23.3 C
São Paulo
quarta-feira, julho 6, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Destaques Dicas para evitar perdas na reta final da safra

Dicas para evitar perdas na reta final da safra

Soja – Créditos: shurtterstock

Na maior parte das áreas, os agricultores preparam-se para colher os grãos. Para que esta etapa seja bem feita e não haja perdas no processo, é preciso adotar boas práticas agrícolas.

No final do ciclo da soja, a atenção aos detalhes é indispensável para o sucesso da colheita. Por isso, o gerente Sênior de Desenvolvimento Técnico de Produto de Soluções para Agricultura da BASF, Sérgio Zambon, traz algumas dicas para ajudar o agricultor neste momento decisivo do cultivo.

  1. Planejar: nesta fase, também é necessário planejamento. Agricultores precisam levar em consideração todos os aspectos agronômicos, como previsão do clima, condições do solo, regulagem de maquinário, capacitação do operador, presença de pragas e plantas daninhas infestantes.
  • Dessecação pré-colheita: um dos momentos mais importantes para a colheita da soja é fazer a dessecação e a uniformização das plantas no momento correto. Esse processo contribui para eliminação das plantas daninhas remanescentes e antecipa a colheita da soja. Para isso, os agricultores podem contar com o portfólio completo de Soluções para Agricultura da BASF.
  • Monitorar a umidade: de acordo com a Embrapa, a soja, quando colhida com teor de umidade dos grãos entre 13 e 15% minimiza os problemas de danos mecânicos e perdas na colheita. Sementes colhidas com teor de umidade superior a 15% estão sujeitas à maior incidência de danos mecânicos latentes (não aparentes). E com teor abaixo de 13% estão suscetíveis ao dano mecânico imediato, ou seja, à quebra.
  • Regulagem da máquina: uma colheitadeira com má regulagem pode causar grandes perdas para o agricultor. Por isso, é preciso que o agricultor adote as correções e manutenções preventivas e redobre atenção no molinete. Se a velocidade do molinete estiver inadequada, ou seja, muito alta, poderão ocorrer impactos na lavoura. Com isso, as vagens podem acabar caindo no terreno, fazendo com que grãos sejam perdidos.
  • Velocidade da colheitadeira: este processo pode impactar no rendimento da produção. Para uma colheita eficiente, é preciso a capacitação do operador e que a velocidade do maquinário esteja entre 4,0 e 6,5 km/h. Caso a velocidade esteja menor que esta, pode acontecer atraso remanescente no plantio de outras culturas. E no caso de velocidade maior que a recomendada, podem ocorrer danos como a quebra dos grãos.
  • Armazenar: após a colheita da soja é preciso armazenar o grão em lugar apropriado para preservar sua qualidade. Práticas como a higienização, prevenção contra ataque de pragas, secagem, carregamento e distribuição são essenciais para evitar qualquer perda.

O especialista da BASF afirma que a adoção desses cuidados pode resultar em maior rendimento e rentabilidade da lavoura. Estas práticas começam com o planejamento e exigem a revisão de processos e maquinário. Os cuidados evitam perdas e contribuem significativamente para o resultado final da safra.

Inicio Destaques Dicas para evitar perdas na reta final da safra