28.7 C
Uberlândia
sábado, fevereiro 24, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosGrãosResultados da safrinha comprovam eficácia da tecnologia Leptra®

Resultados da safrinha comprovam eficácia da tecnologia Leptra®

Itavor Nummer Filho

Líder de Agronomia da DuPont Pioneer Brasil e Paraguai

 

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

Novos patamares de produtividade foram atingidos por produtores das principais regiões de milho do Brasil, na safrinha 2016, com híbridos marca Pioneer® com a tecnologia Leptra® de proteção contra insetos, que apresentam excelente eficácia nas populações suscetíveis das pragas-alvo desta tecnologia, oportunizando ao agricultor mais flexibilidade e maior confiança em suas decisões de plantio.

Veja na tabela abaixo esses resultados.

tabela

Solução

Recentemente lançada no País, a tecnologia Leptra® é a melhor opção para auxiliar no controle das principais lagartas que atacam a cultura do milho, como a lagarta-do-cartucho, lagarta-elasmo, lagarta-do-trigo, broca-da-cana-de-açúcar, lagarta-eridania, lagarta-da-espiga e lagarta-rosca, pragas-alvo desta tecnologia.

A excelente proteção contra insetos lepidópteros provenientes dessa tecnologia permitiu que híbridos consagrados por sua produtividade e estabilidade, como o 30F53, 30S31 e 30F35 expressassem novamente sua capacidade produtiva, atingindo produtividades de mais de 9.800 kg por hectare em algumas áreas em condições de sequeiro.

Além disso, a adição do Tratamento de Sementes Industrial DuPont Pioneer com o inseticida Dermacor®, como uma estratégia de manejo de resistência de insetos, associando um segundo modo de ação às proteínas Bt dos híbridos com a tecnologia Leptra®, foi introduzida no mercado como forma de aumentar a durabilidade deste trait.

O papel dos técnicos e dos agricultores

Quando afirmamos que as decisões e ações adotadas hoje pelos agricultores serão responsáveis pelo destino da agricultura brasileira nos próximos anos, não estamos exagerando, especialmente se olharmos pelo prisma da biotecnologia e, mais especificamente, no contexto do manejo de resistência de insetos.

O processo de resistência de insetos encontra aliados no cultivo de áreas contínuas e extensivas com um mesmo evento ou uso exclusivo de uma mesma molécula inseticida ou fungicida, pois invariavelmente seleciona indivíduos resistentes.

Indivíduos resistentes existem naturalmente no meio ambiente, e inicialmente, quando da introdução de novas tecnologias, são raros. Porém, com o tempo, a implementação de sistemas agrícolas intensivos com adoção extensiva e contínua desses materiais favorece a multiplicação dos indivíduos resistentes, levando eventualmente à falha no controle, acarretando na perda de efetividade das tecnologias.

Hoje, no Brasil, existem 39 eventos transgênicos liberados pela CTNBio, que expressam cinco proteínas inseticidas isoladas ou combinadas, somente para controle dos principais insetos da ordem lepidóptera que causam danos nas lavouras de milho.

Dois destes eventos, e por consequência algumas de suas combinações, em menos de quatro e seis anos após sua liberação, já apresentavam falhas de controle contra a principal praga da cultura – a lagarta-do-cartucho (Spodoptera frugiperda).

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

A escolha correta

Recente pesquisa realizada junto aos agricultores nas principais regiões produtoras de milho verão e safrinha no Brasil reforça a altíssima aderência dos produtores aos híbridos de milho que expressam proteínas inseticidas.

Dentro do universo de produtores amostrados, aproximadamente 65% afirmaram que o primeiro critério para a seleção dos híbridos a serem cultivados é a eficácia do traitBt no controle da lagarta-do-cartucho do milho – Spodoptera frugiperda – e desta percentagem, 39% afirmam serem questões operacionais determinantes para a decisão.

Aflora aqui um ponto nevrálgico bem conhecido do processo decisório dentro de qualquer propriedade rural ao redor do mundo, pois são poucas as oportunidades em que uma decisão técnica necessária é compatível com o que operacionalmente é possível fazer e o que é economicamente viável.

Quando falamos que os próximos anos serão decisórios, estamos trazendo para discussão o nível de entendimento que os agricultores e técnicos, de uma forma geral, têm sobre a influência e efetividade das práticas de manejo de resistência sobre a durabilidade dos atuais traits (características ou tecnologias) Bt de controle de insetos, e o quanto é importante, apesar das eventuais dificuldades operacionais de implantação, aumentar a aderência dessas práticas de manejo pelos produtores.

Hoje, a principal preocupação dos obtentores dos traits e da indústria recai sobre a ausência de perspectiva de se comercializar um novo trait com a eficiência do evento Vip3Aa20, que compõe os híbridos com a tecnologia Leptra® no controle de Lepidópteros pelo menos não antes de 2027.

A explicação para esta afirmativa advém do fato de que se hoje uma nova proteína inseticida fosse apresentada como alternativa possível e comprovadamente eficiente em substituição às atuais, deveríamos considerar ao menos 13 anos para que todos os processos técnicos e legais necessários para a liberação comercial do híbrido que expressassem esta proteína fossem cumpridos.

Existe uma falsa impressão de que as empresas sempre apresentarão uma solução à medida que um trait falhar, mas desta vez não será assim.

Híbridos marca Pioneer® com tecnologia Leptra® de proteção contra insetos – disponível também em versão tolerante ao herbicida glifosato.

Agrisure® e AgrisureViptera® são marcas registradas utilizadas sob licença da Syngenta GroupCompany.

A tecnologia Agrisure® incorporada nessas sementes é comercializada sob licença da Syngenta CropProtection AG.

Tecnologia de proteção contra insetos Herculex® desenvolvida pela Dow AgroSciences e Pioneer Hi-Bred.

®Herculex e o logo HX são marcas registradas da Dow AgroSciences LLC.

LibertyLink® e o logotipo são marcas registradas da Bayer.

YieldGard® é marca registrada utilizada sob licença da Monsanto Company.

Poncho® é marca registrada da BAYER S.A.

Cruiser® é marca registrada da Syngenta Proteção de Cultivos Ltda.

As marcas com ®, â„¢ ou SM são marcas e marcas de serviço da DuPont, Pioneer ou de seus respectivos titulares. © 2016 PHI

 

Essa matéria você encontra na edição de outubro 2016 da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Convenção de Vendas VitalForce e TecnoBio 2015/16

  A VitalForce, com oito anos de mercado, já tem uma equipe de 14 colaboradores e 90 distribuidores no Brasil, além de duas outras no...

iSolis Brasilis inova com energia solar

  A participação da iSolis Brasilis na primeira Feira Internacional de Irrigação atraiu os olhares do público. É que a empresa lançou uma tecnologia que...

Qual o consumo de água do café?

A produção de café requer uma quantidade significativa de água.

Tratamento de sementes industrial com Demacor® é a novidade da Biogene® para esta safrinha

A partir desta safrinha, a BioGene oferece aos agricultores de milho o Tratamento de Sementes Industrial com o inseticida Dermacor®, que proporciona excelente manutenção...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!