27.2 C
Uberlândia
segunda-feira, julho 15, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiCenário atual da cultura da batata e os principais desafios

Cenário atual da cultura da batata e os principais desafios

Alison Rampazzo Líder de Portfólio da Linha Hortifruti da Corteva Agriscience

Batata – Crédito: Shutterstock

A batata é um dos alimentos mais consumidos do planeta e o tubérculo é plantado em mais de 130 países, cobrindo cerca de 20 milhões de hectares, que resultam na produção de mais de 400 milhões de toneladas de batatas por ano.

No Brasil, estima-se que existam 100 mil hectares da cultura espalhados por diversos estados do país, gerando uma produção de 3,8 milhões de toneladas. A maior parte desta produção é comercializada in natura, sendo em torno de 25-30% destinados ao processamento industrial, nas formas de pré-frita congelada (500 mil ton), chips e batata palha (250 mil ton).

Consumo per capita no Brasil

Fonte: ABBA 2020

Mais produtividade

No Brasil, são cerca de dois mil produtores, que geram mais 30 mil postos de trabalho diretos e indiretos. A cadeia produtiva da batata tem um papel importantíssimo com PIB, entre R$ 4 e R$ 5 bilhões, até a porteira da propriedade do agricultor.

No entanto, os desafios até chegar à mesa do consumidor com qualidade são grandes. Para isso, todo o processo produtivo, desde a escolha da batata semente até a colheita e lavagem, são críticos para o sucesso da operação.

Vale destacar que no cenário atual da cultura, fatores como: qualidade da semente, manejo do solo, irrigação, fitossanidade e mecanização, são os destaques para melhoria dos tetos produtivos. Por outro lado, alguns fatores corroboram como negativos para ganho de produtividade, como as pragas (larva-alfinete, larva-minadora, mosca-branca), doenças (requeima, canela preta, sarna comum, fusariose, e pinta-preta), material genético de baixa qualidade, alto custo de mão de obra, e até mesmo falta de crédito.

Viabilidade

[rml_read_more]

A cultura da batata no Brasil é voltada basicamente para o consumo doméstico (mercado interno), diretamente ligado à oferta e demanda do mercado. Neste sentido, a relação de rentabilidade para o produtor tem sofrido significativa volatilidade.

Uma maior exigência dos consumidores pela classificação da batata no mercado quanto às aptidões culinárias (qualidade intrínseca das cultivares) poderiam elevar a valorização do produto nacional, assim como as formas de apresentação do produto nas gondolas dos supermercados, rastreabilidade, marcas, etc.

ARTIGOS RELACIONADOS

Híbridos de cebola – Maior durabilidade pós-colheita

Nathalia Campos Vilela Resende Graduanda em Agronomia pela UFLA, membro do Núcleo de Estudos em Genética e Melhoramento de Plantas (GEN) e do grupo PET-Agronomia...

Controle biológico de nematoides beneficia hortaliças

  Rodrigo Vieira da Silva Engenheiro agrônomo, doutor em Fitopatologia e professor do IF Goiano " Câmpus Morrinhos rodrigo.silva@ifgoiano.edu.br Bruno Eduardo Cardozo de Miranda Engenheiro agrônomo, MSc. e...

Enxertia em tomate previne fusário e murchadeira

José Lindorico de Mendonça Engenheiro agrônomo da área de Fitotecnia da Embrapa Hortaliças   A “murchadeira“, ou murcha bacteriana do tomateiro, é a principal praga de solo...

BASF destaca o manejo integrado de pragas e doenças em hortifrúti

A BASF apresentou soluções inovadoras para a proteção de hortifrúti durante a 25ª edição da Hortitec, considerada a maior feira técnica de horticultura da...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!