21.6 C
Uberlândia
quinta-feira, maio 30, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioEventosDias de Campo da ADAMA: resultados dos lançamentos em herbicidas e biossoluções...

Dias de Campo da ADAMA: resultados dos lançamentos em herbicidas e biossoluções para soja

Imagem de arquivo

A ADAMA (leia-se ADAMÁ), integrante de uma das maiores holdings do agronegócio global, realizará diversos dias de campo pelas principais regiões produtoras do país, os chamados Campo de Treinamento ADAMA (CTA), que mostrarão pela primeira vez os resultados de seus lançamentos em herbicidas e biossoluções para esta safra de soja. Os eventos ocorrerão paralelamente em diversos estados, como Mato Grosso, Maranhão, Goiás, Bahia, Paraná e Rio Grande do Sul. Nesta semana, em 14 de outubro, acontecerá em Rio Verde (GO) o primeiro CTA desta safra. O evento é aberto a todos os produtores, consultores e parceiros comerciais e deverá reunir cerca de 100 pessoas.

“O CTA vem para auxiliar os produtores, além de consultores estratégicos e de vendas de todos os canais de distribuição das regiões, na utilização de nossas soluções, por meio do conhecimento das ferramentas, que serão apresentadas em detalhes nesses encontros. Eles poderão acompanhar desde os resultados nas lavouras, que são visíveis, às recomendações de manejo de cada uma delas, modos de ação e boas práticas sustentáveis”, afirma Leandro Garcia, gerente de Desenvolvimento de Mercado da ADAMA.

Leandro Garcia, gerente de Desenvolvimento de Mercado da ADAMA

Serão apresentados os resultados dos herbicidas recém-lançados Apresa®, pré-emergente com poder concentrado e Cheval®, que combina ação pós-emergente e residual, registrados para a cultura da soja. Além das novidades em biossoluções, Protege, para tratamento de sementes, com formulação exclusiva e três modos de ação (nematicida, fungicida e promotora de crescimento) — e Emerge, que auxilia no máximo vigor das sementes. “Traremos também a campo nosso posicionamento para o herbicida Araddo®, lançado no último ano e que tem apresentado excelentes resultados na dessecação pré-plantio da soja. Com amplo espectro de controle, ele não tem restrição de intervalo entre a aplicação e a semeadura e conta com mecanismo de ação diferenciado, sem efeito antagônico, o que facilita o dia a dia do agricultor”, completa Garcia.

Sustentabilidade no campo

Todos os CTAs contam com ações da plataforma ADAMA C.U.I.D.A (Compromisso pelo Uso Inteligente de Defensivos Agrícolas), iniciativa que é um dos compromissos de sustentabilidade da companhia. As ações englobam as boas práticas no manejo dos defensivos agrícolas, os benefícios das formulações exclusivas e das biossoluções da companhia, e o uso correto do equipamento de proteção individual (EPI). A meta neste ano é capacitar milhares de agricultores, operadores e aplicadores dos principais estados agrícolas do país.

Agenda dos próximos CTAs

– Rio Verde — GO, dias 13 e 14 outubro

– Santa Maria — RS, dia 25 de outubro

– Campo Novo do Parecis — MT, dia 3 de novembro

– Uberlândia — MG, dia 8 de novembro

– Balsas — MA, dia 8 de novembro

– Vale do Araguaia — MT, dia 9 de novembro

– Primavera do Leste — MT, dia 9 de novembro

– Cascavel — PR, dia 16 de novembro

– Sorriso — MT, dia 17 de novembro

– Catalão — GO, dia 29 de novembro

– Ponta Grossa — PR, dia 30 de novembro

– Luís Eduardo Magalhães — BA, dia 6 de dezembro

ARTIGOS RELACIONADOS

Sequenciado genoma de fungo que ataca lagartas da soja

Cientistas brasileiros concluíram o sequenciamento genético de um fungo que atua como inimigo natural de lagartas que atacam a soja, o milho e o algodão.

8 dicas para altas produtividades na safra de soja

Setembro é o mês que marca o início do plantio da soja no Brasil. Com o fim do período...

Dia de Campo sobre avanços na cafeicultura reúne especialistas e produtores

Iniciativa realizada pela Satis contou com Roberto Santinato, Felipe Santinato e José Braz Matiello, três dos principais especialistas do segmento no Brasil.

Cultivo de soja avança em áreas de desmatamento e contribui para efeito estufa

Estudo elaborado pela plataforma de transparência Trase em parceria com o Imaflora aponta expansão da cultura nos biomas Cerrado, Pampas e Amazônia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!