24.6 C
Uberlândia
quinta-feira, abril 18, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasBrasil está mudando a agricultura através do solo

Brasil está mudando a agricultura através do solo

Estamos desmistificando que a biologia molecular é um assunto tratado em laboratórios.

O aumento da demanda por alimentos e o crescimento populacional impõem desafios à produção agrícola, mas também criam oportunidades para inovação e sustentabilidade. O Brasil busca práticas agrícolas eficientes para preservar o meio ambiente diante das mudanças climáticas, manipulação de solos e perda de biodiversidade, destacando-se em “tecnologias verdes” como os bioinsumos.

Créditos: Divulgação

A startup GoSolos, fundada em 2022 pelos criadores da GoGenetic, destaca-se na identificação genética do solo, uma pesquisa inovadora. Sua equipe de microbiologistas e agrônomos visa comprovar a eficácia de práticas de manejo e biofertilizantes, analisando a microbiota do solo e seus microrganismos. A plataforma GoSolos sobressai ao examinar amostras de solo para avaliar a contribuição para a saúde das plantas, ciclagem de nutrientes e identificação de patógenos.

“A missão da GoSolos é justamente mostrar o universo gigantesco que existe embaixo da terra e usar essa informação a favor do agricultor. Estamos desmistificando que a biologia molecular é um assunto tratado em laboratórios e nos meios acadêmicos. Queremos que os produtores conheçam e entendam de maneira simplificada todo o ciclo produtivo de uma planta, evidenciando primeiro a importância da biologia do solo, antes de iniciar qualquer plantio.”, resume Vânia Pankievicz, CEO da GoSolos.

O mercado global de insumos biológicos está em crescimento, com o Brasil desempenhando um papel significativo devido à sua vasta produção agrícola. As vendas de produtos biológicos no país aumentaram 30% em 2023, atingindo cerca de R$ 4 bilhões, segundo a CropLife Brasil. A Embrapa Soja prevê que o mercado nacional de bioinsumos alcance R$ 16,9 bilhões em 2030. A identificação genética do solo, realizada por meio de microbiologia de precisão e sequenciamento genético de amostras pequenas, revela as sequências de DNA de bactérias e fungos em uma área específica. 

“Recolhemos informações gerais do produtor, como quais insumos foram utilizados, quais as características físico-químicas do solo, as condições climáticas da região e os cultivos anteriores. Assim, cruzamos esses dados com a análise biológica da área, gerando conhecimento com sugestões de manejo, usando a precisão da genética. O resultado é o avanço da produtividade por área plantada e a mitigação consistente de doenças”, analisa.

ARTIGOS RELACIONADOS

Juntos para fortalecer a criação de abelhas no Brasil

Por meio da iniciativa conjunta, instituições ampliam contribuição para a profissionalização e o desenvolvimento sustentável das atividades

Corteva Agriscience anuncia nova liderança para o Brasil e Paraguai

Ana Claudia Cerasoli assume a presidência da empresa para o Brasil e Paraguai. Roberto Hun torna-se o Líder Global de Integração da Stoller.

Deficiência de potássio afeta peso da soja

A deficiência de potássio pode afetar significativamente o peso da soja, já que esse nutriente é essencial para o seu crescimento e desenvolvimento saudável.

Votorantim Cimentos apresenta Viter, nova marca da sua unidade de negócios de insumos agrícolas

Empresa amplia seu portfólio de produtos com o lançamento da linha Optmix, mix calcário e gesso que renova o potencial produtivo do solo até as camadas mais profundas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!