28.6 C
Uberlândia
terça-feira, junho 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasAs plantas exsudam nutrientes para insetos úteis

As plantas exsudam nutrientes para insetos úteis

Gutação em folha de morangueiro – Créditos Wikipedia

As plantas possuem múltiplas características que afetam suas interações com organismos mutualistas e antagônicos, como as interações das plantas com herbívoros e seus inimigos naturais.

Estudiosos têm reforçado a importância de produtos de plantas (pólen, néctar floral, néctar extrafloral e secreções ricas em carboidratos) como dietas complementares para os inimigos naturais dos herbívoros. Esses produtos constituem uma rica fonte de carboidratos e proteínas que são essenciais para os inimigos naturais que auxiliam no controle de pragas agrícolas. No entanto, muitas dessas fontes são efêmeras, como é o caso do pólen ou néctar.

Gutação

A gutação das plantas é um fluido de exsudação que é secretado, na forma de gotículas, nas margens e pontas das folhas através de poros, conhecidos como hidatódios. Essas gotículas são compostas de seiva de xilema e floema. A presença de gutação nas folhas é controlada pela pressão da raiz que é afetada por fatores abióticos (temperatura ambiente e do solo, umidade relativa do ar e radiação solar) e bióticos (crescimento vegetativo e reprodutivo). O processo ocorre principalmente à noite, quando a umidade do solo é alta e a transpiração da planta é muito baixa. Insetos como abelhas ou parasitóides bebem dessas pequenas gotas.

A gutação ocorre em uma ampla gama de cultivos como arroz, trigo, cevada, centeio, aveia, sorgo, milho, tabaco, tomate, morango, pepino e mirtilo, entre outros. Além de fornecer água, também pode servir como uma fonte de alimento confiável e rica em nutrientes para insetos, conforme estudo de pesquisadores da Universidade de Valência, do Instituto Valenciano de Pesquisa Agrícola e da Universidade Rutgers.

Os pesquisadores usaram frutíferas silvestres para seu estudo, demonstrando que as gotículas de gutação contêm carboidratos e proteínas. Insetos de três comportamentos diferentes foram estudados (herbívoro, parasitoide e predador) e todos aumentaram a sua longevidade e fecundidade quando alimentados com as gotículas de gutação, em comparação com aqueles alimentados com água.

Ao contrário do néctar, a gutação está presente nas folhas durante todo o ciclo das plantas, que são visitadas por inúmeros insetos de diferentes ordens. O aspecto mais positivo do estudo é que, nas plantas com gutação, aumentou o número de predadores e vespas parasitóides.

O fato da gutação se manifestar durante todo o ciclo da planta pode ser crucial para a conservação de insetos benéficos, inimigos naturais e polinizadores, por consistir em uma fonte alternativa de alimento quando o pólen ou o néctar das flores são escassos.

Perspectivas

Os resultados do estudo acima mencionado fornecem a primeira evidência de que a gutação de plantas é uma característica importante, mas pouco explorada, com profundas implicações em suas interações com insetos em ecossistemas manejados e naturais. O estudo tem implicações agronômicas importantes, porque foi constatado que as plantas com gotículas de gutação dobraram a abundância de insetos benéficos, como vespas parasitóides e predadores, que atuam no controle biológico de pragas.

Está aberto um novo campo de pesquisa para melhorar a eficiência de serviços ecossistêmicos, como a polinização ou o controle biológico de pragas.

ARTIGOS RELACIONADOS

A renovação de cafeeiros em áreas contaminadas

Autores Jade Cristynne Franco Bezerra Engenheira florestal e mestranda em Agronomia/Produção Vegetal – Universidade Federal do Paraná (UFPR) jadefranco9@gmail.com Claudia Maia Andrade  ...

Nutrição e proteção de mudas florestais com cupinicida + MAP

Autores Iací Dandara Santos Brasil Tarcila Rosa da Silva Lins Ernandes Macedo da Cunha Neto Engenheiros florestais e mestrandos em Engenharia Florestal - Universidade...

Formação de mudas de repolho: Técnica exige cuidados

Autores Herika Paula Pessoa Engenheira agrônoma, mestra e doutoranda em Fitotecnia – Universidade Federal de Viçosa (UFV) herika.paula@ufv.br  Ronaldo Machado Junior Engenheiro agrônomo,...

Quais as técnicas de corte ampliam produtividade?

Autor Luís Paulo Benetti Mantoan Biólogo e doutor em Ciências Biológicas/Fisiologia Vegetal - UNESP-Botucatu luismantoan@gmail.com Carla Verônica Corrêa Engenheira agrônoma e doutora em...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!