16.6 C
Uberlândia
quarta-feira, maio 29, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasSaiba o que é exportação temporária e quais as suas vantagens

Saiba o que é exportação temporária e quais as suas vantagens

Segundo CEO da Logcomex, regime pode beneficiar empresas que desejam expandir negócios

Helmuth Hofstatter, CEO e fundador da Logcomex/Divulgação

Exportação temporária é um regime especial que regula a saída de uma mercadoria do território nacional por um período previamente determinado, ou seja, uma vez finalizado este período, a mercadoria deve retornar ao país nas mesmas condições em que foi exportada

De acordo com Helmuth Hofstatter, CEO e fundador da Logcomex, empresa que oferece tecnologia para o comércio exterior por meio de uma plataforma completa end-to-end, ajudando gestores a planejar, monitorar e automatizar o seu supply chain, uma das vantagens relacionadas a este regime é a suspensão do pagamento dos impostos. “Comprovando-se por meio de documentos que o processo é uma Exportação Temporária, é possível mandar o produto para o exterior sem pagar os tributos cabíveis em uma exportação definitiva”, explica.

Além disso, segundo o especialista, o regime garante a não incidência do pagamento dos tributos de importação no retorno da mercadoria. “Este benefício pode ser um incentivo para empresas que desejam expandir seus negócios. Afinal, ao participar de feiras internacionais o exportador pode escolher alguns dos seus produtos para enviar para eventos de promoção”, exemplifica. “Isso é algo bastante interessante para aproximar ainda mais a empresa de potenciais clientes, trazendo oportunidades reais de novos negócios.

Outra característica da exportação temporária, de acordo com Hofstatter, é a exportação temporária para conserto. Acontece, por exemplo, quando um produto precisa retornar ao país de destino para manutenção ou substituição. “Nestes casos, o bem retorna pelo regime e, finalizado o procedimento, volta para o Brasil com a suspensão do pagamento de tributos. Caso precise de substituição, o importador pode receber outro item nas mesmas condições do anterior com suspensão tributária”, conta. “O mesmo acontece no caso de aperfeiçoamento passivo, que é quando uma empresa envia temporariamente seus produtos para outro país para realizar algum beneficiamento, industrialização ou transformação”. 

Para aderir ao regime da exportação temporária, é preciso que duas empresas firmem um contrato para exportar uma mercadoria por tempo determinado. “Justamente por conta de seus objetivos específicos, o regime de exportação temporária é restrito a apenas alguns casos bastante específicos. Isso significa que, caso a mercadoria não esteja enquadrada em nenhum deles, não poderá usufruir deste regime especial”, afirma o fundador da Logcomex.

Confira situações a seguir nas quais o regime de exportação temporária pode ser usado:

  • Produto manufaturado e acabado
  • Produto acabado para fins de conserto, restauração ou melhoria
  • Produtos utilizados em feiras, competições, eventos de exposição
  • Produto utilizado em eventos educacionais, culturais, esportivos e artísticos, pesquisas científicas ou desenvolvimento tecnológico
  • Animais reprodutores em estação de monta
  • Veículos para uso do proprietário ou possuidor
  • Bens destinados a salvamento em situações de calamidade
  • Bens de apoio logístico e militar às tropas brasileiras

LEIA TAMBÉM:

VÍDEO: confira os conteúdos da Revista Campo & Negócios

ARTIGOS RELACIONADOS

Inteligência artificial ajuda a colher na hora certa

Projeto da startup Adroit Robotics com apoio da Fapesp utilizará a tecnologia Leafsense, já empregada na citricultura, para a detecção do estágio de maturação de frutos, produtividade e pragas utilizando sensores de altíssima resolução, visão computacional e inteligência artificial

Exportações do agro ultrapassam barreira dos US$ 100 bilhões pela segunda vez

As exportações brasileiras do agronegócio somaram US$ 100,81 bilhões em 2020, segundo maior valor da série histórica, atrás somente de 2018 (US$ 101,17 bilhões). Em relação a 2019, houve crescimento de 4,1% nas vendas externas do setor.

Tecnologia da irrigação visando uma cafeicultura mais sustentável

Os princípios de uma cafeicultura sustentável são custos externos e impactos indesejáveis cada vez mais minimizados, ciclo de nutrientes balanceados e perdas minimizadas.

Geocom passa a ser Natutec, marca global de drones da Koppert

No final ano passado, a Koppert Biological Systems adquiriu a Geocom, empresa pioneira em

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!