Saúde do solo brasileiro

0
14
Solo – Crédito: Shutterstock

Três especialistas focam manejo agronômico sustentável e produtivo das lavouras, com ênfase em conservação, equilíbrio e preservação ambiental

Ocorre no próximo dia 29, o painel Saúde do Solo Brasileiro, com transmissão pelo YouTube. Com apoio do Instituto Ânima de Educação, e da consultoria de informações para o agronegócio Spark Inteligência Estratégica, o encontro reúne os pesquisadores Afonso Peche, Celito Eduardo Breda e Ricardo Ralisch. Os três debatedores, reconhecidos entre os principais profissionais do País na área de solo, tratarão do manejo agronômico e sustentável de lavouras, com ênfase na conservação e preservação ambiental.

As apresentações, interativas com a audiência, abordarão avanços da pesquisa agrícola em relação à saúde do solo, mecanização agrícola e seus impactos nos sistemas de produção, estrutura de solo e fertilidade e equilíbrio funcional do solo, entre outros pontos relevantes. As inscrições, gratuitas, devem ser feitas no link www.fonteagro.com.br

O grupo de palestrantes conta com sólida carreira na atividade agrícola brasileira. Pesquisador científico do Centro de Engenharia e Automação (CEA), do Instituto Agronômico (IAC), órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, desde 1986, Afonso Peche é engenheiro agrônomo, mestre em Ciências Ambientais e também em Engenharia de Água e Solo.

Celito Eduardo Breda, hoje atuante na região de Barreiras (BA), é engenheiro agrônomo e iniciou atividades de consultoria agronômica em 1992. A partir de 2005, tornou-se pesquisador agrícola e passou a integrar o GTMR – Grupo Técnico de Manejo de Resistência do MAPA, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Engenheiro agrônomo especialista em mecanização agrícola, Ricardo Ralisch é mestre e doutor na área de Interação Solo, Máquina e Planta. Atuou até recentemente como professor da UEL – Universidade Estadual de Londrina (PR), no departamento de Agronomia, no qual coordenou projetos de pesquisa na área de Impactos dos Sistemas de Produção e outros estudos de ponta.