21.6 C
Uberlândia
sábado, junho 22, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiFotoconversão - A transformação da luz em produtividade

Fotoconversão – A transformação da luz em produtividade

Gilberto Rostirolla Batista de Souza

Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento ” GinegarPolysack Brasil

 

Pimentão sob tela fotoconversoraChormatinet Leno Vermelha® da GinegarPolysack
Pimentão sob tela fotoconversoraChormatinet Leno Vermelha® da GinegarPolysack

A produção em ambiente protegido, desde que sejam empregadas tecnologias corretas de cobertura, possibilita a criação de um microclima favorável ao cultivo, pois garante o controle das variáveis climáticas como temperatura, umidade relativa, radiação solar e nível de CO2 (vento.)

A redução nas oscilações climáticas resulta em ganho de eficiência produtiva estimado em até 40%, além de reduzir o efeito da sazonalidade, permitindo a oferta de produtos em épocas desfavoráveis ao cultivo, possibilitando preços mais elevados ao empresário rural.

No entanto, para alcançar um microclima favorável ao desenvolvimento de um determinado cultivo, é necessário fazer a escolha correta das tecnologias de filmes plásticos de cobertura e telas de sombreamento e lateral que serão instalados no projeto, baseado principalmente na exigência da cultura, tipo de estrutura e condições climáticas locais.

Produção de pimentão sob tela termorrefletora Aluminet® da Ginegar Polysack
Produção de pimentão sob tela termorrefletora Aluminet® da Ginegar Polysack

Tecnologias

Para a máxima expressão do material genético, a GinegarPolysack oferece tecnologias de sombreamento e proteção com resultados comprovados em pesquisas agronômicas para atender às exigências climáticas das mais diversas regiões de produção agrícola.

Especificamente para o pimentão, a luminosidade considerada ideal é de aproximadamente 60.000 lux, e por meio do material de cobertura busca-se alcançar a condição ideal para obter a máxima produtividade.

O manejo climático se deve principalmente ao manejo da radiação incidente, de forma a fornecer a quantidade adequada de luz. Consequentemente, tem-se um efeito na temperatura e umidade relativa, fatores estes diretamente relacionados à transmissão de luz do material na cobertura da estufa. Plantas de porte alto, como o pimentão, exigem uma grande quantidade de luz devido ao sombreamento das folhas mais novas sobre as da parte inferior das plantas.

Neste caso, é preciso ter atenção a três características fundamentais da entrada da luz, que são a qualidade, a quantidade e a direção. Para o pimentão, é importante a entrada de alta quantidade de luz, mas também que os raios solares sejam de forma difusa para maior aproveitamento pelas plantas.

A GinegarPolysack trabalha com as tecnologias em telas e filmes agrícolas que atuam na qualidade da luz, além da quantidade e direção, o que confere a máxima eficiência fotossintética pelas plantas.

Dentre as opções disponíveis no mercado, o telado constitui-se uma opção mais barata, e por isso o produtor muitas vezes opta por esta estrutura mais simples para se inserir no cultivo protegido antes de partir para a estufa. A Chromatinet® é um grupo de telas fotoconversoras que controla o crescimento vegetativo, alterando o espectro de luz que chega às plantas, e são uma ótima opção como substituição à tela preta comumente utilizada na cobertura do telado.

A tela fotoconversora Chromatinet® combina a tecnologia multicamadas com os aditivos especiais desenvolvidos pelo grupo de P&D da Polysack em Israel. Está disponível em diferentes cores e porcentagens de sombreamento, sendo cada um adequado para determinadas culturas e condições climáticas de acordo com a localidade.

Além de aumentar a quantidade de luz difusa, modifica o espectro da luz para a faixa utilizada pelas plantas ” radiação PAR. A maior quantidade de luz na faixa do vermelho e vermelho distante estimula o fitocromo, responsável pela germinação de sementes, alongamento do caule, expansão das folhas, desenvolvimento do sistema radicular, síntese de antocianina e carotenoides, etc.

Segundo estudos realizados em Israel, o uso da Chromatinet Vermelha com 26% de sombreamento aumentou em 5% o peso dos frutos e 20% o número de frutos por planta comparado com a tela preta de 30%, que corresponde ao aumento de 12% na produção por planta (Figuras 1 e 2).

A tela termorrefletora Aluminet®, da Ginegar Polysack, também pode ser usada para a cobertura de telados para pimentão (Figura 3), assim como a Chromatinet®. O Aluminet®, por ter alumínio em sua composição, reflete parte da radiação e reduz a entrada de calor para o ambiente, reduzindo a radiação em excesso e diminuindo a temperatura.

Estufa com tela Optinet® 50 mesh e tela Chromatnet Leno Vermelha® da GinegarPolysack nas laterais para proteção física e óptica contra insetos e maior ventilação interna, respectivamente
Estufa com tela Optinet® 50 mesh e tela Chromatnet Leno Vermelha® da GinegarPolysack nas laterais para proteção física e óptica contra insetos e maior ventilação interna, respectivamente

Benefícios

Da radiação que entra para o ambiente, 15% é sob a forma de luz difusa, aumentando a quantidade de radiação que chega às plantas, principalmente nas folhas baixeiras. A redução da temperatura em até 8ºC e o aumento na luz difusa reduz o estresse sentido pelas plantas em condições de alta incidência luminosa, e com isso aumenta a taxa fotossintética e, consequentemente, a produtividade. Outro benefício desta tela é a redução na queima de frutos, distúrbio comum em frutos de pimentão cultivado em campo aberto.

Assim como a redução de temperatura durante o dia, Aluminet® proporciona a redução na perda de calor durante a noite em condições de baixa temperatura, pois a radiação que entra durante o dia demora mais a se dissipar pela reflexão da energia na parte interna da tela. Os dados apresentados na figura 4 mostram que a temperatura sob o telado com o Aluminet não ficou abaixo de 0ºC durante a noite, comparado à tela preta e campo aberto.

 

Produção de Pimentão sob filme difusor (à esquerda) e filme Suncover AV Blue da GinegarPoysack (à direita), sem Aluminet
Produção de Pimentão sob filme difusor (à esquerda) e filme Suncover AV Blue da GinegarPoysack (à direita), sem Aluminet
Produção de mini-pimentão colorido na região norte sob cobertura de filme Suncover® AV Blue® 120 micras da Ginegar Poysack
Produção de mini-pimentão colorido na região norte sob cobertura de filme Suncover® AV Blue® 120 micras da Ginegar Poysack

Essa matéria completa você encontra na edição de junho de 2018 da Revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira o seu exemplar para leitura completa.

 

Ou assine

ARTIGOS RELACIONADOS

O que são e como agem as coberturas mortas nas hortaliças?

Autores Luana Keslley Nascimento Casais luana.casais@gmail.com Rhaiana Oliveira de Aviz Emanoel dos Santos Vasconcelos Graduandos em Agronomia - Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)...

Via foliar, cálcio favorece enchimento do pêssego

  Diego Henriques Santos Doutor em Agricultura e engenheiro agrônomo da Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo " CODASP dihens@bol.com.br O cálcio é de grande importância para...

Produzido em parceria com os estúdios Maurício de Souza, Sweet Milho do Chico Bento é apresentado pela Trebeschi na Apas Show

Referência na produção de tomates, empresa aposta também no lançamento da batata-doce, que marca a sua entrada no mercado de healthy food    Uma das principais...

Pérola-da-terra pode colocar produção de uvas a perder

  Odimar Zanuzo Zanardi Pedro Takao Yamamoto Departamento de Entomologia e Acarologia - ESALQ/USP A pérola-da-terra é uma cochonilha subterrânea que ataca as raízes de plantas cultivadas e...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!