20.6 C
Uberlândia
sexta-feira, abril 19, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesBioprodutos minimizam efeitos adversos de condições climáticas

Bioprodutos minimizam efeitos adversos de condições climáticas

Produtora do interior de São Paulo dá exemplo de plantação bem sucedida com o uso de produtos biológicos

Na acolhedora Pirapozinho, cidade no sudeste de São Paulo, mora a produtora rural Lucy Mara Rocha de Souza, uma apaixonada pela agricultura. Todos os dias, ela e seu pai seguem para a propriedade rural da família, localizada no município vizinho, Álvaro Machado. É lá, que ela e seu pai, dedicam a maior parte dos seus tempos ao cultivo de batata doce, milho e soja. Lucy tem uma característica marcante que a faz uma agricultora especial: é uma entusiasta por experimentos científicos e está sempre em busca de novas soluções para aprimorar suas culturas.

Recentemente, a produtora resolveu dar um passo adiante no que se refere a novidades tecnológicas e decidiu adotar produtos biológicos em sua lavoura. Ela encontrou como parceira nessa busca de soluções inovadoras a Agrivalle, indústria referência em bioinsumos. Segundo Lucy, essa parceria trouxe resultados muito positivos e cita como exemplo a produção de espigas de milho, que teve um incremento de aproximadamente 19% em sua propriedade.

Créditos: Divulgação

Ela conta que quando iniciou o plantio de milho e soja, há dois anos, não conhecia nem havia experimentado os bioinsumos, mas tão logo começou a utilizá-los percebeuuma grande diferença. “As plantas tratadas com os produtos da Agrivalle tiveram um estande de plantio mais rápido e se mostraram mais saudáveis e menos deficientes em nutrientes. Além disso, elas enfrentaram melhor os momentos de estresse hídrico”, relata.

Ela conta ainda que nesta região do Estado os agricultores enfrentam períodos de estresse hídrico entre março e maio, principalmente. No entanto, com o uso dos produtos biológicos, ressalta que conseguiu minimizar os efeitos adversos dessas condições climáticas desafiadoras.

“Por exemplo, na cultura do milho, apesar do frio, tivemos uma baixa incidência de cigarrinhas, o que resultou em um menor infestamento em comparação ao ano anterior. Além disso, as plantas tiveram um crescimento excepcional e se mantiveram saudáveis, sem apresentar doenças”, explicaLucy Mara.

Protocolo de plantio

Francisco Gheler, engenheiro agrônomo e consultor técnico da Agrivalle, acompanhou todo o processo de experimentação na propriedade da Lucy Mara. Ele conta que propôs a ela um protocolo de plantio e aplicação foliar com o uso de bioprodutos. A proposta levou em consideração a época ideal para o cultivo da safrinha de milho (março) proporcionando num excelente resultado.

Na plantação foram utilizados diversos bioprodutos, destacando-se o Profix, um bionematicida que controla nematoides, o Shocker, um biofungicida para doenças do solo, e o Bioestimulante Raizer, que melhora o aproveitamento de nutrientes e a tolerância climática. 

Créditos: Divulgação

De acordo com o engenheiro agrônomo, o plantio com esses bioprodutos resultou em germinação mais rápida das sementes que trouxe satisfação à produtora. Ele conta também que, durante o desenvolvimento da cultura, foram utilizados dois importantes bioinseticidas, o Auin, para controle de insetos, e Twixx-A, para doenças foliares, além do bioestimulante Algon, para estimular o crescimento e enchimento dos grãos. 

Gheler fala que ficou feliz com os resultados e,principalmente, em ver a satisfação de Lucy e de seu paino experimento dos bioprodutos da Agrivalle. “O impacto na lavoura de milho foi tão positivo, que eles resolveram fazer experimentos também na produção de Batata doce, com perspectivas para a plantação de soja”, ressalta. 

De acordo com ele, além dos resultados, os bioprodutos da companhia se destacam pela facilidade de uso, pela fácil solubilidade e por serem compatíveis com outros produtos químicos. “Essa parceria entre a Agrivalle e dona Lucy evidencia na prática o poder das soluções sustentáveis, proporcionando qualidade e rentabilidade no campo”, explica.

Outras culturas

Motivada pelos resultados positivos obtidos na lavoura demilho, Lucy realizou um pequeno teste na batata doce, com bons resultados, e agora planeja incorporá-los também na cultura da soja. “Dona Lucy Mara é um exemplo inspirador de como a adoção de bioprodutos na agricultura pode trazer resultados surpreendentes. Sua paixão pela lavoura e sua busca incansável pela excelência refletem-se no sucesso de suas plantações” ressalta Gheler. 

Ele afirma que outros produtores rurais podem seguir o exemplo de Lucy ao comprovarem os benefícios dos produtos biológicos bem como aproveitar o conhecimento e a experiência da equipe da Agrivalle para impulsionaremo sucesso de suas lavouras.

Sobre os bioinsumos, Lucy faz uma analogia entre plantas saudáveis e crianças imunizadas. Ela entende que, assim como crianças imunizadas se tornam adultos saudáveis,uma planta sã, desde o início de seu desenvolvimento, será mais resistente, robusta e bela. “E isso é exatamente o que vejo em minhas plantações de milho, que apresentaram espigas volumosas, completas e vigorosas ao utilizar os bioprodutos”, compara.

ARTIGOS RELACIONADOS

Efeito das substâncias húmicas na abobrinha

Descubra como as substâncias húmicas podem potencializar o crescimento e desenvolvimento saudável da abobrinha

Ácidos húmicos: efeitos diretos nas plantas

Os ácidos húmicos proporcionam maior crescimento nas plantas e melhor capacidade de resposta a estresses ambientais.

Bioinsumos auxiliam plantas danificadas por condições climáticas

Tecnologias atuam na prevenção de estresse oxidativo e recuperação pós-estresses em lavouras e pomares.

Alfaces tolerantes são mais indicadas para condições de chuvas

As alfaces tolerantes revelam seu protagonismo em meio às chuvas, resistindo com maestria às adversidades climáticas e prosperando em condições desafiadoras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!