27.7 C
São Paulo
sábado, maio 21, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Destaques Alerta para o risco de geada nas áreas produtoras de café

Alerta para o risco de geada nas áreas produtoras de café

Créditos: Marcelo Linhares

Texto por Angela Ruiz

De acordo com o agrometeorologista da Climatempo, Celso Oliveira, além da chuva, há previsão de frio. Apesar de um centro de alta pressão fraco com pouco mais de 1020 milibares, a corrente de jato em uma direção favorável ao declínio da temperatura e a presença de um ciclone extratropical em alto mar empurram a onda de frio sobre o centro e sul do Brasil.

A temperatura prevista diminuiu na simulação mais recente GFS-NOAA. Estimam-se temperaturas mínimas de 2°C em Três Pontas (MG), 3°C em Campos Gerais (MG), 4°C em Machado (MG) e 4°C em Patrocínio (MG) na quinta-feira( 19/05).

No Estado de São Paulo, estimam-se 2°C em Pedregulho e Franca, 3°C em Garça e 4°C em Caconde na quarta-feira (18/05). No Paraná, a temperatura alcança 4°C em Carlópolis, 2°C em Pinhalão e 0°C em Ibaiti no dia 18/05.

Com temperaturas previstas mais baixas, a chance de geadas aumenta em áreas produtoras do Paraná, além de baixadas, áreas de borda, em pés de café mais novos e áreas cuja a face esteja voltada para o quadrante sul na Mogiana, sul de Minas Gerais e Cerrado de Minas Gerais.

Mercado

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), baixou em 2,1% a estimativa para a produção total de café no País, na comparação com a projeção de março. Agora, o IBGE estima que a produção deverá ficar em 3,3 milhões de toneladas em 2022, ou 54,9 milhões de sacas de 60 kg, alta de 12,0% em relação a 2021.

A Conab pretende soltar o 2º levantamento do café na próxima semana. O primeiro levantamento da safra do produto divulgado no dia 18/01, mostrou uma produção esperada de 55,7 milhões de sacas de 60 quilos.

O analista de mercado e Diretor da Pharos Consultoria Mercado de Café, Haroldo Bonfá disse que na região da Mogiana e no sul de Minas, o café está vindo de uma fase de pouca chuva e temperaturas elevadas o que proporcionou um amadurecimento precoce e consequentemente uma antecipação dos cafeicultores para colher esse grão. 

“Muitos produtores de café arábica estão no campo realizando a colheita. Se a temperatura baixa se confirmar na próxima semana a ponto de acontecer geada, esse café que está sendo colhido não irá ser impactado de forma perigosa. Para os cafezais que ainda não iniciaram a colheita onde as árvores estão bem cheias, com frutos verdes, as folhas acabam protegendo o frutos e não haveria perda”, analisa Bonfá.

Curiosidade

Se na noite anterior ocorrer tempo aberto sem nebulosidade, isso favorece uma queda mais acentuada da temperatura na madrugada. Uma vez registrada a geada com formação de nevoeiro ou neblina nas primeiras horas da manhã, esse nevoeiro acaba protegendo os cafezais da luz solar. Vale lembrar que a queima do café acontece quando o gelo na folha em contato com o sol funciona como uma lente de aumento refletindo a luz solar mais intensa o que provoca a queima as folhas. 

Inicio Destaques Alerta para o risco de geada nas áreas produtoras de café