25.6 C
Uberlândia
terça-feira, julho 23, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioAnimaisFormação da pastagem: cuidado na fase da germinação é importante

Formação da pastagem: cuidado na fase da germinação é importante

Divulgação

Uma boa formação de pastagem é o primeiro passo para o sucesso na atividade pecuária, afinal, a oferta de alimento de qualidade ajudará no ganho de peso dos animais e na economia de insumos de suplementação. Por isso, ter total atenção com essa fase inicial é garantia de melhores resultados e maior produtividade.

Esse preparo se inicia com uma análise precisa de solo para identificar a necessidade de fazer a calagem e adubação ou ainda a correção de algum outro nutriente que esteja em desequilíbrio. Com a área devidamente pronta é preciso planejar o plantio. O melhor momento para isso é quando as chuvas passam a ocorrer com maior frequência, no início da estação das águas. A germinação das sementes de capim no solo normalmente começa entre o quarto e o sétimo dia após a primeira chuva, mesmo que o plantio tenha sido feito a mais tempo, pois as sementes precisam do estímulo da umidade para iniciar o processo de germinação.

Junto com a germinação, inicia-se a fase de monitoramento, na qual o produtor deve acompanhar a área de plantio de duas a três vezes por semana por pelo menos 30 dias, como faria com qualquer outra cultura recém-plantada. Segundo Diogo Rodrigues, zootecnista na Soesp – Sementes Oeste Paulista, é importante neste momento o produtor verificar a quantidade de plântulas por metro quadrado em diferentes pontos da área. “Uma boa formação de Brachiaria tem entre 15 e 20 plântulas por metro quadrado, e de Panicum possui entre 40 a 50 plântulas”, destaca.

Atenção às invasoras

As plântulas são muito vulneráveis ao ataque de pragas, por isso é fundamental que o produtor procure sinais delas, pois, se não houver o devido cuidado, em poucos dias podem comprometer toda a área de plantio. “Sejam lagartas, cigarrinhas, percevejos ou até formigas, identificar o surto logo no começo te dá a chance de combatê-lo e evitar maiores prejuízos”, detalha o especialista.

Divulgação

Ainda, segundo o zootecnista da Soesp, é importante estar atento ao surgimento de doenças e fungos que atingem as folhas, mudando seu aspecto ou coloração, e ao aparecimento de plantas daninhas. “Existem pontos de atenção dos quais valem a pena lembrar. Não é só jogar a semente e largar lá simplesmente por ser forrageira, ela deve ser tratada com a mesma importância que qualquer outra cultura anual”, reforça.

Semente de qualidade

Além do cuidado redobrado nessa fase inicial, também é fundamental a preocupação com a qualidade da semente utilizada.

As sementes blindadas com tecnologia Advanced, por exemplo, recebem na fábrica o tratamento industrial para garantir sua qualidade. A Soesp que possui o primeiro laboratório especializado em sementes forrageiras acreditado pelo Inmetro, aplica dois fungicidas e um inseticida à superfície das sementes, todo esse processo tecnológico assegura um valor cultural de 80% para as Brachiarias e Panicuns, além de alta pureza e alta viabilidade.

As sementes blindadas da empresa têm ainda como importante característica a uniformidade e resistência, assim não entopem o maquinário de plantio e o tratamento não se rompe, chegando intacto ao solo. Além disso, são produtos com inteligência na absorção de água e ideais para ILPF – Integração Lavoura-Pecuária-Floresta, com menor custo por hectare. “Todas essas virtudes ajudam a garantir a formação de uma pastagem homogênea, contribuindo para o aumento da produtividade do rebanho e otimizando a produção da fazenda como um todo”, finaliza Rodrigues.

ARTIGOS RELACIONADOS

Hormônios revolucionam a agricultura

  Jorge Celestino Verde dos Santos Engenheiro agrônomo, produtor rural e consultor verde.jorge@hotmail.com Diogo de Almeida Verde Engenheiro agrônomo e representante comercial   Os biorreguladores são compostos por uma combinação de...

Viveiro Monte Alegre – Mudas feitas por profissionais

O Viveiro Monte Alegre, sediado em Ribeirão Corrente(SP) já participou de cinco edições do Simcafé com seu estande. Para André Luis da Cunha, sócio-diretor...

Polímero em semente: o filme que protege seu negócio

  A semente é o principal insumo na agricultura moderna e necessita de proteção. O tratamento de sementes é a ferramenta com melhor relação custo-benefício...

Investimento em adubação de pastagem gera retorno econômico para o pecuarista

Conduzido em três fazendas de pecuária de corte, nas cidades mato-grossenses de Rondonópolis, Cáceres e Santiago do Norte (distrito de Paranatinga), o Projeto Pasto Forte completou um ano com grandes resultados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!