14.6 C
Uberlândia
quinta-feira, maio 30, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioAnimaisSoluções para proteção da silagem

Soluções para proteção da silagem

Produtos atuam na mitigação das perdas por oxidação do material ensilado e contribuem para melhoria da qualidade nutricional e digestibilidade do alimento.

Divulgação

Com foco na ampliação dos ganhos financeiros e na diminuição das perdas nutricionais dos animais, a Biogénesis Bagó apresenta três soluções para auxiliar os pecuaristas no armazenamento de silagem. Os produtos da Lallemand Animal Nutrition, que são comercializados pela companhia no Brasil, chegam ao mercado para integrar a linha Magniva, que já conta com uma gama completa de inoculantes.

Alta performance em bloqueio de oxigênio

Para iniciar a proteção nos silos, a companhia leva aos produtores o Magniva O2 Block, um filme barreira ao oxigênio de alto desempenho. O produto apresenta em sua composição o copolímero de Etileno Vinil Álcool (EVOH), que é a opção de última geração e maior eficiência presente no mercado hoje comparativamente aos demais produtos disponíveis.

“Esse produto funciona como um bloqueio ao oxigênio, sendo aplicado sobre a silagem depois que ela é compactada no silo, independente da estrutura, sendo silo trincheira ou silo de superfície. Ele contribui para bloquear a troca gasosa do silo com a atmosfera, reduzindo de forma efetiva a entrada de oxigênio a uma taxa inferior a 4 cm3/m2/24h”, explica o zootecnista e gerente de Produto da Biogénesis Bagó, Pedro Hespanha.

Com diferentes dimensões que vão de 8 a 20 metros de largura e 50 metros de comprimento, Hespanha complementa que o material do Magniva O2 Block proporciona uma silagem com menos perdas, evitando o conhecido abaixamento do silo e eliminando o apodrecimento e escurecimento da parte superior, que pode variar de 5 a 45 centímetros de profundidade ao longo de todo o silo e resultar na perda de muitas toneladas de silagem.

“Essa barreira de oxigênio tem o propósito de vedar, sendo uma excelente ferramenta para diminuir as perdas por oxidação, apodrecimento e troca gasosa do produto ensilado, melhorando sua qualidade nutricional e a digestibilidade da silagem. Com a utilização desse filme, o produtor consegue ter à disposição mais matéria seca de qualidade para alimentar o gado”, resume Hespanha.

Maior proteção e durabilidade

A Biogénesis Bagó e Lallemand também apresentam na linha de cobertura de silagem a lona Magniva Cover HP, disponível como dupla-face (preta e branca). É produzida com tecnologia de coextrusão em sete camadas, com composição de polietileno 100% virgem, oferece a menor taxa de transmissão de oxigênio do mercado e garantia de 30 meses contra raios UV.

Com taxa de permeabilidade ao oxigênio de 140 cm3/m2/24h, enquanto no mercado existem produtos que esse índice vai de 200 até superior a 2.500 cm3/m2/24h, a nova solução promove proteção física da silagem com mais leveza e praticidade de aplicação e ainda bloqueio da radiação ultravioleta por até 30 meses.

“Com diferenciais tecnológicos e uma grande resistência, a linha Magniva Cover HP se destaca como a menor taxa de transmissão de oxigênio resistência e flexibilidade de aplicação para cobertura de silagem. Nossa recomendação é que este produto seja aplicado sobre o filme Magniva O2 Block, promovendo o melhor conjunto tecnológico disponível para proteção no silo”, lista Hespanha.

Uma cobertura bem-feita

Fechando o trio de produções que possibilitam maiores ganhos com a silagem, a companhia destaca Magniva Bag, um peso de silo com formato reto e com proporção de 1 metro comprimento por 20 de largura, que oferece pressão necessária para impedir que a ação do vento interfira na qualidade e durabilidade da cobertura. 

“Essa solução é uma alternativa mais profissional para substituir os tradicionais pneus, que são posicionados acima dos silos e geram alguns problemas com o passar do tempo. Por exemplo, ao ressecar, pneus podem liberar arames que perfuram a superfície do silo, além de permitir a entrada de oxigênio. Podem inclusive cair na silagem e chegar até o animal no momento de alimentação, o que pode resultar em sérios problemas produtivos e até levar à morte”, aponta o gerente de Produtos da Biogénesis Bagó.

Hespanha frisa que o Magniva Bag contribui para mitigar a proliferação de pernilongos e insetos, que podem transmitir doenças em função do uso dos pneus. “O produto dispõe de alças que ajudam no manuseio, proporcionando praticidade e eficiência no fechamento e abertura do silo e conta com uma elevada durabilidade superior a 5 anos se manejado corretamente”, conclui Hespanha.

Sobre a Biogénesis Bagó

A Biogénesis Bagó, empresa líder nos principais mercados da América Latina, com projeção global, é comprometida com o desenvolvimento de soluções para a saúde e sustentabilidade da produção pecuária por meio da biotecnologia. A empresa desenvolve e comercializa produtos e serviços veterinários criados para garantir a saúde e melhorar a produtividade dos rebanhos bovinos de carne e leite. Conta com um portfólio de mais de 70 produtos e 650 registros em distintos países da América Latina, China e Ásia.

Com escritórios na Bolívia, Brasil, América Central, México, Uruguai e Ásia, sua sede está localizada na Argentina, com fábricas em Monte Grande e Garín (província de Buenos Aires). No Brasil, conta com uma planta fabril na cidade de Araçoiaba da Serra (SP). A empresa é a maior provedora de vacinas antiaftosa do mundo, tanto que três em cada 10 vacinas antiaftosa aplicadas na América são produzidas pela Biogénesis Bagó. A capacidade anual de produção da empresa é de 400 milhões de doses de vacinas contra febre aftosa, 30 milhões de doses de vacina antirrábica e 100 milhões de doses de vacinas combinadas.

ARTIGOS RELACIONADOS

Terminação Intensiva a Pasto (TIP) oferece bons resultados

Pesquisas promovidas com tecnologias da Connan mostram ganho de peso e carcaça em pastagens secas.

Rastreabilidade na pecuária cresce com engajamento

A pecuária brasileira tem se esforçado para implementar de forma ampla soluções de rastreabilidade e engajamento dos produtores rurais pode ajudar.

Fungicida multicultura impulsiona proteção de feijoeiro

Aplicado corretamente, a solução penetra e é redistribuída nas folhas do feijoeiro, informa a equipe técnica da empresa fabricante.

Pecuaristas do MT são remunerados por preservar florestas

Parceria entre a Liga do Araguaia e Ipam é celebrada com seis contratos nos quais produtores vão receber pela preservação da mata excedente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!