26.6 C
Uberlândia
quarta-feira, abril 24, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesBenefícios e malefícios do café

Benefícios e malefícios do café

Bebida é um grande aliado na luta contra a diabetes tipo 2, Parkinson e Alzheimer

O Dia Nacional do Café, no Brasil, é comemorado todos os anos em 24 de maio, data importante para lembrar que o consumo do tradicional cafezinho e dos suplementos de cafeína deve ser visto com algumas ressalvas. Os efeitos da bebida para a saúde podem ser muito positivos, mas é necessário limite, pois seu uso excessivo gera efeitos colaterais prejudiciais. 

“Além de ser saboroso e rico em antioxidantes, vitaminas e minerais, o café melhora a concentração, a atenção, memória, aprendizado e o humor, devido ao efeito estimulante”, ressalta a nutricionista Karen Dantas.

Créditos: Divulgação

Ela informa mais razões para ter na sua mesa essa bebida popular. “Estudos apontam que o café é um grande aliado na luta contra algumas enfermidades, como a diabete tipo 2, Parkinson, Alzheimer e na redução de doenças crônicas. Algumas das propriedades do café incluem, além da presença de cafeína, antioxidantes, como o ácido clorogênico e nutrientes como magnésio e vitamina B3.”, salientou.

A nutricionista destaca também que a bebida aumenta a energia, auxiliando, inclusive, na prática de esportes. “Melhora o desempenho físico e a disposição, além de ser apreciado em diversas ocasiões, como reuniões com amigos ou no trabalho, trazendo prazer e satisfação”, enfatiza a especialista, que também é professora do curso de Nutrição da UniFTC Juazeiro. 

Quantidade segura da cafeína

Karen completa dizendo que não existe problema tomar café diariamente, mas é necessário, em alguns casos, limitar o consumo. “O excesso, como para todos os alimentos, é prejudicial. Mulheres grávidas ou que amamentam, crianças e pessoas sensíveis à cafeína devem beber em equilíbrio. O café não é a única fonte de cafeína. Outras bebidas e alimentos também podem contribuir para o consumo diário”. 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) preconiza que os suplementos de cafeína devem ser utilizados com cautela e sempre com acompanhamento de um profissional de saúde, pois o uso excessivo pode causar efeitos adversos à saúde. 

De acordo com a Anvisa,o limite de uso seguro recomendado de cafeína varia de pessoa para pessoa, mas a maioria dos adultos pode consumir até 400 miligramas por dia, o que equivale a cerca de 4 xícaras de café, a depender do modo de preparo. As crianças (a partir de 2 anos) e adolescentes, 100 mg de cafeína (1 xícara), gestantes e lactantes, 200 mg (2 xícaras) e sensíveis ao composto químico, de 100 a 200 mg. 

Por outro lado, abusar do café pode causar problemas para a saúde. “A ingestão superior geralmente causa efeitos colaterais como ansiedade, irritabilidade, insônia, e aumento da frequência cardíaca. Para saber se o café está fazendo mal, observe se a bebida está causando dores de cabeça, desconforto gastrointestinal e aumento da pressão arterial”, explicou a professora da faculdade em Juazeiro, Karen Dantas. 

Curiosidades

O café é a segunda bebida mais consumida no mundo, depois da água. O Brasil é o maior produtor mundial, além disso, o produto é uma importante fonte de emprego e renda em muitos países, e existe uma ampla variedade de métodos de preparo e tipos de grãos de café.

ARTIGOS RELACIONADOS

Coffee of The Year 2019: Inscrições vão até 18 de outubro

O melhor café especial do Brasil será revelado na Semana Internacional do Café, entre os dias 20 e 22 de novembro, em Belo Horizonte Em 2018, dois capixabas...

Vantagens do gotejamento para o café

  Em tempos de escassez de água, a tecnologia empregada à irrigação tem se mostrado uma das alternativas mais eficientes   A irregularidade na distribuição das chuvas...

Período de frutificação do café requer manejo nutricional e fitossanitário

  Fornecimento de nutrientes minimiza efeitos causados por estresses ambientais como o excesso de chuvas Os resultados de qualidade e produtividade do café dependem de um...

Variedades de café resistentes a doenças estão disponíveis para o produtor

Fundação Procafé passa a fornecer mudas de café imune à ferrugem e outras doenças. Produzir de forma sustentável, em harmonia com o meio ambiente,...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!