15.2 C
Uberlândia
domingo, julho 14, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiClipes facilitam o processo de enxertia

Clipes facilitam o processo de enxertia

Edvar de Sousa da Silva

Professor do Instituto Federal do Acre e doutor em Agronomia ” Horticultura

edvardasilva@gmail.com

O clip fixa o enxerto no porta-enxerto - Crédito Edvar Silva
O clip fixa o enxerto no porta-enxerto – Crédito Edvar Silva

A enxertia é a união de duas partes de tecido vegetal de plantas vivas compatíveis que conduzem ao crescimento e desenvolvimento de uma única planta, sendo o conceito de compatibilidade definido como a capacidade de duas plantas diferentes, unidas pela enxertia, funcionarem satisfatoriamente como uma única planta. Uma ferramenta útil nesse processo são os clipes de enxertia, que fazem a união das duas partes da planta com sucesso.

Importância dos clipes para enxertia

Os clipes auxiliam na fixação do enxerto no porta-enxerto e cicatrização no local da enxertia. Na verdade, os clipes, juntamente com a câmara úmida de enxertia ou ambiente similar, garantem que a enxertia realmente ocorra.

Esta garantia acontece devido ao processo de enxertia ser um grande estresse para as plantas, e tanto os clipes quanto a câmara úmida ajudam a contornar esta situação e promover o processo de fixação e cicatrização.

Quando os clipes são indicados

Em hortaliças, os clipes são recomendados sempre. Porém, em outras plantas se utiliza fitas plásticas ou outros materiais à base de plástico. Não é interessante, neste caso, seguirmos o tempo, pois o mesmo pode variar de acordo com as espécies de plantas que estão sendo enxertadas.

O mais recomendado é que a planta seja observada a campo no dia ou após o transplante. Quando o local da enxertia já estiver bem cicatrizado, faz-se o procedimento de retirada do clipe.

Em algumas plantas ocorre até a formação de um calo no local de enxertia. E muitas vezes os clipes acabam se soltando, devido à formação deste calo. Exemplo: tomateiro.

Investimento

O preço dos clipes depende do tipo de material, que pode ser de plástico, o qual geralmente é mais barato, ou de silicone, que geralmente é mais caro.

Este valor pode variar também de acordo com a região. No Sudeste, por exemplo, é mais comum encontrar os clipes, tornando o valor mais baixo nesta região quando comparado ao Norte do Brasil.

O valor pode variar de R$ 0,80 até R$ 2,40 por unidade de clipe, o que mostra grande disparidade, devido principalmente à questão da oferta e procura e da região em que está localizado o produtor.

É bom lembrar que os clipes podem ser reutilizados, desde que sejam esterilizados com solução à base de hipoclorito de sódio para evitar problemas com inóculo de doenças. Os clipes de silicone, que não levam nenhum composto à base de ferro, apresentam mais facilidade para se fazer esta esterilização, e não enferrujam.

Custo-benefício

O uso de clipes na enxertia de hortaliças significa a realização da operação com sucesso, pois eles são essenciais na fixação e cicatrização do local de enxertia. Além disso, se manuseados e esterilizados com cuidado, podem ser reutilizados, como comentado anteriormente.

Levando-se em conta que as mudas correspondem a um percentual baixo no custo total de produção e que a enxertia pode aumentar esta produção em três vezes ou mais, e ainda garantir que o cultivo ocorra em condições adversas, o uso dos clipes e a enxertia só trazem benefícios.

Atenção

Quando as hortaliças enxertadas são mais herbáceas e sensíveis à pressão feita pelo clipe na região de enxertia, é recomendado sempre utilizar clipes à base de plástico menos rígido, como, por exemplo, o clipe de silicone.

 

Essa matéria você encontra na edição de novembro 2017  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

MECPREC – Do Brasil para o mundo

A MECPREC é uma empresa do grupo Klabin, que fabrica tubetes e bandejas plásticas para a montagem de viveiros e substratos à base de...

Pinta-preta arrasa lavouras de tomate e batata

Cristiane Bezerra da Silva Bióloga, doutora em Ciências Farmacêuticas cris.mpj@gmail.com A pinta-preta é uma das principais e mais frequentes doenças fúngicas que atinge a cultura da batata,...

Slab já preenchido com substrato – Mais facilidade para o tomaticultor

  Heini Cesar Holler Engenheiro agrônomo da Bella Horta Estufas Agrícolas bellahorta@viavale.com.br O slab já preenchido com substrato para cultivo de tomate é uma facilidade a mais...

Mosca-minadora causa prejuízos à batata

Flávio Lemes Fernandes flaviofernandes@ufv.br Maria Elisa de Sena Fernandes maria.sena@ufv.br Engenheiros agrônomos, doutores e professores do Instituto de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Viçosa, campus de Rio...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!