20.6 C
Uberlândia
quarta-feira, maio 22, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosCritérios para um cultivo bem-sucedido de cebolas

Critérios para um cultivo bem-sucedido de cebolas

Sementes de qualidade apresentam elevada pureza genética, germinação alta, sanidade e pureza física.

Jolinda Mércia de Sá
jolinda.sa@unesp.br

Emanuele Possas de Souza
possasemanuele@gmail.com
Engenheiras agrônomas e doutorandas em Agronomia/Horticultura – UNESP

Antonio Ismael Inácio Cardoso
Professor titular do Departamento de Produção Vegetal – UNESP
antonio-ismael.cardoso@unesp.br

O aprimoramento do cultivo de cebolas pode ser alcançado por meio da aplicação de práticas de manejo destinadas a favorecer o crescimento saudável das plantas e a aumentar a produtividade. É crucial adotar os seguintes cuidados:

Foto: Depositphotos

Espaçamento e profundidade de plantio

Ao semear as sementes ou transplantar as mudas de cebola, o produtor deve assegurar-se de que as fileiras estejam devidamente espaçadas para permitir o desenvolvimento das plantas e facilitar a colheita, e o plantio deve ser feito na profundidade adequada, geralmente entre 1,0 a 2,0 cm.

Irrigação controlada

O solo deve ser mantido constantemente úmido durante o período de crescimento, evitando o excesso de umidade, que pode propiciar o surgimento de doenças fúngicas prejudiciais às plantas.

Fertilização na dose correta

As plantas devem ser nutridas de acordo com as exigências específicas da cultura e a análise do solo. Recomenda-se evitar o excesso de nitrogênio, que pode resultar em um crescimento excessivo de folhagem em detrimento dos bulbos.

Controle do mato

O cultivo deve ser mantido livre de plantas espontâneas que competem por nutrientes, água e espaço, preferivelmente durante todo o ciclo.

Métodos apropriados para o controle do mato devem ser tomados de acordo com os objetivos de cada produtor, como a capina manual, o uso de cobertura morta entre as fileiras, ou ainda a aplicação de herbicidas registrados para a cultura e nas doses recomendadas pelo fabricante.

Colheita no momento certo

A colheita deve ser feita quando os bulbos atingirem o tamanho desejado e as folhas começarem a murchar. Recomenda-se evitar prolongar a permanência das cebolas no campo após a maturação, a fim de evitar possíveis deteriorações e perda da qualidade dos bulbos.

Essas práticas de manejo específicas podem contribuir significativamente para otimizar a produção de cebolas, aprimorando a qualidade da colheita e aumentando a produtividade. É fundamental adaptar essas práticas às particularidades locais e às necessidades específicas de cada plantação, garantindo assim um cultivo bem-sucedido e saudável.

Considerações climáticas

Ao escolher as sementes de cebola para o cultivo, é fundamental considerar as condições climáticas e de solo específicas da região. As cebolas são sensíveis à temperatura e têm faixas de temperatura ótimas para germinação, crescimento e desenvolvimento de bulbos.

Para obter uma germinação rápida e uniforme, a temperatura ideal situa-se entre 20 e 25°C. Temperaturas mais baixas podem limitar a germinação das sementes. No que diz respeito ao desenvolvimento das plantas, a faixa ótima de temperatura é de 20 a 25°C, e o crescimento das folhas cessa sob temperaturas abaixo de 6°C.

Embora o comprimento do dia seja um fator primordial na indução, formação e maturação dos bulbos de cebola, sua interação com a temperatura desempenha um papel significativo.

À medida que a temperatura aumenta, o tempo necessário para o início da bulbificação e o crescimento completo do bulbo diminuem. Entretanto, mesmo em temperaturas elevadas, a bulbificação não ocorre se o comprimento do dia for insuficiente.

É importante destacar que temperaturas acima de 35°C durante a fase inicial de crescimento das plantas podem estimular a bulbificação precoce, o que pode ser desvantajoso quando se cultiva cebola durante o verão no Brasil.

A bulbificação das cebolas atinge seu ponto máximo em torno de 38°C, mas cessa quando a temperatura cai abaixo de 10°C. Breves períodos de exposição a temperaturas extremamente frias, inferiores a 6°C, podem favorecer o espessamento do pseudocaule da cebola.

Solo ideal

Quanto às condições ideais de solo, o plantio deve ser feito preferencialmente em solos bem drenados e ricos em matéria orgânica, com o pH na faixa de 6,0 a 7,0. Caso necessário, deve ser feita uma calagem para elevar a saturação por bases entre 70 a 80%.

Solos bem drenados são cruciais para evitar o encharcamento das raízes, o que pode levar ao apodrecimento dos bulbos.

Qualidade das sementes

Sementes de qualidade apresentam elevada pureza genética, germinação alta, sanidade e pureza física. Esses atributos são responsáveis pelo sucesso ou insucesso das lavouras, pois estão diretamente relacionados com o desempenho das plantas no campo.

A pureza genética das sementes é um fator fundamental que influencia diretamente a qualidade dos bulbos produzidos e tende a expressar o potencial produtivo da variedade ou híbrido escolhido.

Sementes de cebola geneticamente puras tendem a produzir plantas mais uniformes em termos de características como tamanho, forma, cor e sabor dos bulbos. Isso é crucial para atender às expectativas dos consumidores e padrões de mercado.

Além disso, a uniformidade na maturação das plantas, decorrente da pureza genética, contribui para uma colheita mais eficiente e ajuda a evitar a perda de bulbos que podem amadurecer muito cedo ou tarde demais.

Tratamento das sementes de cebola

O armazenamento adequado das sementes de cebola antes do plantio é fundamental para garantir uma germinação eficaz. As sementes devem ser mantidas em um local fresco e seco, sob condições que minimizem a umidade, o calor e a exposição à luz solar direta, para evitar a deterioração.

Após abertas, a embalagens devem ser lacradas, para protegê-las da umidade e da exposição ao ar. A umidade excessiva pode levar à germinação prematura das sementes ou à formação de mofo.

A temperatura ideal de armazenamento para sementes de cebola é de cerca de 0°C a 5°C. Isso ajuda a manter a viabilidade das sementes por mais tempo. Quando armazenadas de forma apropriada, as sementes podem manter sua viabilidade por vários anos, embora seja aconselhável utilizá-las dentro de um período que varia de seis meses a um ano.

Em algumas regiões, é comum tratar as sementes de cebola com fungicidas para protegê-las contra doenças fúngicas do solo, como a murcha. As orientações do fabricante para a aplicação segura desses produtos devem ser seguidas a fim de se evitar toxidez e morte das plântulas.

Foto: Depositphotos

Inovações recentes

A agricultura está sujeita a inovações e tendências que buscam melhorar a produtividade, a qualidade e a sustentabilidade das lavouras. O uso de tecnologias de agricultura de precisão, como sistemas de GPS e drones, está se tornando mais comum.

Isso permite um melhor gerenciamento das lavouras, incluindo a aplicação precisa de fertilizantes e pesticidas. Por outro lado, a pesquisa genética levou ao desenvolvimento de variedades de cebola mais resistentes a doenças e pragas, reduzindo a necessidade de tratamentos químicos e melhora da saúde das plantas.

 O interesse por produtos agrícolas sustentáveis e orgânicos está em crescimento, e os agricultores estão buscando certificações que atestem a conformidade com padrões ambientais e sociais.

Isso tem impulsionado o mercado de defensivos a desenvolver produtos de origem biológica, como insetos predadores e organismos benéficos, para o controle de pragas e doenças de forma mais natural e sustentável, tornando os cultivos mais eficientes.

Essas tendências e inovações refletem a crescente conscientização sobre a importância da sustentabilidade, da eficiência e da qualidade na produção de cebola. A adoção dessas práticas pode ajudar os agricultores a enfrentar desafios e melhorar a viabilidade de suas operações.

ARTIGOS RELACIONADOS

Como iniciar a produção de pitaias

Quando o produtor tem interesse em iniciar a produção de pitaias, ele deve se atentar a fazer um planejamento de alguns aspectos.

Dia do trigo: conheça as diferenças entre farinhas, germe e fibra do cereal

No dia 10 de novembro é celebrado do Dia do Trigo, segundo tipo de cereal mais cultivado em todo o mundo. No Brasil, o trigo é um ingrediente muito explorado em receitas de pães, massas, biscoitos e bolos. Só em 2020, a importação de trigo pelo país deve atingir recorde de 7,3 milhões de toneladas, devido ao aumento crescente na demanda, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Cresce mercado de fertilizantes especiais no Brasil

Os fertilizantes especiais são adubos com formulações diferenciadas, desenvolvidas para atender às necessidades específicas da produção de uma determinada cultura.

Deficiência de fósforo limita produção florestal

A implantação de cultivos florestais no Brasil tem sido comum em solos de baixa fertilidade natural e elevada acidez ativa (pH baixo) e alumínio trocável (Al3+) alto. Nesta condição, geralmente a disponibilidade de fósforo (PO4-) pode ser limitante para a maioria dos vegetais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!