22.6 C
Uberlândia
quinta-feira, abril 18, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosCebolinha verde resistente à ferrugem

Cebolinha verde resistente à ferrugem

Diversas doenças incidem sobre a cultura da cebolinha-verde, entre elas a ferrugem.

Leandro Luiz Marcuzzo
PhD em Fitopatologia e professor – Instituto Federal Catarinense – IFC/Campus Rio do Sul
leandro.marcuzzo@ifc.edu.br 

Jaqueline Carvalho
Engenheira agrônoma – IFC/Campus Rio do Sul

Diversas doenças incidem sobre a cultura da cebolinha-verde, entre elas a ferrugem, causada por Puccinia porri (Sowerby) G. Winter (sin. Puccinia allii). Ela é uma das principais doenças da cultura, comumente encontrada em todas as regiões produtoras e promove a destruição da parte aérea, tendo como consequência a redução da produtividade.

Crédito: Leandro Marcuzzo

Forma de controle

A resistência genética é um dos principais métodos de controle, por não haver custo e pela sua fácil utilização, porém, escassas são as informações sobre a resistência de cebolinha-verde à ferrugem no Brasil e em condição de pressão da doença.

Portanto, o objetivo deste trabalho é avaliar o comportamento de genótipos de cebolinha-verde quanto a sua resistência à ferrugem.

Inovação

O experimento foi realizado em propriedade agrícola com histórico natural da doença na cultura de cebolinha-verde localizada no município de Lontras (SC), COM coordenadas geográficas aproximadas à latitude de 27º10’S, longitude de 49º30’W e altitude de 360 metros do nível do mar.

Os tratamentos constituíram-se das cultivares Konatsu, Natsu e Nebuka, dispostas em delineamento de blocos casualisados com quatro repetições. As repetições continham 50 plantas dispostas em cinco filas de 10 plantas.

A severidade final da doença foi baseada em escala diagramática proposta por Azevedo (1997) e foi avaliada aos 80 dias após transplantio, no momento da colheita separando as folhas totais e comerciais.

Os dados de severidade foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5%. Constatou-se que o cultivar Nebuka diferiu estatisticamente dos demais, apresentando severidade abaixo de 1% para folhas totais e comerciais.

A cultivar Konatsu apresentou 11,3% de severidade, sendo superior aos demais. Natsu não diferiu de Konatsu e Nebuka para folhas totais. Nebuka e Natsu não diferiram na severidade em folhas comerciais.

Conclui-se que o genótipo Konatsu é mais suscetível à ferrugem na cebolinha-verde.

ARTIGOS RELACIONADOS

Nova tecnologia contra ferrugem e nematoides

Com um portfólio completo para as mais variadas culturas e regiões produtoras, a IHARA, especializada em tecnologias para a proteção de cultivos, estará no IX Congresso ANDAV....

ADAMA: Campanha #BomDeSoja e novidades em seu portfólio

O Show Rural Coopavel está entre os três maiores eventos do agronegócio no mundo e espera público de mais 250 mil visitantes Londrina, 31 de janeiro de...

Fosfito retarda o aparecimento da ferrugem da soja

David Willis Freitas Graduando em Agronomia " Universidade Federal de Lavras (UFLA) Guilherme Vieira Pimentel Doutorando em Fitotecnia - UFLA   A ferrugem da soja (Phakopsorapachyrhizi) vem sendo a...

Embrapa lança cultivar de soja resistente à ferrugem

Lançamento: Nova cultivar de soja convencional com alta produtividade e resistência à ferrugem asiática.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!