27.3 C
Uberlândia
sexta-feira, julho 19, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioMercadoCongresso Brasileiro de Soja debate inovação tecnológica e mercado global

Congresso Brasileiro de Soja debate inovação tecnológica e mercado global

Créditos Shutterstock
Créditos Shutterstock

Para discutir as perspectivas para a cultura da soja como aspectos tecnológicos e de mercado global o VII Congresso Brasileiro de Soja e o VI Mercosoja 2015 serão realizados pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), de 22 a 25 de junho de 2015, em Florianópolis, Santa Catarina. “É a oportunidade para que a cadeia produtiva identifique problemas, proponha soluções e principalmente consiga ter uma visão de futuro, das perspectivas e dos problemas que teremos pela frente“, diz o pesquisador da Embrapa Soja, Alexandre Nepomuceno, presidente do Congresso Brasileiro de Soja e do Mercosoja.

Para Nepomuceno, os eventos destacam-se por reunir um público com alto grau de interesse em inovação, conhecimento de mercado, lideranças empresariais e formadores de opinião. “Para atender as expectativas do público elaboramos uma programação técnica diversificada que contará com especialistas em agronegócio e na produção de soja. Teremos ainda a apresentação de resultados que permitirão a atualização em temáticas que estão na fronteira do conhecimento“, destaca.

O CBSoja irá contar com 75 palestrantes, sendo 25 internacionais, 15 painéis e 12 conferências.  A programação técnica destacará os vários aspectos do agronegócio da soja, o que engloba questões relacionadas à produção de soja, ao armazenamento e transporte e à comercialização. “Além disso, novas tecnologias que certamente irão mudar os paradigmas de produção serão apresentadas, principalmente as advindos da biotecnologia“, afirma. “Também daremos ênfase à discussão sobre mudanças climáticas e às estratégias de mitigação do problema para a agricultura“, ressalta.

Nessa edição, foi elaborado um aplicativo para aparelhos móveis com informações detalhadas sobre o CBSoja. O aplicativo pode ser acessado pelo Google Play Store – sistema Android – e, em breve, estará disponível na Apple Store para aparelhos com sistema IOS. O aplicativo permite acompanhar a programação do evento, conhecer os expositores, patrocinadores e oferece serviços como a programação de alertas para palestras de interesse do congressista.

Histórico – O Congresso Brasileiro de Soja vem sendo realizado a cada três anos, desde 1999, em importantes estados produtores de soja: Mato Grosso, Paraná e Goiás. Em 2015, Santa Catarina sediará o CBSOJA e o Mercosoja.  O processo de seleção da cidade de Florianópolis começou em 2012 e foi feito por meio de pesquisa com os congressistas, patrocinadores e expositores em sua última edição. Também contribui para a escolha da cidade a estrutura do centro de eventos, a localização geográfica e a facilidade de acesso.

A condução conjunta do CBSOJA e do Mercosoja objetiva incrementar a troca de informações e o desenvolvimento de estratégias dentro do agronegócio da soja entre os principais países produtores na América do Sul. O Mercosoja tem sido organizado pela ACSOJA (Asociación de la Cadena de la Soja Argentina). No Brasil, a ACSOJA tem a Embrapa entre outros como parceiros desde sua primeira edição em 1999. “O Mercosoja tem incrementado a formação de massa crítica técnico-científica, mas também tem auxiliado na identificação de afinidades e áreas de complementação, que trabalhadas em parceria trazem ganhos aos países envolvidos“, reforça Nepomuceno.

Soja –  De acordo com a Conab, na safra 2013/14, a produção de soja no Brasil foi de 86 milhões de toneladas, a área cultivada de 30 milhões de hectares e produtividade média ao redor de 3,0t/ha. Esses números garantem ao complexo soja, a primeira posição entre os produtos agrícolas exportados pelo Brasil: US$ 31 bilhões. “A soja é uma das principais mantenedoras do superávit na balança comercial brasileira“, avalia Nepomuceno. “Além disso, em conjunto com os outros setores do agronegócio, o complexo soja colabora direta e indiretamente com 40% dos empregos no Brasil“, diz.

A produção mundial de soja na safra 2013/2014 foi de cerca de 284 milhões de toneladas e a área cultivada ocupou aproximadamente 113 milhões de hectares. A produção de soja nos países do Mercosul foi de 153 milhões de toneladas, 54% da produção mundial, o que evidencia a importância deste evento para o setor. “Considero estratégico que os diferentes agentes da cadeia produtiva da soja possam reunir-se em um evento, no qual as discussões técnicas misturam-se a momentos de troca de experiências e de oportunidades de parcerias e de negócios“, ressalta Nepomuceno.

 

Confira a programação aqui: www.cbsoja.com.br

ARTIGOS RELACIONADOS

Controle biológico: Qual o potencial de uso na cultura da soja?

Autores Alessandra Marieli Vacari Doutora em Entomologia e professora de Engenharia Agronômica - Universidade de Franca amvacari@gmail.com Eder Oliveira Cabral Mestrando em Ciências -...

Maracujá: Nordeste ainda domina cultivo

O Brasil é o maior produtor mundial de maracujá. A produção nacional, no ano de 2018, de acordo com o IBGE, foi de 602.651 toneladas em uma área de 43.248 ha. A região nordeste destacou-se como a principal produtora, com 375.541 toneladas em uma área de 29.953 hectares, o que representou um aumento de 11% em relação a 2017.

Como inovar no agronegócio para alavancar as vendas

https://www.youtube.com/watch?v=JKVbQAin94E

Cenário para produtores de leite deve ser mais otimista

Redução dos juros no país sinaliza aumento do consumo e retomada das chuvas deve baixar custos de produção

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!