23.3 C
São Paulo
domingo, julho 3, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Rabanetes exóticos colorem prateleiras dos mercados

Rabanetes exóticos colorem prateleiras dos mercados

Carla Verônica Corrêa

Doutoranda em Ciências Agronômicas pela UNESP ” Botucatu

cvcorrea1509@gmail.com

Luís Paulo Benetti Mantoan

Doutorando em Ciências Biológicas pela UNESP ” Botucatu

luismantoan@gmail.com

O mercado dessas hortaliças pode ser tanto tradicional como diferenciado - Crédito Pixabay
O mercado dessas hortaliças pode ser tanto tradicional como diferenciado – Crédito Pixabay

O Brasil apresenta-se em destaque como o décimo maior produtor de legumes frescos, onde se inserem vários itens, como o rabanete, de acordo com o levantamento feito pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO).

A cultura do rabanete é cultivada principalmente por pequenos produtores situados próximos aos centros urbanos. É caracterizado por ser cultivado muitas vezes em consórcio com outras culturas e apreciado pelo seu ciclo rápido e excelente aceitação pelos consumidores, tanto pelo seu sabor como pela importância nutricional.

Atualmente, vem ocupando espaço entre as olerícolas diferenciadas, ou seja, aquelas que, por apresentarem diversidade de cores e formas, são comercializadas em mercados especializados, onde é possível obter preços mais elevados. Seu consumo ocorre, principalmente, na forma de saladas e conservas.

No Brasil, mais de 90% da produção e consumo ocorrem nas regiões sudeste e sul, sendo os Estados de São Paulo e Rio Grande do Sul os maiores produtores e consumidores.

Caracteriza-se por apresentar grande potencial de uso em dietas saudáveis, sendo excelente fonte de vitamina A, complexo B, cálcio (Ca), fósforo (P), potássio (K), magnésio (Mg), sódio (Na) e ferro (Fe), além de possuir propriedades que proporcionam melhoras na saúde, como bom funcionamento do sistema digestivo, atividade antioxidante, em especial os coloridos, por apresentarem antocianinas, baixa quantidade de calorias e elevada quantidade de fibras alimentares, o que torna essa hortaliça promissora comercialmente.

A cor e o formato das raízes do rabanete são características importantes no valor comercial do produto. Geralmente há maior aceitação comercial de formatos ovoides, globulares e de coloração vermelha.

No entanto, em busca dos denominados “mercados diferenciados“, outros formatos e cores de raízes vêm chamando a atenção dos programas de melhoramento dessa cultura.

Opções de plantio

Além dos convencionais rabanetes redondos, encontram-se também os de formas variadas, como o Comprido Branco, Comprido Vermelho, Serrano e Sparkler, que são algumas opções que se diferem não apenas na cor, mas também em relação ao formato, ou seja, são encontrados no mercado não apenas rabanetes redondos, mas também compridos e meio compridos.

Colocar na matéria Rabanetes exóticos colorem prateleiras dos mercados
Colocar na matéria Rabanetes exóticos colorem prateleiras dos mercados

Manejo

O manejo dessas cultivares é o mesmo dos materiais tradicionais. Assim, o produtor deve seguir as recomendações da adubação orgânica e inorgânica de sua região e de acordo com a análise química do solo.

Em geral, apresenta preferência por solos mais arenosos e bem drenados. A adubação com potássio e boro permite raízes com coloração mais intensa e com menos imperfeições (como rachaduras), além de sabor acentuado.

A irrigação é primordial, porém, não deve ser exagerada, pois quando excessiva aumenta a incidência de doenças e eleva a presença de raízes rachadas. A realização de rotação de culturas com espécies de outras famílias de olerícolas reduz drasticamente a incidência de pragas e doenças, permitindo menores perdas e redução do custo de produção.

Rabanete comprido - Crédito Luize Hess
Rabanete comprido – Crédito Luize Hess

Valor agregado

O mercado dessas hortaliças pode ser tanto tradicional como diferenciado. O mercado, como boutique de hortaliças e de orgânicos é uma excelente opção para os rabanetes coloridos.

Outro mercado são as lojas online, onde os produtos são entregues pessoalmente pelos agricultores em dias específicos da semana. Os pedidos são feitos, na maioria, pela internet. Há opções de escolher cestas prontas ou montar o próprio pacote. Os clientes, em geral, são famílias que buscam uma refeição equilibrada e, dessa forma, dispostas a pagar maiores valores.

Essa é parte da matéria de capa da Revista Campo & Negócios Hortifrúti, edição de junho de 2018. Adquira o seu exemplar para leitura completa.

Ou assine

Inicio Revistas Hortifrúti Rabanetes exóticos colorem prateleiras dos mercados