20.6 C
Uberlândia
sexta-feira, abril 19, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosQuais as exigências nutricionais da manga?

Quais as exigências nutricionais da manga?

Descubra como a prática da calagem e outras técnicas podem elevar a qualidade dos frutos e maximizar a produtividade

Foto: CNA

Erick Santos
agroericksantos@gmail.com
Sabrina Gomes Monteiro
sabrinamonteiro.agro@gmail.com
Engenheiros agrônomos – Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)
Harleson Sidney Almeida Monteiro
harleson.sa.monteiro@unesp.br
Engenheiros agrônomos e mestrandos em Agronomia/Horticultura – Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Embora as mangueiras possam crescer e se desenvolver relativamente bem em solos ácidos, a alta exigência pelo nutriente cálcio é determinante para a produção e qualidade dos frutos.

Portanto, a prática de calagem é recorrente, elevando o pH do solo, neutralizando o alumínio e/ou manganês trocáveis, fornecendo cálcio e magnésio às plantas, elevando a saturação de bases.

Condições específicas

Em solos ácidos, a baixa disponibilidade de cálcio pode afetar os níveis desse elemento na planta, resultando em distúrbios fisiológicos como o colapso interno nos frutos, quando os níveis ficam abaixo do crítico da planta.

Já em solos alcalinos, uma alternativa para suplementar o cálcio é o uso de gesso ou fosfogesso, que aumenta os teores de cálcio sem alterar o pH do solo.

A adoção de práticas agronômicas alinhadas às necessidades específicas das plantas em campo inclui estratégias como a fertilização de base e cobertura, considerando nutrientes como nitrogênio, fósforo, potássio, micronutrientes e a implementação de irrigação controlada.

Correção do solo

No contexto da manutenção e correção do solo em pomares já estabelecidos, uma recomendação fundamental, baseada na análise química do solo, é a aplicação de calagem e gessagem, sendo esta última uma alternativa em casos específicos.

A calagem é calculada considerando a porcentagem de saturação por bases, visando elevá-la para 80%. Além disso, sugere-se uma aplicação na cova de plantio de 100 g a 300 g de calcário dolomítico, cuja quantidade dependerá das dimensões da cova.

Por exemplo, em covas de 60 cm x 60 cm x 60 cm, pode-se ajustar a quantidade de calcário conforme necessário.

Adubação

Quanto à recomendação para a aplicação de fertilizantes, é crucial realizar análises das características do solo e avaliação do estado nutricional da planta por meio da análise foliar.

Recomenda-se o uso de parcelas, especialmente ao aplicar fertilizantes nitrogenados, associadas a práticas culturais para evitar perdas de nutrientes por lixiviação e erosão. A adubação foliar é incentivada como medida corretiva e complementar à adubação no solo.

Além disso, ao determinar a quantidade de fertilizantes a serem aplicados, deve-se levar em conta outras características da parcela, como exportação de nutrientes da safra anterior, idade das plantas, tratos culturais, presença de sintomas de deficiências nutricionais, espaçamento e previsão de produção.

A manifestação de aspectos como a redução das atividades fotossintéticas e o estresse se torna evidente no cultivo, resultando em frutos com formatos inadequados, deformados e apresentando variações significativas em textura e sabor.

Esses fatores adversos também exercem impacto direto nos rendimentos de polpa, comprometendo a qualidade geral da produção.

Qualidade dos frutos

Quando se trata da qualidade dos frutos, dois micronutrientes essenciais, o boro (B) e o zinco (Zn), desempenham papéis cruciais. São considerados os principais elementos, com uma relação direta na produção e qualidade das frutas.

A deficiência de B manifesta-se em deformações na inflorescência e em frutos de tamanho reduzido, enquanto a falta de Zn impacta na deformação da estrutura floral, resultando na emissão de panículas pequenas e de forma irregular.

Os sintomas decorrentes da deficiência de B e Zn não apenas comprometem a formação dos frutos, mas também afetam negativamente sua qualidade final.

Essas deficiências têm repercussões diretas no valor de mercado da produção agrícola, influenciando a aceitação pelos consumidores e, consequentemente, a quantidade produzida. Portanto, a atenção adequada aos níveis desses micronutrientes é fundamental para assegurar uma produção frutífera de alta qualidade e competitiva no mercado.

Limitações

A deficiência de macro e micronutrientes impõe limitações ao crescimento, desenvolvimento e produção de frutos nas plantas. Variações na textura e composição do solo, condições climáticas adversas, uso inadequado de fertilizantes e práticas de manejo inadequadas podem estar associadas à falta de conhecimento técnico.

Portanto, a realização de análises de solo e foliares, a adoção de práticas específicas para diferentes áreas, a implementação de sistemas eficientes de irrigação e drenagem, o uso de produtos sustentáveis, além de incentivos fiscais e parcerias para capacitação de produtores, constituem alternativas estratégicas para a melhoria da produção, qualidade e produtividade de mangas.

Foto: CNA

Na produção comercial de manga, diversos desafios são enfrentados, e a nutrição mineral da manga destaca-se como um deles, resultante do tipo de manejo cultural, da análise nutricional solo-planta e da seleção genética de variedades.

Entre os problemas conhecidos de desordem fisiológica, como o colapso do fruto, o “corte negro” é uma questão para a qual ainda não há pesquisas suficientes para explicar sua ocorrência.

A falta de conhecimento sobre as possíveis causas do corte negro limita o desenvolvimento de práticas eficientes de controle, resultando em alta incidência e elevadas perdas pós-colheita de mangas devido a essa desordem. Os problemas de ordem fisiológica representam um desafio decorrente do manejo nutricional do sistema.

LEIA TAMBÉM:

Dicas importantes

Na análise nutricional, é fundamental realizar avaliações por meio de análises de solo e foliares para garantir a produtividade e qualidade de cultivares, como a manga Kent.

A combinação dessas análises, aliada ao patrimônio genético e às condições ambientais, desempenha um papel crucial na redução de distúrbios fisiológicos, como a incidência do colapso interno.

Qualidade das mangas

Pode-se inferir que a garantia de uma produção de manga bem nutrida é essencial para alcançar elevados padrões de qualidade, produtividade e resistência a distúrbios fisiológicos.

O manejo nutricional adequado, baseado em análises de solo e foliares, é fundamental para assegurar o suprimento adequado de macro e micronutrientes. A implementação de práticas sustentáveis, sistemas eficientes de irrigação e drenagem, além do uso de produtos adequados, são estratégias vitais para otimizar o crescimento e desenvolvimento das mangueiras.

A seleção cuidadosa de variedades, considerando o patrimônio genético e as condições ambientais, contribui para a resistência a desordens fisiológicas, como o colapso interno. No entanto, desafios como o “corte negro” ainda demandam pesquisas adicionais para desenvolver estratégias eficazes de controle.

A promoção de práticas sustentáveis, aliada a incentivos fiscais e parcerias para capacitação de produtores, é fundamental para melhorar continuamente a qualidade e a competitividade da produção de manga. Dessa forma, a busca pela nutrição ideal é um investimento estratégico para garantir um setor frutífero saudável e sustentável.

ARTIGOS RELACIONADOS

Champignon: Os desafios impostos à atividade

AutorDiego Cunha Zied Doutor e professor - Universidade Estadual Paulista (UNESP), Centro de Estudos de Cogumelos (CECOG), campus de Dracena dczied@gmail.com O...

Ação do fosfito na produção de cebolas

Douglas José Marques Doutor e professor de Olericultura e Melhoramento Vegetal da Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS douglas.marques@unifenas.br O panorama da cebolicultura brasileira é bem...

Silício em café traz mais produtividade e menos doenças

  VandimilliAraújo Lima Graduanda em Agronomia - UFLA Daniela Andrade Mestre em cafeicultura/analista em Planejamento e Gestão Agrícola da AC Café daniela.agronomia@outlook.com   A partir de 2004 o silício (Si) foi...

Toggle – Mudando para obter maior produtividade em milho safrinha

Daniel Gehler Gerente comercial da Acadian do Brasil Lilian Saldanha Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento da Acadian do Brasil   Não seria ótimo obter maior produtividade? A Acadian Seaplants...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!