15.2 C
Uberlândia
domingo, julho 14, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiTNTEX - A proteção que sua lavoura merece

TNTEX – A proteção que sua lavoura merece

Crédito Ana Maria Diniz
Crédito Ana Maria Diniz

A TNTEX, empresa sediada em Fortaleza (CE), produz embalagens em TNT para proteção de frutos, por meio de barreira física, e firmou parceria com a Protfrutas, que passará a comercializar o produto nas regiões sul e sudeste do Brasil. Na outra ponta, está levando os produtos da Protfrutas para o Nordeste.

NaHortitec, a empresa cearense apresentou uma série de embalagens para proteção do fruto: o Agrotex, saquinhos de TNT com elástico em sua extremidade, funciona como barreira física contra a broca e a traça, principais pragas da cultura do tomateiro.

“A primeira grande vantagem é o não uso de defensivo agrícola. A segunda, além de proporcionar um fruto mais saudável, traz diminuição do custo de produção“, explica o empresário Mario Roberto Mezzedimi, responsável técnico pela TNTEX. Além disso, os saquinhos de TNT com elástico em sua extremidade facilitam a colocação na fruta, dispensando a amarração ou grampeamento.

Há muitos anos, Mario Mezzedimi realiza com sucesso a aplicação do TNT na cultura do melão cultivado nos Estados do Rio Grande do Norte, Ceará, Bahia, Piauí e Pernambuco.

A Universidade Federal do Ceará realizou trabalhos científicos e técnicos com os saquinhos de TNT na proteção por barreira física na cultura do tomate, comprovando sucesso nos resultados. “Além de eliminar o uso de defensivos agrícolas, também conseguimos uma média entre 21 e 25% de ganho com o uso do TNT em comparação ao tradicional plantio“, ressalta Mezzedimi.

Manejo

Na cultura do tomate, o Agrotex deve ser colocado a partir da floração até o momento em que o fruto atinge um centímetro de diâmetro. Não precisa retirar os saquinhos dos cachos, uma vez que possuem soldas laterais preparadas para não causar resistência ao crescimento dos furtos. O Agrotex não provoca nenhum tipo de alteração no sabor, na cor, no formato e no tamanho do fruto. “A barreira física de proteção é a forma mais eficaz para ter uma agricultura saudável“, conclui Mário Roberto.

Essa matéria você encontra na edição de Agosto 2017  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Pesquisadores do Instituto Phytus lançam livro e aplicativo Doenças da Soja

A equipe de colaboradores e pesquisadores do Instituto Phytus desenvolveu o livro e aplicativo “Doenças da Soja“ que reúne as principais doenças incidentes na...

Taminco e Eastman Chemical Company – O elo forte da horticultura

  Este é o 10° ano de participação da Taminco na Hortitec, e o segundo como subsidiária da Eastman Chemical Company, empresa que adquiriu a...

Manejo e ambiente ideal para cultivo de salsão

Originário da Europa, região do Mediterrâneo, pertencente à família Apiácea, a mesma da salsa, cenoura e mandioquinha-salsa, também conhecido como aipo, aipo-branco, aipo-rábano, aipo-tronchudo ou aipo-gigante, o salsão é uma hortaliça bastante cultivada nos países de clima temperado.

Nativo Agrícola e Injertec – Parceria de sucesso

A Nativo Agrícola, sediada em Pilar do Sul (SP), participará da Hortitec, levando aos visitantes suas novidades para o mercado de hortaliças. “Queremos, com...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!