19.6 C
Uberlândia
quinta-feira, junho 20, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioLançamentosCorteva Agriscience lança Lumialza, primeiro nematicida biológico para tratamento de sementes, com...

Corteva Agriscience lança Lumialza, primeiro nematicida biológico para tratamento de sementes, com foco em soja e milho

Além do controle dos principais nematoides e proteção do potencial produtivo, o lançamento contribui para a saúde e restauração do solo de forma sustentável.

Divulgação

A Corteva Agriscience segue investindo na área de tratamento de sementes, desta vez com o desenvolvimento de seu primeiro nematicida biológico para este segmento. Lumialza™ contém a bactéria Bacillus amyloliquefaciens (cepa PTA-4838), organismo que ocorre naturalmente e coloniza a região da raiz para criar uma barreira biológica contra uma ampla gama de nematoides nocivos, sem interrupção das atividades de organismos benéficos ao solo, oferecendo uma proteção eficiente logo no início do estabelecimento da cultura, podendo estender-se por mais de 80 dias.

“A Corteva trabalha para levar inovação contínua ao campo e Lumialza™ é mais um passo neste sentido. O lançamento engloba as áreas de tratamento de sementes e biológicos, que são de grande importância para a companhia, e busca ajudar o agricultor no manejo de nematoides, uma das maiores prioridades para produtores de soja e milho, que precisam proteger sua produção e o retorno sobre os investimentos”, afirma Dante Queiroz, líder do Portfólio de Tratamento de Sementes da Corteva Agriscience.

Indicado para controle de nematoides-das-galhas (meloidogyne incognita), nematoides-de-cisto (Heterodera glycines) e nematoides-das-lesões-radiculares (Pratylenchus spp), o produto ativa a produção de hormônios na planta, proporcionando maior desenvolvimento radicular e da parte aérea. Desta forma, a planta absorve mais água e nutrientes e cresce mais saudável e vigorosa.

Os nematoides resistem a condições ambientais diversificadas e podem favorecer a incidência de doenças, o que afeta ainda mais as plantas. As perdas na cultura da soja podem ser superiores a 50%, com prejuízo anual de cerca de R$ 16 bilhões, já no cultivo do milho as perdas chegam a 35%, segundo a Sociedade Brasileira de Nematologia. Além de ser uma ferramenta eficiente para as estratégias de gerenciamento de nematoides, Lumialza ajuda na rápida germinação e contribui para a restauração do solo de forma sustentável, beneficiando o futuro e a prosperidade do campo.

Para mais informações, clique aqui

Sobre a Corteva Agriscience

A Corteva, Inc. (NYSE: CTVA) é uma empresa global de capital aberto e 100% agrícola que combina inovação líder do setor, elevado envolvimento com o cliente e execução operacional para fornecer soluções lucrativas para os desafios agrícolas mais urgentes do mundo. A Corteva gera preferência de mercado vantajosa por meio de sua estratégia de distribuição exclusiva, junto com seu mix equilibrado e globalmente diversificado de sementes, proteção de cultivos e produtos e serviços digitais. Com algumas das marcas mais reconhecidas na agricultura e um pipeline de tecnologia bem posicionado para impulsionar o crescimento, a empresa está comprometida em maximizar a produtividade dos agricultores, enquanto trabalha com stakeholders em todo o sistema alimentar, cumprindo sua promessa de enriquecer a vida daqueles que produzem e daqueles que consomem, garantindo o progresso para as próximas gerações. Mais informações estão disponíveis no site.

ARTIGOS RELACIONADOS

Corteva Agriscience lança portfólio de biológicos para cana-de-açúcar

OmsugoTM Eco e InlayonTM Eco ampliam as soluções da companhia para o agricultor realizar o manejo da lavoura de forma integrada e equilibrada.

Manejo de requeima e míldio nos cultivos do Brasil

José Otavio Menten Engenheiro agrônomo, presidente do Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS), mestre e doutor em Agronomia, pós-doutor em Manejo de Pragas e Biotecnologia e...

Corteva leva à Expocitrus soluções para produtividade do citricultor

Corteva também chega à 44ª Semana da Citricultura com soluções que maximizam a produtividade do citricultor

Adubo verde – Solo saudável para receber HFs

A adubação verde é utilizada pelos agricultores, em distintas regiões do mundo, para melhorar as propriedades físicas, químicas e biológicas dos solos agricultados. A eficiência da adubação verde é comprovada também no controle de nematoides, quando se utilizam leguminosas específicas, problema para o qual os produtos químicos, na maioria das vezes não são eficientes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!