27.4 C
Uberlândia
quinta-feira, fevereiro 29, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosGrãosA Semente é fundamental na produção de milho?

A Semente é fundamental na produção de milho?

Autores

Maria Idaline Pessoa Cavalcanti
Engenheira agrônoma, mestra em Ciências Agrárias e Doutoranda em Ciência do Solo – Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
idalinepessoa@hotmail.com
José Celson Braga Fernandes
Engenheiro agrônomo, mestre em Ciências Agrárias, doutorando em Biocombustíveis – UFU/UFVJM e co-fundador da Agro+
celsonbraga@yahoo.com.br
Amanda da Silva Tavares
Graduanda em Agronomia – Centro Universitário – UNA Uberlândia e co-fundadora da Agro+

Fotos: Shutterstock

A sanidade dos grãos de milho deve merecer atenção na escolha da cultivar. Essa característica é função principalmente da resistência genética da cultivar aos fungos que atacam o grão, e está normalmente associada a um bom empalhamento. Baixa percentagem de espigas doentes e grãos ardidos são características que podem estar incorporadas à semente e representam valor agregado, pois melhor qualidade de grãos poderá significar maior preço no mercado.

Fique atento

O milho (Zea mays) é uma cultura de grande valor econômico para o Brasil. Depois da soja, é a cultura que tem maior expressividade, sendo utilizada para diversos fins. Sua produção está alinhada com diversos fatores, entre os quais a sanidade das sementes.

A sanidade está inteiramente ligada à manutenção das propriedades do mesmo, visando a garantia e permanência das suas características para uma boa germinação e, consequentemente, resultando em plantas com maior vigor e sanidade.

Para a avaliação dos grãos vigorosos, são levados em conta critérios como fatores genéticos que afetam a qualidade das sementes, relacionados ao vigor e longevidade do grão, fatores fisiológicos determinados pelo ambiente, que avaliam as fases na colheita, fatores físicos e sanitários, que buscam o efeito deletério provocado pela ocorrência de microrganismos e insetos nas sementes.

Manejo

O cultivo do milho vem provando consecutivos avanços tecnológicos ao longo do tempo. Desde a chegada de tecnologias revolucionárias, como uso de hibridação no início do século passado, até a incorporação de ferramentas de biotecnologia, adotadas nos últimos anos, o potencial genético da cultura aumentou drasticamente.

Assim, os ganhos de produtividade notados nos últimos anos têm relação direta com o desenvolvimento de materiais cada vez mais produtivos e com a adoção de práticas agronômicas eficientes.

Ao implantar uma técnica no cultivo do milho, a escolha da semente é primordial para ter sucesso na sua produtividade, e por isso deve conter um alto nível de tecnologia, junto a um manejo cuidadoso para obter sementes que garantam determinada qualidade.

Para isso, após a semente atingir seu estádio de maturação e nível de umidade em campo, ela é colhida, beneficiada e armazenada para ser distribuída para o plantio seguinte. Logo, algumas técnicas são aplicadas a estas sementes, como: após a colheita do material em campo, as sementes são beneficiadas, realizada a limpeza, secagem, tratamento e armazenamento.

A temperatura recomendada para sementes de milho deve ser abaixo de 20°C e o ambiente deve ser ventilado, respeitando a capacidade máxima do armazém. Assim, ao realizar o controle do clima é garantir a qualidade da semente.

Umidade

O grau de umidade é outro fator que influi na qualidade das sementes, pois promove e acelera a deterioração da semente. Foi verificado, através de estudos, que condições ideais para o armazenamento são quando a soma da umidade e temperatura não ultrapassa 45.

No entanto, ao levar em consideração esse cálculo, a umidade torna-se mais relevante que a temperatura. Assim, recomenda-se uma umidade de 12%, a qual estará ligada diretamente à longevidade da semente e grau de deterioração.

Local

Outro fator que contribui para a qualidade das sementes é o local escolhido para armazenagem. Este deve estar limpo, isento de pragas e patógenos que possam deteriorar a semente. Também deve ser claro, arejado e limpo, e as sementes devem estar sobre estrados, evitando o contato direto com o piso.

O espaço escolhido para a armazenagem deve ser exclusivo para sementes, evitando outros produtos. Neste espaço, diversas empresas estão optando por trabalhar em contêineres, tornando fácil seu manuseio e deixando o processo mais acessível e com baixo custo de armazém.

Custo-benefício

As sementes fornecidas por empresas idôneas trazem consigo um atestado de garantia de que em determinadas condições e manejo o produtor poderá obter uma produtividade esperada.

Portanto, segundo informativos da Embrapa, as sementes de variedades melhoradas são de menor custo e podem ser reutilizadas por alguns anos, sem diminuição substancial da produtividade. Esse tipo de semente é muito utilizada em regiões onde há poucas condições socioeconômicas e baixa tecnologia, inviabilizando a utilização de híbridos de milho.

O preço de uma saca de 20 kg de sementes de variedade varia de R$ 35,00 a R$ 45,00. No segmento da agricultura familiar e em sistemas de produção orgânica, as variedades são amplamente utilizadas e recomendadas.

Já as sementes híbridas apresentam alto vigor e produtividade na primeira geração (F1), sendo necessária a aquisição de sementes híbridas todos os anos. Os grãos colhidos e semeados correspondem a uma segunda geração (F2).

Segundo a Embrapa, dependendo do tipo do híbrido, haverá redução de 15 a 40% na produtividade, perda de vigor e grande variação entre plantas. Os híbridos simples são potencialmente mais produtivos que os outros tipos, apresentando maior uniformidade de plantas e espigas.

São também os mais caros, custando muitas vezes acima de R$ 200,00 a saca de 60.000 sementes, normalmente suficiente para o plantio de um hectare. Os híbridos triplos são também bastante uniformes e seu potencial produtivo é intermediário entre os híbridos simples e duplos. O mesmo ocorre com o preço de suas sementes.

Os híbridos duplos são um pouco mais variáveis em características da planta e espiga que os simples e triplos. O custo da semente dos duplos é mais baixo que o preço da semente dos simples e triplos.

Prado 2001, verificou que a utilização de híbridos específicos para cada nível de saturação por bases mostrou-se uma importante ferramenta para a maximização do rendimento da cultura do milho em sistema plantio direto no Cerrado. Rocha 2017, ao realizar tratamento de sementes de milho com concentração de 10% do FertBokashi Premium, constatou uma redução de patógenos presentes nessas sementes.

Vieira 2015 verificou, em seus experimentos, que sementes tratadas apresentam uma maior resistência a diversos estresses. Santos 2018, constatou em seu experimento que sementes que foram tratadas apresentaram melhores condições fisiológicas.

ARTIGOS RELACIONADOS

Biorregulador aumenta produção de látex

  Ernane Miranda Lemes Doutorando ICIAG " UFU ernane.lemes@yahoo.com.br José Geraldo Mageste da Silva Professor UFVJM/ Instituto de Ciências Agrárias " ICIAG /UFU jgmageste@ufu.br Vinicius Evangelista Silva Especialista em Nutrição e Manejo...

Panorama nacional da produção de maracujá

Fernanda P. BadizFurlaneto Doutora e pesquisadora científica da APTA/Polo Regional Centro-Oeste/UPD Marília fernandafurlaneto@apta.sp.gov.br Rosemary M. de Almeida Bertani Doutora e pesquisadora científica da APTA/Polo Regional Centro-Oeste Roseli Visentin Pós-graduanda -...

Cultivo de guaraná é exclusividade do Brasil

O Brasil é o único produtor comercial de guaraná do mundo, exceto diminutas áreas na Amazônia venezuelana e peruana. Possui uma área plantada de 10.719 hectares e para cada R$ 1,00 investido, tem-se o retorno líquido de R$ 1,02.

Produzir trigo no Brasil, mais que uma opção, uma necessidade

Fernando Mendes Lamas Pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste Fernando.lamas@embrapa.br   A população brasileira se aproxima dos 220 milhões de pessoas. A produção de grãosdeste ano, segundo estimativa da...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!