10º Prêmio Região do Cerrado Mineiro recebe recorde de inscrições

Foram 370 amostras entre as categorias Café Natural, Fermentação Induzida e Cereja Descascado.

0
326
Foto Divulgação

O 10º Prêmio Região do Cerrado Mineiro teve novo recorde de amostras de café inscritas, totalizando 370 inscrições. A iniciativa reconhece os melhores cafés dos 55 municípios que compõem a Região, valorizando o trabalho dos cafeicultores na produção de cafés de alta qualidade, com responsabilidade e rastreabilidade, além de celebrar a safra.

O Prêmio é dividido em três categorias: Café Natural, que recebeu 194 inscrições, Cereja Descascado com 46 e Fermentação Induzida com 130 amostras recebidas. De acordo com o regulamento, cada produtor pôde inscrever até duas amostras, sendo uma na categoria Natural ou Cereja Descascado, adicionando mais uma amostra na categoria Fermentação Induzida.

“Estamos imensamente felizes por esse novo recorde de amostras inscritas. Esse resultado é fruto da atitude e, principalmente, dedicação dos cafeicultores da Região do Cerrado Mineiro. É muito satisfatório acompanhar toda a evolução que a qualidade dos cafés do Cerrado teve ao longo desses dez anos. Conseguimos elevar a média de qualidade em seis pontos, promovemos o reconhecimento de dezenas de cafeicultores que chegaram a conquistar o Prêmio do Cerrado Mineiro, colocamos esses cafés com o selo de origem nas principais cafeterias do Brasil e também no mercado internacional. São vários pontos de evolução que o Prêmio trouxe e conseguimos enxergar hoje que atingimos o propósito desde o começo da estratégia do prêmio, que foi promover a marca da região, reconhecer o trabalho dos produtores e levar o Cerrado Mineiro até os consumidores”, destaca o superintendente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Juliano Tarabal.

Etapa de Ranqueamento dos lotes finalistas

A etapa classificatória foi realizada de 19 a 24 de setembro. Já no período de cinco a oito de outubro aconteceu a etapa de ranqueamento dos lotes finalistas. Foram provados, ao todo, 103 cafés, dos quais 60 foram classificados para o Prêmio Região do Cerrado Mineiro. Esta etapa contou com a participação de árbitros convidados e os responsáveis técnicos foram o juiz internacional e Head Judge, Silvio Leite, o coordenador técnico, Dr. Leandro Paiva, do IFET Sul de Minas e o diretor da Savassi Café, Ronaldo Dantas.

De acordo com Silvio Leite, após tanto tempo sem vir ao Cerrado para provar cafés, encontrou novidades de cafés espetaculares.

“O Cerrado tem sido, a cada vez, uma grande evolução. A safra brasileira 2022 tem surpreendido em termos de qualidade. De uma forma muito transparente, os cafés tem se apresentado com muita prudência. Tivemos uma surpresa positiva nos atributos encontrados nos cafés provados como o Cereja Descascado, os Naturais e os de Fermentação Induzida. Espero que todos continuem muito dedicados e focados em mostrar a diversidade dos cafés produzidos no Cerrado Mineiro”, pontua Silvio Leite. 

Etapa Campeões Cooperativas

Já no dia 13 de outubro, começou a etapa Campeões das Cooperativas, que irá revelar, até  nove de novembro, os grandes vencedores das cooperativas, que seguem para a Etapa Regional (Campeões Região Cerrado Mineiro). A cerimônia de divulgação dos cafés premiados será realizada no dia 30 de novembro, em Uberlândia – Minas Gerais.

Serão premiados produtores do primeiro ao terceiro lugar para cada uma das categorias, tendo como competidores os melhores cafés finalistas de cada cooperativa. Os vencedores irão receber R$ 5 mil pelo primeiro lugar, R$ 3 mil pelo segundo e R$ 2 mil pela terceira posição. 

Troféu Mulheres de Atitude

Em reconhecimento ao trabalho de Atitude realizado pelas mulheres da Região, será feito um ranqueamento entre as amostras de café inscritas por mulheres, reconhecendo os três melhores cafés produzidos por mãos femininas. 

Promovido pela Federação dos Cafeicultores do Cerrado, com apoio do Sebrae Minas, o Prêmio Região do Cerrado Mineiro tem a realização das cooperativas Carmocer, Carpec, Coagril, Coocacer Araguari, Coopadap, Expocaccer e MonteCCer, integrando ainda as seis associações: ACARPA, ACA, Assogotardo, Assocafé, Amoca e Appcer como apoiadoras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!