24.6 C
Uberlândia
sábado, abril 13, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasA indústria dos organismos vivos

A indústria dos organismos vivos

Foto: Divulgação/Pixabay

Com setor agrícola cada vez mais preocupado com a segurança do produtor e também do meio ambiente, o tratamento industrial de sementes com inoculantes biológicos tem ganhado a preferência dos agricultores, pois proporciona uma produção segura e rentável. O setor de soluções biológicas para a agricultura está em uma fase de crescimento exponencial. De acordo com a CropLife Brasil, a indústria de produtos biológicos faturou somente em 2021 R$1,56 bilhão, um crescimento acima de 35% em relação ao ano de 2020. Até 2025, estima-se uma taxa de crescimento também da ordem de 35%. Mas, como funciona a produção de um insumo biológico em escala industrial e quais os seus benefícios?

Um dos métodos mais comuns no tratamento de sementes (químico + biológico) é a aplicação por máquinas de batelada. Neste processo, há muita tecnologia embarcada, onde é possível adicionar produtos de forma independente e com a exata dose por quilograma de sementes. A primeira aplicação geralmente é feita com os defensivos agrícolas que são utilizados para prevenção de pragas e doenças, logo em seguida é aplicado o polímero para homogeneizar e para proteger a próxima camada de biológicos, assim é possível criar uma camada protetora sem prejudicar os organismos vivos. 

A Novozymes foi pioneira e é referência nas tecnologias biológicas para o tratamento de sementes industriais. Um exemplo claro disso é o inoculante longa vida que a cada dia ganha mais a confiança do agricultor, pela própria tecnologia tanto pela facilidade do abra e plante diretamente. Hoje a Novozymes fornece para as melhores sementeiras dois tipos de tecnologia: a turfosa voltada para regiões mais tropicais que é o caso do cerrado e a líquida para o sul do país. Alcançar esse nível de tecnologia foi só foi possível graças a uma série de testes de campo e em laboratório que foram desenvolvidas para manutenção da vida de bactérias benéficas que ajudam o agricultor a produzir mais e melhor. Em um processo de tratamento industrial, a última etapa é a inserção de um protetor de alta tecnologia que faz proteção tanto física, quanto osmótica, o que evita a mortandade das bactérias.

Optar pelo tratamento industrial oferece várias vantagens em relação ao tratamento on farm (dentro da fazenda). Uma dessas vantagens é a economia, pois o produtor consegue colocar a quantidade correta de produto por semente. Um saco de soja, por exemplo, chega a conter 200 mil sementes. Com o sistema industrial, é possível colocar a quantidade correta de cada produto em cada semente, o que gera uma assertividade superior a 95%.

LEIA TAMBÉM:

No solo

Quando a semente começa a se tornar planta e formar as radículas, o Bradyrhizobium (bactéria inserida na semente industrialmente) inicia a simbiose com a planta. Os microrganismos, por sua vez, sinalizam às plantas que são benéficos, comunicando que se a soja fornecer nutrientes, as bactérias lhes fornecem nitrogênio, pois elas têm o poder de captar o nitrogênio do ar e fixá-lo na planta.

Para averiguar se o inoculante na semente foi corretamente aplicado, o produtor necessita coletar algumas plantas e verificar o vigor da nodulação nas raízes. Quanto maior o tamanho, número e próximo da raiz principal, melhor será a correspondência de aporte de nitrogênio da planta e consequentemente um maior potencial produtivo.

Por Nilton Sergio Jaeger da Silva Filho, representante técnico de vendas da Novozymes

ARTIGOS RELACIONADOS

Desafios na produção de sementes

Em conversas nas nossas redes sociais, percebemos que várias pessoas têm dúvidas e curiosidades sobre a produção de sementes de hortaliças. Pensando em esclarecer...

Inovação na distribuição de insumos

Atualmente, a distribuição de insumos agrícolas para promover a produção sustentável conta com diversas tecnologias inovadoras.

Exposoja 2023 mostra inovação dos vírus frente às lagartas

Maior evento do agronegócio do Piauí terá a presença da companhia líder do mercado de bioinseticidas para lagartas de alta complexidade da sojicultura: Spodoptera frugiperda, Helicoverpa spp, Chrysodeixis includens e a ‘nova’ Rachiplusia nu.

Controle de pragas da soja via sementes

Artigo da Revista Campo & Negócios aborda o controle de pragas da soja via sementes. Confira como tratá-las e qual a influência na produtividade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!