21.6 C
Uberlândia
sábado, abril 13, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasABAF lança campanha contra incêndios florestais

ABAF lança campanha contra incêndios florestais

A campanha tem como slogan “fogo não se controla sozinho, precisamos de sua ajuda para evitar grandes tragédias”.

Segundo o Corpo de Bombeiro, nove em cada 10 incêndios florestais são provocados por irresponsabilidade humana. E com a chegada das altas temperaturas e tempo seco, cresce o risco de focos de incêndios, ameaçando ainda mais a fauna, a flora, as pessoas e as cidades. Incêndio florestal é o fogo fora de controle em qualquer tipo de vegetação, seja na mata, em plantações ou em pastos.

Créditos: Divulgação

Todos os anos, esse tipo de acidente causa prejuízos não só para o meio ambiente, mas também coloca em risco o patrimônio e a vida das pessoas. Poluição do ar, redução da biodiversidade, prejuízos às nascentes e mananciais de água, morte de animais (inclusive das abelhas e outros insetos polinizadores) e problemas diversos para as pessoas e às áreas habitadas são os principais problemas causados.

Para contribuir com os demais esforços – das empresas associadas e instituições públicas – na prevenção e combate aos incêndios florestais no estado, a Associação Baiana de Florestas Plantadas (ABAF) lança na semana em que se comemora o Dia da Árvore (21/09) a campanha “Floresta em fogo é problema de todos nós” que apresenta os danos causados pelo fogo sem controle, os cuidados a serem tomados, além de informar o que se deve fazer em caso de ocorrências.

“O objetivo principal é sensibilizar a população em geral sobre a importância da prevenção e combate aos incêndios florestais, promovendo uma mudança de atitude. Queremos contribuir para a conscientização da sociedade sobre os impactos negativos ao meio ambiente e à sociedade; além de promover o engajamento social para preservação das florestas”, explica Wilson Andrade, diretor executivo da ABAF.

Esta é uma iniciativa da ABAF que conta com o apoio de diversas instituições, como Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, Federação da Agricultura da Bahia (Faeb), Associação dos Produtores Irrigantes da Bahia (Aiba) e Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia (Sema) que lidera o “Programa Bahia Sem Fogo” (BSF) e o Comitê Estadual de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais da Bahia.

“O BSF é um programa transversal que atua em caráter multidisciplinar por intermédio do nosso Grupo de Trabalho composto pela Sema, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Casa Civil, Sesab, SSP, Inema, Ibama, Polícia Militar e Polícia Civil. Estamos nessa missão desde 2010 e podemos destacar como avanços, a construção do plano de ação para atuação nos incêndios florestais, elaboração de plano de comunicação, atuação preventiva e conjunta dos entes, melhoria do fluxo de comunicação entre as unidades, monitoramento sistematizado através da emissão de boletins diários, com a equipe de campo pontuando os focos de calor principalmente nas unidades de conservação, melhoria no tempo de resposta e acionamento, aquisição de EPI´S e EPC´S, ações de fiscalização, disponibilização de aeronaves para combates, além das ações de educação ambiental e prevenção que também  realizamos nas unidades regionais. A perspectiva é de que esse GT se mantenha ativo, construindo o planejamento para as ações de 2024”, explica Daniella Fernandes, diretora do Inema.

“É muito importante essa parceria com a ABAF. Dessa forma podemos aumentar as nossas atividades preventivas, que é ainda mais primordial do que o combate, pois com a prevenção não temos os incêndios florestais e é nisso que trabalhamos de forma contínua. Nossa atuação não para, mesmo fora da Operação Florestal continuamos passando para a comunidade, principalmente das áreas mais afetadas pelos incêndios florestais, sobre os cuidados da prevenção. E quem ganha com essa parceria são os cidadãos”, explicou o coronel BM Adson Marcehsini, comandante-geral do Corpo de Bombeiros.

Para o presidente da Faeb, Humberto Miranda, a campanha chega em um momento crucial: quando se aumenta o número de focos de calor e, consequentemente, as chances de incêndio. “O mês de setembro é historicamente o de maior incidência deste tipo de ocorrência. Esta iniciativa, da qual somos parceiros, vem em boa hora para se aliar a outras ações, mas com um diferencial: o cunho educativo, conscientizando a população urbana e rural de que incêndio florestal é um problema de todos, uma vez que as suas consequências refletem diretamente em todo ecossistema. O setor agropecuário já atua ao longo do ano com ações de prevenção e monitoramento, além de orientar o produtor sobre o uso do fogo em propriedades rurais, uma prática em desuso, mas que quando executada deve seguir medidas e normas legais”, pontuou.

“Todos os anos, no período mais seco, há um aumento expressivo dos incêndios florestais, com risco à produção agrícola e ao meio ambiente; por isso entendemos que é importante unir forças, por meio dessa parceria com a ABAF”, afirma o presidente da Aiba, Odacil Ranzi. “O produtor rural já tem feito, por meio da Aiba, ações de prevenção e combate, com treinamento de brigadas e pilotos de aeronaves agrícolas que são utilizadas no combate, além de manuais e cartilhas de sensibilização e boas práticas para o uso do fogo, assim essa parceria fortalece ainda mais o que já está sendo executado”, ressalta.

A campanha – Criada pela agência Accessing Comunicação, a campanha foi dividida em duas fases: uma onde são indicados os impactos de um incêndio florestal para a biodiversidade, saúde das pessoas, economia (produtividade das colheitas, emprego e renda), abastecimento de água e preservação de mananciais hídricos.

Na outra são trabalhadas as atitudes que são as principais causas de incêndios florestais (e suas consequências): queima de lixo (pode se alastrar queimando florestas e destruindo casas); fogueiras em áreas florestais (uma pequena fogueira pode ser foco de um grande desastre); limpeza de áreas rurais com fogo (pode se alastrar queimando florestas e áreas urbanas); e bitucas acesas de cigarros (pode ser foco de um grande desastre).

Também traz um reforço na mensagem que “fogo não se controla sozinho, precisamos de sua ajuda para evitar grandes tragédias”. Em toda a campanha também são informados os principais canais de denúncia e/ou ajuda: 193 ou 0800 071 1400. Fazem parte da campanha peças gráficas em diversos formatos (outdoor, cartaz, cards para redes sociais etc.), spot de rádio, VT e panfleto informativo.    

ARTIGOS RELACIONADOS

Klabin lança monitoramento inédito

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil ...

Hercules anuncia lançamento de Motorredutor

A solução é uma inovação e foi fabricada a partir de uma necessidade do mercado

FMC lança bionematicida que aumenta a produtividade

Presence® Full é atualização de produto afamado da companhia e é recomendado para tratamento de sementes e sulco de plantio

CropLife lança versão do “Atlas do Agronegócio Brasileiro: Uma Jornada Sustentável”

O “Atlas do Agronegócio Brasileiro: Uma Jornada Sustentável”, desenvolvido pela CropLife Brasil ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!