21.6 C
Uberlândia
sábado, junho 22, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiQuanto custa produzir maçãs?

Quanto custa produzir maçãs?

 Joelsio José Lazzarotto

Pesquisador de Economia e Administração da Embrapa Uva e Vinho

Crédito Aires Carmem Mariga
Crédito Aires Carmem Mariga

Para implantar e conduzir um sistema de produção de maçã, os investimentos em máquinas, equipamentos, benfeitorias, irrigação, mudas e estrutura do pomar, em geral, variam entre R$ 30 mil e R$ 50 mil. Além disso, para que um hectare de maçã esteja plenamente formado, atingindo a máxima produção esperada, o montante total de capital associado com despesas operacionais (insumos e mão de obra, principalmente) nos primeiros anos situa-se próximo de R$ 50 mil.

Assim, pode-se assinalar que, somando-se os investimentos e as despesas operacionais iniciais, a demanda de recursos para um hectare de maçã pode variar entre R$ 80 mil e R$ 100 mil, em função das características do sistema de produção. Importante destacar que nesses valores não estão incluídos investimentos e despesas operacionais vinculadas com a etapa de pós-colheita da fruta.

Entre as diferentes propriedades produtoras, o custo de produção de maçã tende a apresentar variações bastante expressivas. Para sistemas com produtividades maiores (ex.: 55.000 kg/ha) e sem estrutura de pós-colheita, na safra 2014/15 o custo total de produção foi próximo de R$0,50/kg. Por outro lado, para sistemas com produtividades em torno de 45.000 kg/ha e com estrutura de pós-colheita, o custo total situou-se em torno de R$ 1,30/kg.

Na formação do custo total, salienta-se que ao redor de 20 e 80% correspondem a custos fixos e variáveis, respectivamente. Em termos específicos, a mão de obra é o item que mais onera o custo total, com participação oscilando entre 32 e 40%.

Retorno do capital

O tempo de recuperação do capital investido é influenciado, principalmente, por cinco variáveis fundamentais: o total investido para implantar e formar o pomar, o tempo de vida útil desse pomar, a produtividade média obtida anualmente, o custo total de produção e o preço de venda da fruta.

Assim, considerando-se um montante de capital de R$ 89 mil para implantar e formar um hectare de maçã, com vida útil estimada de 20 anos, produtividade média a partir do sexto ano de 55.000 kg/ha, custo anual de produção de R$ 28.400,00/ha e preço médio de venda da maçã sem pós-colheita a R$ 0,70/kg, o tempo de recuperação do capital seria de aproximadamente oito anos.

A maioria das atividades agropecuárias está sujeita a uma série de riscos associados à produção (ex.: clima, pragas, doenças, etc.) e ao mercado (ex.: preços pagos e recebidos pelo produtor). Especificamente para a produção de maçã, pode-se afirmar que o preço e a produtividade da fruta são as duas variáveis que podem causar maiores impactos nos resultados econômicos.

Levando-se em conta os dados do sistema de produção discutido na questão anterior (montante de capital de R$ 89 mil para implantar e formar um hectare de maçã, vida útil do pomar estimada em 20 anos, produtividade média a partir do sexto ano de 55.000 kg/ha, custo anual de produção de R$ 28.400,00/ha e preço médio de venda da maçã sem pós-colheita a R$ 0,70/kg), caso houvesse uma queda de 10% no preço médio de venda da fruta, o lucro do sistema teria uma redução próxima de 38%.

Por sua vez, para uma produtividade 10% menor do que a esperada, a diminuição no lucro seria da ordem de 27%. Entretanto, um aumento de 10% no custo da mão de obra resultaria em uma lucratividade de cerca de 12% menor que a esperada.

Com essas informações em mãos, faça as contas da sua propriedade.

Essa matéria você encontra na edição de setembro da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Versão ‘mini’ de frutas e hortaliças ganha espaço no mercado nacional

  Já não é mais tão raro ir ao mercado e encontrar cenouras, brócolis, tomate e cebola em tamanho reduzido, em uma prateleira reservada nos...

Variedades de cebola resistentes aos fungos de solo

Daniel Pedrosa Alves Engenheiro agrônomo, doutor em Genética e Melhoramento e pesquisador da Epagri danielalves@epagri.sc.gov.br Edivânio Rodrigues Araújo Engenheiro agrônomo e doutor em Fitopatologia e pesquisador da Embrapa Valter...

Biorreguladores antecipam a colheita

Os biorreguladores são compostos orgânicos, não nutrientes, semelhantes aos ...

Plantios direcionados aumentam a eficiência da água no cafezal

Dalyse Toledo Castanheira Doutoranda em Fitotecnia " UFLA, integrante do NECAF e GHPD " UFLA dalysecastanheira@hotmail.com   O sentido de plantio do café se destaca como um aspecto...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!