27.6 C
Uberlândia
sábado, abril 20, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasDaColheita para mamão: proteção extra, redução de perdas e aumento do shelf...

DaColheita para mamão: proteção extra, redução de perdas e aumento do shelf life

Foto: Termotécnica

O mamão é uma fruta frágil, que pode ser danificada facilmente por qualquer movimentação brusca. Para garantir o mínimo de perda, mantendo o shelf life por mais tempo, a conservadora DaColheita para mamão tem um design estrutural que reduz os impactos mecânicos, mantém a temperatura e, por ser fabricada em EPS (mais conhecido como isopor*), é muito leve.

Este último atributo é de fundamental importância, especialmente no caso do mamão, pois a via aérea representa mais de 90% das exportações da fruta, segundo o Cepea, e a redução do peso das cargas diminui o consumo de combustível das aeronaves. Todos estes benefícios também são importantes no caso do transporte rodoviário para abastecer o mercado interno.

Por aqui

O Brasil é o segundo produtor mundial de mamão, com uma produção de 1.517.696 t/ano, situando-se entre os principais países exportadores, principalmente para o mercado europeu.

No entanto, de acordo com a Associação Brasileira de Produtores e Exportadores de Papaya (Brapex), apenas 2% da produção nacional é vendida para o exterior. Por suas características, a embalagem DaColheita pode contribuir para o crescimento das exportações brasileiras desta fruta, pois amplia o shelf life e oferece muitas vantagens logísticas.

Para atender os padrões de qualidade exigidos pelos mercados consumidores, os produtores de mamão buscam cuidados com o pós-colheita, além da excelência em todas as etapas de produção.

As frutas premium demandam todo um cuidado, desde a seleção na hora da colheita até a sua exposição para o consumo. Neste sentido, a escolha da embalagem adequada é de extrema importância para manutenção térmica durante todo o processo e garantia de um produto de qualidade no PDV.

Pesquisas

Estudos comparativos realizados pelo Laboratório Agrotropical em todas as etapas do processo logístico, do produtor ao ponto de venda (PDV), demonstram que a conservadora em EPS DaColheita mantém as frutas em maturação nível 2 – o ideal para a qualidade comercial do mamão -, até nove dias após a colheita contra seis dias das embalagens similares em papelão.

Os padrões de conservação, como aparência, textura, nível de maturação e coloração interna e externa das frutas (shelf life) foram 30% maiores nas embalagens DaColheita em relação a outros tipos de embalagens, possibilitando a exportação para locais distantes, com longo transit time.

Vantagens

Os benefícios quanto aos custos logísticos das soluções DaColheita em relação a outros materiais também são comprovados. Dependendo do tipo de fruta, em comparação com as embalagens em papelão, por exemplo, as conservadoras em EPS são até 60% mais leves, o que representa também em torno de 6% de economia no frete aéreo.

Desde a colheita até chegar à mesa do consumidor final, a fruta permanece mais fresca, nutritiva e saborosa. As conservadoras DaColheita reduzem a perda de vitaminas e da umidade das frutas, ampliando a sua resistência, além de não proliferarem fungos nos alimentos.

Elas desidratam menos, chegam à temperatura desejada mais rápido e mantêm o frio por mais tempo. Sua estrutura também diminui o risco de avarias durante a movimentação, absorvendo melhor os impactos e reduzindo a perda de carga por danos.

Tudo isso traz grandes vantagens para todos os envolvidos na cadeia de distribuição. Para os produtores, proporciona menor índice de devolução dos lotes de frutas fora do padrão de qualidade exigido pelos clientes e permite a abertura de novos mercados mais distantes.

Para os distribuidores e varejistas, propicia maior giro no PDV e sua marca fica associada a frutas de qualidade, com a manutenção do preço.

Foto: Termotécnica

Exportação

As soluções de embalagens em EPS DaColheita proporcionam ganhos efetivos e aumento da competitividade para os negócios de exportação:

• Redução significativa de perdas nos embarques de longa distância;

• Conservação da temperatura, sem quebra de frio na cadeia, e menor desidratação da fruta;

• A conservadora em EPS é 60% mais leve que a de papelão, o que representa menor custo no frete aéreo, com quilos a menos por pallet, gerando economia no custo total do frete;

• Valorização da fruta no ponto de venda, com ganho de market share.

Redução da pegada ambiental no transporte de frutas

Outra questão importante para atender os novos padrões de consumo é a preocupação com a sustentabilidade. Questões como logística reversa das embalagens e diminuição do desperdício em toda a cadeia são cada vez mais importantes.

“O mundo e os mercados estão cada vez mais exigentes quanto à pegada ambiental das empresas e estamos comprometidos com esta agenda, apresentando soluções que estão em linha com essas demandas”, afirma Albano Schmidt, presidente da Termotécnica, fabricante das conservadoras DaColheita.

Falando em sustentabilidade, as embalagens DaColheita contribuem em três frentes:

1) Na reciclagem pós-consumo, pois o EPS é um material que pode ser 100% reciclado e se transformar em matéria-prima para outras aplicações, como rodapés e molduras. A Termotécnica conta com uma rede de recicladores parceiros no Brasil e na Europa, para que aconteça a reciclagem das embalagens pós-consumo.

2) Aumento do shelf life dos produtos frescos em até 30%, o que contribui para a redução do desperdício na cadeia de distribuição e consumo.

3) Contribui para a redução da pegada de carbono, com a diminuição da emissão de CO2 equivalente, no transporte devido ao peso mais leve das soluções, o que reduz o consumo de combustível.

ARTIGOS RELACIONADOS

Mulching no mamão: quais as vantagens?

O mamoeiro, por ser uma planta que retém líquido quase integralmente, exige uma boa irrigação. Nelson Lida, da Plasticultura BR, traz um artigo com as vantagens do mulching para essa cultura.

Quais as inovações no cultivo do mamão?

Autores Martha Cristina Pereira Ramos Mariane Aparecida Rodrigues Renata Amato Moreira Doutorandas na Agronomia/Fitotecnia – Universidade Federal de Lavras (UFLA) Leila Aparecida Salles Pio...

Ácidos húmicos x produtividade

Há necessidade de aumentar a produção agrícola para atender a demanda mundial por alimentos ...

Pulverizações: açúcar cristal ou melaço?

Na escolha de açúcar ou melaço é importante atentar para as características particulares de cada um desses produtos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!