consumido de diversas formas, como manteiga de amendoim, amendoins torrados, cozidos ou mesmo crus. Além disso, é usado como base para a fabricação de produtos alimentícios populares, como paçoca de amendoim e pé-de-moleque. As cascas do amendoim também encontram aplicação na produção de plástico, combustível, gesso, celulose (rayon e papel) e mucilagem (cola).

Fisiologia da planta

A planta do amendoim possui diversas partes que podem ser aproveitadas. A parte aérea é usada na produção de feno, enquanto o bolo de proteína (farelo de bagaços), um subproduto do processamento do óleo, é utilizado na alimentação animal e como fertilizante do solo. Além disso, o amendoim pode ser usado na fabricação de um leite sem lactose, conhecido como leite de amendoim.

No Brasil, mais de 90% da produção de amendoim está concentrada no estado de São Paulo, que também exporta cerca de 30% de sua produção. A produtividade média das vagens de amendoim é de 3.900 quilos por hectare. Embora o cultivo demande investimento, a produtividade é considerada boa e pode ser aumentada de 50% a 100% com uma adequada adubação.

Mercado internacional e expansão

Aproximadamente 70% da produção brasileira de amendoim é exportada, com os países da União Europeia, como Polônia, Holanda, Itália e Austrália, sendo os principais compradores. Outros mercados importantes incluem Rússia, Reino Unido, Ucrânia, Colômbia, México e África do Sul. Notavelmente, a China está demonstrando interesse crescente pelo amendoim brasileiro, o que abre novas oportunidades de mercado.

Embora tradicionalmente cultivado no norte do estado de São Paulo, o amendoim está ganhando destaque no nordeste paulista, nas regiões de Marília, Tupã e Presidente Prudente, onde diversas exportadoras de amendoim têm se estabelecido.

Nutrição

A planta de amendoim é rica em proteínas e requer enxofre para a produção de aminoácidos, bem como outros nutrientes e micronutrientes, como cobalto e molibdênio. O uso de fertilizantes fortalece o sistema imunológico das plantas, reduzindo a necessidade de pesticidas.

O tratamento de sementes com cobalto e molibdênio, nutrientes essenciais para a nodulação das raízes, pode ser realizado para melhorar a fixação de nitrogênio. Também é possível aplicar esses micronutrientes via foliar, atendendo às necessidades específicas de cada fase de desenvolvimento da planta.

Regeneração do solo

No preparo do solo, a calagem é crucial para fornecer fósforo, enxofre e boro. Além disso, o amendoim é conhecido por sua capacidade de regeneração do solo devido ao sistema radicular vigoroso, que ajuda a capturar nutrientes que poderiam ser perdidos por lixiviação. A cultura também melhora a microbiologia do solo, beneficiando a rotação de culturas subsequentes.

Um dos desafios é garantir níveis adequados de potássio, muitas vezes negligenciado pelos produtores, mas fundamental para a produtividade.

Vale a pena investir?

O retorno financeiro na produção do amendoim depende da comercialização do produto e da dinâmica de preços de mercado. A crescente demanda pelo produto é um fator positivo. No entanto, uma análise de mercado é essencial para compreender a demanda regional.

O controle de custos e a implementação das melhores práticas de manejo são essenciais para garantir a lucratividade do cultivo. Em geral, o cultivo do amendoim pode ser altamente lucrativo se planejado e executado adequadamente, oferecendo oportunidades valiosas no setor agrícola brasileiro.

ARTIGOS RELACIONADOS

Vida saudável faz crescer o consumo de batata-doce

A produção de batata-doce no País foi de 805 mil toneladas, em uma área total de 57.486 ha-1, ...

Aves bem nutridas produzem ovos de qualidade

A qualidade da alimentação das aves reflete na excelência dos ovos que produzem.

Miac lança Colhedora de Mandioca

A novidade apresentada pela empresa Miac foi a Colhedora de Mandioca, que retira a cepa da raiz, produto não aceito pela indústria. Anteriormente todo...

Janela de plantio, como funciona?

O substantivo feminino “janela” tem sido utilizado para várias denotações, entretanto, é mais aplicado quando nos referimos a um vão em paredes de uma construção a meia altura que permite a entrada de ar e claridade nos ambientes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!