22.6 C
Uberlândia
domingo, junho 23, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosAbacate: investir no futuro é a melhor resposta às dúvidas e crises

Abacate: investir no futuro é a melhor resposta às dúvidas e crises

Foto: Adrielle Teodoro

Gervásio Pozza Filho
Jornalista – MTB 19980

De largada, tenho que confessar que sou um grande consumidor de abacate. E o motivo não tem relação com gorduras insaturadas saudáveis, com importância da fruta na saúde do coração, ou pelos benefícios, diminuindo o colesterol e a pressão arterial, pelas fibras, pelo folato, potássio, vitamina C e E, etc.

Eu consumo porque adoro qualquer prato salgado com abacate, simples assim! Feita esta sincera introdução, fico aliviado para apresentar a matéria a seguir.

Respeito ao meio ambiente

Não é segredo que o cultivo do abacate exige cuidados e estratégias para que a natureza não seja prejudicada, especialmente após um período em que o consumo teve intenso crescimento mundial. Somente nos EUA, o consumo per capita dobrou na década passada e deve chegar próximo a 5,0 kg até 2026.

No contexto ambiental, a Fazenda Campo de Ouro (FCO) investe em técnicas inovadoras e na modernização de sua infraestrutura hidráulica, de forma a respeitar o meio ambiente na produção do chamado “ouro verde” no município de Piraju (SP), região servida por clima ameno e generosa reserva de água no subsolo.

Ronaldo Morini Ferreira, CEO da Campo de Ouro e segunda geração de fruticultores da família, explica que “nosso empreendimento prioriza a qualidade e o respeito ao meio ambiente. Adotamos um modelo de gestão horizontal, valorizando a equipe de colaboradores, e mantemos um laboratório e uma biofábrica de insumos para defesa e adubação naturais”. Exemplo de qualidade, o pomar de avocado da fazenda, com apenas 3,5 anos, produz mais de 13 ton/ha.

Segundo Ronaldo, “o aumento da área dedicada ao avocado no Brasil ainda é pequena para atender a demanda já existente no país e no mundo e principalmente aquela que se espera para os próximos anos”. Ronaldo destaca que a Campo de Ouro tem investido em diferenciais tecnológicos para que seja ofertada a melhor muda para o sucesso do negócio planejado pelos clientes.

Rentabilidade do investimento

Em razão do sólido crescimento do consumo mundial do abacate nas últimas décadas, especialmente em razão dos benefícios proporcionados à saúde, o mercado da fruta experimentou um surpreendente crescimento, sendo atualmente uma das culturas agrícolas mais rentáveis do planeta, mesmo para aqueles empreendedores que a adotam para diversificação e segurança de sua produção.

Apesar da queda de consumo no Brasil, uma exceção relacionada à crise econômica e alguns fatores externos, como a guerra na Europa, é sempre importante lembrar que os três maiores mercados consumidores de abacate são os Estados Unidos, a maioria dos países da Europa e a China, regiões que produzem muito pouco a “joia da saúde”.

Segundo Ronaldo, o essencial na atividade empresarial é o planejamento, ainda mais em períodos de crises ou dúvidas. Por isso, aquela produção de abacate, planificada de forma competente, tem risco mínimo de prejuízo para um superalimento considerado imbatível na relação custo-benefício.

Foto: Adrielle Teodoro

O aumento da popularidade e demanda tornou o abacate uma unanimidade planetária, seja o tradicional guacamole em seus burritos ou tigelas de arroz, com nachos, torradas, hambúrguer ou sushis, seja em múltiplas combinações na gastronomia de todo o mundo, a fruta verde tem feito a cabeça de milhões de pessoas que valorizam a saúde e o sabor na escolha das dietas pessoais, familiares ou empresariais.

Realidade: consumidores mais exigentes

O abacate tem sido tão popular que, indevidamente, alguns agricultores e empresas privadas passaram a realizar um cultivo predatório, em desrespeito aos direitos trabalhistas, como mostram diversas reportagens do México, o maior produtor da fruta.

Porém, o consumidor, de forma geral, se preocupa com a origem dos produtos que adquire, o que tem sido muito bom. Essa tendência e consciência são fundamentais para combater ilegalidades e abusos em diversas áreas comerciais, como a da confecção em alguns países.

Dessa forma, é importante que o agricultor que vai investir ou ampliar sua produção nesse ramo se preocupe com a origem do abacate ou de suas mudas.

O futuro

Segundo Ronaldo Ferreira, demora de três a quatro anos para um abacateiro dar frutos, a partir de uma muda da variedade avocado da Fazenda Campo de Ouro. A agricultura tem variáveis constantes, como a curva de consumo, mas também as instáveis, como o clima, por exemplo, que pode interromper os padrões de crescimento.

Em relação ao mercado de abacate, especialmente o da variedade Hass, não somente o agrônomo Ronaldo, mas especialistas e profissionais das áreas agroalimentar e da saúde afirmam existir uma real e grande oportunidade de negócio, notadamente devido à popularização do avocado.

Quem consome uma vez a “fruta da vida” e gosta, o que acontece na esmagadora maioria das ocasiões, em pratos doces ou salgados, não vai deixar de incluir o abacate em seu cardápio para sempre. É amor à primeira degustação!

ARTIGOS RELACIONADOS

Brasil quer ser autossuficiente em cacau até 2025

O Brasil, que já foi o maior produtor e exportador de cacau, hoje é o sétimo produtor ...

Pior doença da bananeira

Cientistas da Embrapa Mandioca e Fruticultura (BA) estão obtendo resultados promissores com o fungo Trichoderma asperellum no controle de outro microrganismo do mesmo reino, o Fusarium oxysporum f.sp. cubense (Foc), causador da murcha de Fusarium, uma das piores doenças da bananeira, antes conhecida como mal-do-panamá.

Colheita seletiva

https://www.youtube.com/watch?v=YisANxPMnYQ

Comercialização de caqui tem queda

Os produtores paulistas de caqui relataram que, apesar da expectativa de boa colheita, a comercialização...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!