27.1 C
Uberlândia
domingo, fevereiro 25, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosGrãosBactérias reduzem custos do feijão em 12%

Bactérias reduzem custos do feijão em 12%

O uso de bactérias para a inoculação do feijoeiro reduz em 75% a utilização de fertilizantes nitrogenados nas lavouras e diminui os custos de produção em 12%, segundo uma pesquisa realizada na Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” da Universidade de São Paulo (Esalq/USP). De acordo com o pesquisador Bruno Ewerton da Silveira Cardillo, além de aumentar os custos, os nitrogenados causam a contaminação dos rios, lagos e lençóis freáticos.

“Quando adubamos, gastamos muito, 80 kg de nitrogênio por hectare. Ao invés de utilizar essa quantidade, usei as bactérias e economizei 60 kg, utilizados em cobertura da planta. Na base de plantio e em todos os tratamentos eu usei 20 kg, ou seja, economizei 60 kg de nitrogênio por hectare”, explica.

Comparação

Nesse cenário, o trabalho comparou a adubação da planta de feijão, utilizando fertilizantes nitrogenados, com a inoculação utilizando as bactérias Azospirillum brasilense, que promove o crescimento da planta, e Rhizobium tropici, associada à fixação biológica do nitrogênio. “Como resultado, eu tive que a aplicação na semente ou no suco de semeadura e a inoculação com Azospirillum produziu a mesma quantidade de quando eu adubei”, completa.

A tese foi desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia com orientação da professora Ana Dionisia da Luz Coelho Novembre, do Departamento de Produção Vegetal (LPV). “Em números, a produção adubada pode até produzir mais, mas nas questões ecológicas e monetárias, se corre menos risco, desde que bem feita a inoculação”, finaliza o pesquisador responsável pelo estudo.

ARTIGOS RELACIONADOS

O que fazer após as geadas

Estamos muito tristes por todos os produtores afetados pela geada. Sabemos o trabalho ...

Adubação biológica alcança 2,4 milhões de hectares na América Latina

  A agricultura brasileira tem obtido ganhos de produtividade nos últimos 10 anos e, como resultado, o país vai produzir mais de 200 milhões de...

A produtividade do milho depende de nutrientes bem aplicados?

Samuel Guerreiro, diretor técnico da Brandt do Brasil, explica como enxofre e potássio podem elevar a qualidade das plantações A agricultura não depende apenas de plantação,...

A oportunidade para produtores de grãos em um mercado diferenciado

A era da informação traz como consequência o aumento do interesse dos consumidores pela qualidade e pela origem dos alimentos. Com isso, valores como a rastreabilidade, composição nutricional e sistemas de produção diferenciados passam a ser cada vez mais importantes para o consumidor final.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!