23.1 C
São Paulo
quinta-feira, janeiro 27, 2022
- Publicidade -
- Publicidade -
Inicio Destaques Bioestimulantes potencializam a absorção de nutrientes

Bioestimulantes potencializam a absorção de nutrientes

Maria Idaline Pessoa Cavalcanti Engenheira agrônoma e doutoranda em Ciência do Solo – Universidade Federal da Paraíba (UFPB)idalinepessoa@hotmail.com

Anne Carolline Maia Linhares Licenciada em Ciências Agrárias e doutoranda em Ciência do Solo – UFPBanemaia-16@hotmail.com

Plantio – Crédito Shutterstock

Diversas tecnologias e práticas de manejo têm sido utilizadas para incrementar a produtividade do milho e soja. Entre tais práticas, destaca-se o uso de bioestimulantes, que são compostos oriundos da mistura de dois ou mais reguladores vegetais, sendo eles auxina, citocinina e giberelina, além de aminoácidos, nutrientes e vitaminas que, em conjunto, agem na diferenciação, divisão e alongamento celular, promovendo maior tolerância a estresses bióticos, melhorando o desenvolvimento da parte aérea e do sistema radicular das plantas e podem ser aplicados diretamente nas plantas ou em tratamento de sementes.

A utilização de bioestimulantes potencializa a produção, pois eles agem como ativadores metabólicos, potencializando a absorção de nutrientes e ajudando na estruturação celular, seja ela na vegetação, na florada ou no restabelecimento da planta sob uma situação de estresse hídrico ou térmico.

Os bioestimulantes, quando aplicados preventivamente, permitem que a planta se restabeleça mais rapidamente, pois fornece energia para que ela utilize de forma eficiente e nos momentos de maior necessidade.

Estudos têm indicado que a aplicação de bioestimulantes favorece a absorção e a assimilação de nutrientes pelas plantas, levando à maior produtividade de proteína. Contudo, a influência dos fitohormônios na absorção e transporte de íons pode ser diversa e dependente de vários fatores, incluindo a época de aplicação.

Porém, o transporte de íons pode ser regulado pelos fitohormômios devido aos seus efeitos na abertura e fechamento de canais iônicos nas membranas celulares.

Um bioestimulante comercial, por exemplo, contém os fitohormônios auxina, citocinina e giberelina e é aplicado visando à melhoria da eficiência do uso de nutrientes pelas plantas, responsáveis por estimular processos naturais de nutrição para melhor absorção de tais elementos. Caracterizam-se, então, como uma maneira sustentável de aperfeiçoar a produção de sistemas de cultivo, diminuindo o uso de insumos químicos.

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.

Inicio Destaques Bioestimulantes potencializam a absorção de nutrientes