Aminoácidos eliminam estresse nas plantas

0
212

Autores

Éder Jr de Oliveira ZamparEngenheiro agrônomo e mestrando em Solos e Nutrição de Plantas – Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Bruna Cristina de Andradeandradebruna2020@gmail.comEngenheiros agrônomos e mestrandos em Proteção de Plantas – UEM

Priscila Angelotti ZamparEngenheira agrônoma e doutoranda em Proteção de Plantas-UEM

Vítor Rodrigues CordioliGraduando em Agronomia – UEM e estagiário em Solos e Nutrição de Plantas

Lavoura – Fotos: Shutterstock

O glutamato pode ser considerado um aminoácido fundamental, pois ele serve como base de formação para outros, como, arginina, prolina, glutamina e aspartato, além de ser formador da molécula de clorofila e auxiliar na nodulação e fixação do nitrogênio (Taiz; Zeiger,2013).

 A arginina participa da síntese de citocinina, tendo uma forte ação rejuvenescedora nas plantas, promovendo o crescimento radicular e podendo atuar na síntese de poliaminas que promovem um papel de defesa contra estresses (Forde; Lea, 2007).

A prolina atua na síntese de defesa antioxidante, amplificando a tolerância a estresses, aumentando o teor de açúcares e a reserva de carboidratos, além da regulação osmótica da planta (Teixeira,2017).

O triptofano atua na divisão celular, sendo um dos precursores hormonais do ácido indolacético, agente de defesa químico e promovendo a atração de seres polinizadores.

A metionina, precursora de hormônios como o etileno, responsável pela maturação dos frutos, melhora a assimilação de nitratos. A metionina é sintetizada a partir do aspartato, assim como a lisina e a treonina (Bryan, 1990).

A fenilalanina está relacionada com o metabolismo secundário, produção de lignina (juntamente com a tirosina) e flavonoides. É um composto intermediário na biossíntese de compostos fenólicos.

A tirosina, assim como a fenilalanina, faz parte da rota do ácido chiquímico, sendo um fornecedor de energia no ciclo de Krebs, doando seu grupo OH fenólico, que atua como receptor de grupos fosfato (Teixeira,2017).

Resultados com aminoácidos

A arginina 20 ppm mostrou-se eficiente para incrementar a emergência da cana-de-açúcar. Este aminoácido adicionado na solução nutritiva, substituindo uma pequena fração do nitrogênio, apresentou forte efeito positivo no crescimento da cana. A presença de arginina estimulou o desenvolvimento das células de cana em meio de cultura (Nickell; Kortschak, 1964).

A aplicação de molibdênio juntamente com aminoácidos na safra 2016/17 pode acarretar em incrementos de produtividade na soja de até 16%, segundo o professor Dr. Evandro Binotto Fagan, do Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam).

Foltran et al. (1990), com o objetivo de avaliar a adição de aminoácidos via foliar na produção hortaliças, realizaram experimento utilizando misturas em diferentes concentrações de Ajifol, onde verificaram diferenças significativas em relação a testemunha para a alface.

Malavolta (1980) referiu-se a trabalhos próprios, demonstrando que a exigência de S no tomateiro poderia ser suprida por meio do fornecimento de metionina e cisteína, dois aminoácidos que contêm o elemento.

Nas pesquisas, Lima et al. (2009) mostram que a aplicação de ureia em conjunto com aminoácidos resulta no aumento do teor de proteínas em plantas jovens de milho (Zea mays). Esse aumento do teor de proteínas é encontrado tanto na parte aérea como na parte radicular das plantas.

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.