16.6 C
Uberlândia
terça-feira, maio 28, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioEventosTecnoshow COMIGO espera quase R$ 4 bilhões em propostas

Tecnoshow COMIGO espera quase R$ 4 bilhões em propostas

Seis bancos públicos e privados levam taxas e linhas de crédito ao evento, que segue até sexta-feira, 12, em Rio Verde (GO).

Divulgação

Visando fomentar o fechamento de negócios durante a 21ª edição da Tecnoshow COMIGO, feira que ocorre até sexta-feira, dia 12, em Rio Verde (GO), instituições financeiras, públicas e privadas prepararam condições especiais de crédito para os visitantes do evento. 

Ao todo, seis bancos participam com estande próprio, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Bradesco, Santander, Sicredi e Sicoob Credi-Rural, em que os agricultores e pecuaristas podem conferir as linhas de crédito disponíveis, com taxas exclusivas para a compra de insumos, automóveis e maquinários durante a feira. “É de extrema importância contar com a presença das principais instituições financeiras do país no nosso evento, pois reforça a importância da Tecnoshow como feira de negócios, onde, além de conhecer as novidades do campo, os visitantes podem efetivamente adquirir a tecnologia com melhores preços e condições”, afirma o presidente do Conselho de Administração, Antônio Chavaglia. 

O Banco do Brasil estima acolher R$ 1,6 bilhão em propostas durante a Tecnoshow. Um dos destaques da instituição será a Plataforma Broto (plataforma digital agro do Banco do Brasil), destacando as vantagens e comodidades oferecidas tanto aos produtores rurais quanto às empresas participantes, com o objetivo de impulsionar transações comerciais. Além disso, eles também apoiam o Pavilhão da Agricultura Familiar, um espaço para pequenos produtores rurais da região exporem e comercializarem seus produtos.  

Para o Bradesco, a feira é uma oportunidade para capturar as intenções de compra dos clientes e levar as propostas das empresas expositoras para uma aprovação de crédito. Nesse contexto, o banco tem como expectativa de intenções de negócios em torno de 1 bilhão de reais, que serão trabalhados ao longo dos próximos meses e, até o final do ano, espera converter até 40% das propostas de aquisições oriundas da Tecnoshow. 

A Caixa Econômica espera realizar, ao longo do evento, no mínimo 500 cadastros. Na feira, o banco oferece taxas especiais aos clientes, a partir de 3% ao ano para a agricultura familiar e 6% ao ano, também para o segmento, mas direcionado à correção de solo. Por meio do PRONAMP (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural) estão oferecendo taxa de custeio a partir de 8% ao ano.  

Já o Santander, traz para a feira o consórcio com desconto de 20% na taxa de administração para todo o período do contrato, assim como o Seguro para Máquinas e Equipamentos, com 20% de desconto no pagamento à vista para apólices fechadas durante o evento. A instituição espera um total de cerca de R$ 500 milhões em volumes negociados na feira. 

No caso do Sicoob Credi-Rural, a expectativa é comercializar aproximadamente R$ 200 milhões entre produtos de serviço e operações de crédito. O banco oferece aos visitantes da feira um financiamento de máquinas, equipamentos, veículos pesados com taxas a partir de 0,21% mais CDI ao mês ou 2,5% ao ano mais CDI, com prazo de até 60 meses e com recurso próprio da cooperativa.  

O Sicredi espera acolher, durante os cinco dias da feira, no mínimo 80 milhões de reais em negócios. Em seu estande os visitantes conferem as linhas de CPR, uma taxa de recurso da cooperativa. Além disso, o Sicredi também traz linhas de FCO, abaixo de R$ 500 mil, para ter uma maior agilidade e recursos de BNDES, os quais aguardam a abertura dos protocolos.  

 Informação técnica ao produtor  

A programação técnica da feira seguiu ao longo do segundo dia do evento, com a realização de palestras nos três auditórios dedicados à conteúdo. Na parte da manhã, o engenheiro agrônomo e consultor Técnico Brasil e Paraguai, Eduardo Salgado, ministrou a palestra “Boas práticas para altas produtividades de soja e milho”, promovido no auditório 01. 

Segundo o profissional, é essencial que o produtor desses cultivos esteja alinhado a ações como análise de solo e de nutrientes, descompactação física, uso de matérias orgânicas e contagem populacional das plantas. “São plantas totalmente distintas, com comportamentos e formas de absorção diferentes que, no entanto, o que se faz na primeira influencia na segunda”, explicou. Confira a cobertura completa da palestra no site da Tecnoshow COMIGO. 

Na parte da tarde, o doutor em comunicação pela PUC do Rio Grande do Sul, Dado Schneider, ministrou a palestra “O poder do cooperativismo”, também no Auditório 01, que reforçou a importância de explicar a importância das cooperativas para as novas gerações, pois em sua visão são os jovens quem vão levar a mensagem da importância desse modelo de negócio para a sociedade. 

“Quem está dentro do cooperativismo sabe o que é uma cooperativa, os valores, as vantagens e os diferenciais, mas o resto da sociedade não sabe. Eu acredito que se o cooperativismo se vender, no melhor sentido da palavra, para a juventude, eles vão explicar o cooperativismo para o resto da população”, afirma Schneider. A cobertura dessa palestra está disponível aqui

Ao analisar os desafios do agronegócio brasileiro frente à regularização ambiental e as atualizações da legislação europeia para a compra de alimentos produzidos em áreas sem desmatamento florestal, a advogada de Direito Socioambiental e professora Samanta Pineda participou da Tecnoshow COMIGO, nesta terça-feira (09).

Como explicou a profissional, o Regulamento (EU) 2023/1115 foi aprovado pelo Parlamento Europeu e entrará em vigor no dia 1º de janeiro de 2025, por isso, 2024 é o ano do produtor brasileiro se ajustar. “Enviamos muitos produtos para a Europa, como café e soja e seus derivados e teremos muitos problemas se não conseguirmos provar que eles não resultam de áreas desmatadas”, ressaltou Pineda. Os detalhes da palestras podem ser conhecidos no site.

Lançamento de publicações na Tecnoshow 

Vinte e uma mulheres aceitaram o desafio da consultora e mentora em negócios turísticos e agronegócio, Vanice Marques, para escrever sobre suas histórias para a segunda edição do livro “Elas e o Agro”. O lançamento da iniciativa ocorreu na manhã de hoje, 09/04, no estande do SENAR/GO, durante a 21ª Tecnoshow COMIGO.  

A obra conta histórias de mulheres desbravadoras, cujas trajetórias tornaram-se lições e inspiração para todos. O leitor vai encontrar relatos de famílias e de mulheres aguerridas, desde os povos originários e a preservação da floresta amazônica, até a construção de uma das maiores empresas do agronegócio do mundo, perfazendo os pilares da sustentabilidade ambiental, social e de governança corporativa. Mais informações sobre o lançamento podem ser lidas aqui

A manhã desta terça-feira, também foi marcada pelo lançamento do “Manual de Análises de Bioinsumos para Uso Agrícola: Inoculantes”, pela Embrapa Soja de Londrina (PR), que foi marcada pela palestra ministrada pela pesquisadora, Mariangela Hungria. 

O Manual traz resultados que abrangem principalmente as culturas de milho e soja e apresentam melhorias em rendimento, nutrição e absorção de água. “Este lançamento é um orgulho muito grande para nós. Atualmente, cerca de 35% de toda área cultivada com soja no Brasil utiliza a coinoculação da soja. Com Bradyrhizobium, por exemplo, são mais de 12 milhões de hectares”, diz a pesquisadora.  A cobertura completa está no site. 

ARTIGOS RELACIONADOS

Cultivo de tilápia cresce 3% ao ano

Para consolidar e fomentar ainda mais esse mercado, entre os dias 24 e 26 de outubro, acontece o Seafood Show, evento totalmente destinado ao pescado

Abertura da Agrishow 2024

Uma das maiores feiras agrícolas no mundo e a maior feira agropecuária do Brasil, a Agrishow reúne soluções para todos os tipos de culturas, safras, máquinas e tamanhos de propriedades, além de ser reconhecida como o palco dos lançamentos das principais tendências e inovações para o agronegócio.

O marketing no agro 4.0. Agregando valor e fortalecendo a imagem do setor

A Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABMRA) realizará o 13º Congresso de Marketing do Agro ABMRA no dia 24 de novembro de 2020, no formato online e gratuito. O tema central do evento é "O Marketing no Agro 4.0. Agregando Valor e Fortalecendo a Imagem do Setor".

Atlântica do Brasil lança linha de bioestimulantes BiocatG

A Atlântica do Brasil participa da Hortitec com estande próprio há dois anos, e neste ano lançou a linha de bioestimulantes com o advento...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!