20.6 C
Uberlândia
sábado, maio 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotícias"Tesoura genética" é aliada para produção sustentável de alimentos

“Tesoura genética” é aliada para produção sustentável de alimentos

Técnica ajuda a desenvolver cultivares que necessitam menos água e são mais resistentes a pragas e mudanças climáticas

Créditos Pixabay

Famosa nos últimos meses por sua aplicação inédita na saúde, a técnica de edição genética conhecida como CRISPR-Cas9 ou “tesouras genéticas”, que permite cortar e “reescrever” parte do código do DNA para corrigir erros, também possui aplicação na agricultura. Biotechs brasileiras estão usando essa tecnologia para ajudar a mudar o cenário da produção global de alimentos para um modelo mais sustentável.

De maneira simplificada, a edição genômica é uma técnica que permite fazer pequenas alterações no genoma de um ser vivo para um propósito específico, sem a inserção de genes de outros organismos – como acontece nos transgênicos. “Comparo a edição genética a editar um texto. Você não o reescreve ou promove grandes mudanças, apenas corta as partes com problemas, acrescenta uma vírgula e aprimora alguns aspectos para que o todo funcione melhor. A edição genômica é uma “nature-based solutions” (solução baseada na natureza), pois reproduz alterações naturais que acontecem nos genomas de todas as espécies vivas. Ou seja, não é um Organismo Geneticamente Modificado (OGM)”, resume Paulo Arruda, CEO da InEdita Bio.

Na agricultura, a edição do genômica permite corrigir e realizar pequenas modificações no genoma de uma planta, adicionando elementos reguladores que alteram a expressão de genes de bactérias, fungos e insetos, eliminando esses microorganismos e pragas. Assim, desenvolve-se plantas resistentes a pragas e doenças, reduzindo o uso de pesticidas químicos, beneficiando o meio ambiente e tornando a produção de alimentos mais sustentável.

Impacto na agricultura e produção de alimentos

A InEdita Bio criou plataformas de edição genômica para o desenvolvimento dessas biotech traits de alto valor, incluindo cultivares resistentes a pragas e doenças e mais resilientes a mudanças climáticas. Essas cultivares demandarão menos água, fertilizantes e pesticidas químicos. Hoje, a InEdita Bio tem como foco a soja e o milho, duas culturas de maior impacto global na produção de alimentos. Mas as plataformas InEdita podem ser aplicadas para o desenvolvimento de qualquer ‘trait” em

O impacto das plantas geneticamente editadas para o meio ambiente será imenso. Hoje, 70% da água doce consumida no planeta é utilizada na produção de alimentos, segundo dados da ONU. No Brasil, onde a atividade agrícola é muito intensa, esse número pode ser ainda mais expressivo. Além disso, a produção de grãos tem, atualmente, um alto custo por conta dos insumos utilizados. O Brasil, por exemplo, faz uso intensivo de pesticidas químicos para produção da soja, que somam um custo próximo dos 3 bilhões de dólares por ano. Nesse cenário, a edição genômica entra como aliado para a sustentabilidade da agricultura, como uma das soluções que levam em consideração a preservação do meio ambiente, a produtividade e a eficiência no campo.

“As técnicas de edição genômica representam uma das mais promissoras ferramentas para garantir a produção sustentável de alimentos para uma população global crescente. Não temos muitas alternativas que não o uso da biotecnologia para aumentar a produção agrícola sem aumentar o desmatamento. É por meio dessas novas tecnologias que poderemos garantir a segurança alimentar de toda a população e, ao mesmo tempo, preservar o meio ambiente e minimizar o impacto das mudanças climáticas”, finaliza Arruda.

ARTIGOS RELACIONADOS

BDMG e EMBRAPA iniciam programa de agricultura sustentável

Programa LabAgroMinas visa incentivar a adoção de novas tecnologias que reduzam as emissões de gases de efeito estufa.

Economia e sustentabilidade: produtores rurais goianos aderem à energia solar

Goiás apresenta o maior potencial para geração de energia devido ao índice de irradiação solar, segundo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPA); Empresa do setor oferta projetos e instalação de todo o sistema

FMC lança herbicida de alta performance para controle de plantas resistentes e de difícil controle na soja

Lançamento será realizado durante o Congresso Brasileiro da Ciência das Plantas Daninhas A cidade do Rio de Janeiro-RJ irá sediar, entre os dias 27 e...

Óleo brasileiro de palma – Exemplo para o mundo

José Luiz TejonMegido Conselheiro Fiscal do Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS), dirigentedo Núcleo de Agronegócio da ESPM e comentarista da Rádio Jovem Pan Existem segmentos do...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!