18.1 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 11, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Quanto custa produzir maçãs?

Quanto custa produzir maçãs?

 Joelsio José Lazzarotto

Pesquisador de Economia e Administração da Embrapa Uva e Vinho

Crédito Aires Carmem Mariga
Crédito Aires Carmem Mariga

Para implantar e conduzir um sistema de produção de maçã, os investimentos em máquinas, equipamentos, benfeitorias, irrigação, mudas e estrutura do pomar, em geral, variam entre R$ 30 mil e R$ 50 mil. Além disso, para que um hectare de maçã esteja plenamente formado, atingindo a máxima produção esperada, o montante total de capital associado com despesas operacionais (insumos e mão de obra, principalmente) nos primeiros anos situa-se próximo de R$ 50 mil.

Assim, pode-se assinalar que, somando-se os investimentos e as despesas operacionais iniciais, a demanda de recursos para um hectare de maçã pode variar entre R$ 80 mil e R$ 100 mil, em função das características do sistema de produção. Importante destacar que nesses valores não estão incluídos investimentos e despesas operacionais vinculadas com a etapa de pós-colheita da fruta.

Entre as diferentes propriedades produtoras, o custo de produção de maçã tende a apresentar variações bastante expressivas. Para sistemas com produtividades maiores (ex.: 55.000 kg/ha) e sem estrutura de pós-colheita, na safra 2014/15 o custo total de produção foi próximo de R$0,50/kg. Por outro lado, para sistemas com produtividades em torno de 45.000 kg/ha e com estrutura de pós-colheita, o custo total situou-se em torno de R$ 1,30/kg.

Na formação do custo total, salienta-se que ao redor de 20 e 80% correspondem a custos fixos e variáveis, respectivamente. Em termos específicos, a mão de obra é o item que mais onera o custo total, com participação oscilando entre 32 e 40%.

Retorno do capital

O tempo de recuperação do capital investido é influenciado, principalmente, por cinco variáveis fundamentais: o total investido para implantar e formar o pomar, o tempo de vida útil desse pomar, a produtividade média obtida anualmente, o custo total de produção e o preço de venda da fruta.

Assim, considerando-se um montante de capital de R$ 89 mil para implantar e formar um hectare de maçã, com vida útil estimada de 20 anos, produtividade média a partir do sexto ano de 55.000 kg/ha, custo anual de produção de R$ 28.400,00/ha e preço médio de venda da maçã sem pós-colheita a R$ 0,70/kg, o tempo de recuperação do capital seria de aproximadamente oito anos.

A maioria das atividades agropecuárias está sujeita a uma série de riscos associados à produção (ex.: clima, pragas, doenças, etc.) e ao mercado (ex.: preços pagos e recebidos pelo produtor). Especificamente para a produção de maçã, pode-se afirmar que o preço e a produtividade da fruta são as duas variáveis que podem causar maiores impactos nos resultados econômicos.

Levando-se em conta os dados do sistema de produção discutido na questão anterior (montante de capital de R$ 89 mil para implantar e formar um hectare de maçã, vida útil do pomar estimada em 20 anos, produtividade média a partir do sexto ano de 55.000 kg/ha, custo anual de produção de R$ 28.400,00/ha e preço médio de venda da maçã sem pós-colheita a R$ 0,70/kg), caso houvesse uma queda de 10% no preço médio de venda da fruta, o lucro do sistema teria uma redução próxima de 38%.

Por sua vez, para uma produtividade 10% menor do que a esperada, a diminuição no lucro seria da ordem de 27%. Entretanto, um aumento de 10% no custo da mão de obra resultaria em uma lucratividade de cerca de 12% menor que a esperada.

Com essas informações em mãos, faça as contas da sua propriedade.

Essa matéria você encontra na edição de setembro da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua.

Inicio Revistas Hortifrúti Quanto custa produzir maçãs?