22.6 C
Uberlândia
quinta-feira, abril 18, 2024
- Publicidade -
InícioEventosToledo anuncia unidade mista de pesquisa da Embrapa

Toledo anuncia unidade mista de pesquisa da Embrapa

A UMIPI vai funcionar no Biopark, parque tecnológico de Toledo, e promoverá estudos para que a empresa pública conheça a realidade e as demandas dos setores e cadeias produtivas.

O prefeito de Toledo (PR), Beto Lunitti, anunciou durante a abertura do Inovameat 2023, nesta terça-feira, 11, a instalação de uma unidade mista de pesquisa (UMIPI) da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) na cidade, focada em aves, suínos e peixes. A iniciativa de ter um braço da instituição de pesquisa na cidade foi da Embrapa Suínos e Aves, de Concórdia (PR), motivada pela concentração de produtores e frigoríficos na região oeste do Paraná. Na quinta-feira (13), o presidente da Embrapa, Celso Moretti, assina durante o evento a criação oficial da unidade de Toledo.

A UMIPI vai funcionar no Biopark, parque tecnológico de Toledo, e promoverá estudos para que a empresa pública conheça a realidade e as demandas dos setores e cadeias produtivas e também possa identificar os possíveis parceiros com quem a Embrapa poderá contar, uma vez que a UMIPI é formada por um modelo de cooperação entre instituições. “Isso permite uma soma de conhecimentos, compartilhamento de infraestrutura, de recursos humanos, entre outras necessidades. A intenção é obter resultados em comum”, secretário do agronegócio, de inovação, turismo e do desenvolvimento econômico de Toledo, Diego Bonaldo.

O chefe-geral da Embrapa Suínos e Aves, Everton Krabbe, enfatizou a receptividade dos gestores de Toledo quando procurados pela instituição. “Estar em Toledo vai facilitar a integração entre a pesquisa e as demandas dos produtores e da agroindústria. Trata-se também de uma unidade mista que pode abranger demais áreas de pesquisa da Embrapa como de tecnologias para pecuária leiteira, florestal e soja, entre outras.”

A partir da assinatura, serão levantadas as prioridades locais do setor de proteína animal para início da parceria.

Abertura

A cerimônia de abertura contou com a presença do secretário de agricultura do Paraná, Norberto Urtigara que enfatizou a pujança da região de Toledo na produção agropecuária e as perspectivas de crescimento. Compuseram a mesa o prefeito de Toledo, o vice-presidente do Sindicato Rural de Toledo, Edenilson Copini, a presidente da Acit (Associação Comercial e Industrial de Toledo), Anaide Holzbach de Araújo, além de representantes da Embrapa, BRF, Sebrae, ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) e da Câmara Municipal de Toledo.

O Inovameat Toledo vai até 13 de abril abordando bem-estar animal, inovação e sustentabilidade na cadeia da proteína animal –  bovina de corte e leiteira, suína, de aves e peixes. A programação conta com palestras, painéis e minicursos, com palestrantes de renome no agro como o professor Marcos Fava Neves, Marcos Jank, do Centro de Agronegócios Global do Insper e Arthur Igreja da FGV, além da apresentação de novas tecnologias a produtores, agroindústrias e consumidores.

Durante o evento ocorre também o Inovameat Conecta, com o objetivo de integrar pesquisadores e geradores de tecnologias a empresas do agronegócio, empreendedores e investidores. Participam das apresentações cinco unidades da Embrapa, startups via Sebrae, parques tecnológicos e universidades. O Inovameat Toledo é organizado pela Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit) e Sindicato Rural de Toledo em parceria com a FB Group-Eventos, e conta com o apoio da Prefeitura de Toledo.

ARTIGOS RELACIONADOS

Cultivar apresenta suprimentos para a hidroponia

A Cultivar pretende expandir sua atuação na comercialização de produtos e serviços direcionados para os cultivos hidropônicos, e o Encontro de Hidroponia apresentou-se uma...

Bejo a Campo inova mais uma vez

  Os visitantes puderam conferir, a campo, os resultados surpreendentes dos produtos Bejo Sementes, que nesta edição teve inúmeros lançamentos De 18 a 20 de agosto,...

Custo de produção de suínos encerra 2022 ultrapassando os R$ 8 por quilo vivo

O ano de 2022 terminou com o custo de produção por quilo de suíno vivo chegando aos R$ 8,07. Este é o maior valor já registrado pela Embrapa Suínos e Aves em sua Central de Inteligência de Aves e Suínos (CIAS).

Implemento para distribuição localizada de insumos

A Piccin Equipamentos participa do evento, que acontece de 24 a 28 de julho, em Bebedouro-SP, com uma linha repleta de alta tecnologia para o preparo de solo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!