17.6 C
Uberlândia
quarta-feira, maio 22, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosEl Niño cria alerta para a cafeicultura

El Niño cria alerta para a cafeicultura

Mudanças climáticas afetam o plantio e podem impactar a produtividade. Especialistas orientam sobre a adoção de manejo eficaz contra pragas

Temperaturas acima da média e períodos chuvosos irregulares. Estes são os principais efeitos climáticos do El Niño, fenômeno que será predominante na safra agrícola 2023/2024. A esperada variação de temperatura e umidade cria o ambiente ideal para o desenvolvimento de insetos – cuja pressão sobre os cultivos deve aumentar nos próximos meses. Nesse cenário, a cafeicultura também deve ser impactada pelo problema.

Leandro Valerim, gerente de inseticidas da UPL

“Os insetos mais comuns nos cafezais são o ácaro-vermelho, o bicho-mineiro e a broca-do-café. Sua presença pode causar perdas de até 75% em algumas propriedades rurais. Em termos nacionais, esse problema fitossanitário pode significar perdas de 2,4 milhões de toneladas de café por safra, tendo como base os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)”, informa o engenheiro agrônomo Leandro Valerim, gerente de inseticidas da UPL Brasil.

Se confirmada, essa perda representaria grande parte da produção do Sudeste, área mais pujante do país de café no país, que deve ter aumento do índice de chuvas com El Niño. Já no Norte, segunda região mais importante do país, a estiagem deve ser mais severa, enfatiza Valerim. Para ele, a adoção de um manejo eficiente é fundamental para manter a receita bruta de cerca de R$ 50 bilhões por safra, proporcionada pela cafeicultura brasileira.

Soluções eficientes

Leandro Valerim recomenda que “para evitar prejuízos econômicos e manter a alta produtividade é essencial investir em tecnologias eficazes contra o espectro de insetos que afetam a cafeicultura. Soluções sustentáveis e com eficácia comprovada diferenciam-se no mercado. O inseticida Sperto®, por exemplo, é referência no combate a pragas com amplo espectro que atacam mais de 50 culturas. O produto contribuiu para elevar a UPL à liderança do segmento de inseticidas em soja e milho, em nível nacional, e a cada safra que passa se consolida como inseticida padrão também para os cafeicultores do Brasil”.

Sperto® possui registro contra o ácaro-vermelho, o bicho-mineiro, broca-do-café e a cochonilha-da-roseta. Desenvolvido, testado e comprovado cientificamente, possui o melhor choque da categoria, melhor espectro de controle do mercado e alta seletividade para inimigos naturais, sendo também a melhor alternativa para o manejo antiresistência. Além disso, tem registro para aplicação aérea. Sua qualidade incomparável é comprovada no campo, contribuindo para ter plantas com alta produtividade e grãos de alta qualidade.

Empresa

A UPL é uma fornecedora global de produtos e soluções agrícolas sustentáveis, com receita anual superior a US$ 6 bilhões. Por meio do propósito OpenAg®, está focada em acelerar o progresso do sistema agroalimentar. A empresa está construindo uma rede que está reimaginando a sustentabilidade, redefinindo a maneira como uma indústria pensa e trabalha – aberta a novas ideias, inovação e novas respostas enquanto cumpre a missão de tornar cada produto mais sustentável. Seu robusto portfólio consiste em soluções biológicas e tradicionais de proteção de cultivos. No total, são mais de 14.000 registros. A UPL está presente em mais de 130 países e tem mais de 10.000 colaboradores.

ARTIGOS RELACIONADOS

Efeitos da guerra na cafeicultura

Demanda ucraniana será parcialmente transferida a países vizinhos. Ainda assim, a demanda deve cair para o menor nível em 20 anos devido ao deslocamento de um quarto da população do país.

koffeeklub lança linha de cafés especiais com cinco blends raros

A demanda cafeeira nacional está em constante crescimento e novidades como o koffeklub chegam para provocar os sentidos de novos compradores, mantendo as vendas desse mercado elevadas.

Café da Região do Cerrado Mineiro terá impressão digital

Visando proteger e promover ainda mais a origem e qualidade do produto, RCM sai na frente e investe em nova ferramenta de rastreabilidade

Especialistas alertam sobre perdas bilionárias

Para minimizar os impactos do clima como secas e enchentes, representantes do setor analisam soluções para colheitas da América do Norte, Brasil e Sul da Europa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!